Os 10 desportos mais caros do mundo

A prática de desporto está cada vez mais na moda e há um mundo de modalidades a explorar. Sabe quais são os desportos mais caros do mundo?

Os 10 desportos mais caros do mundo
O pólo assume o primeiro lugar da tabela

Está na moda praticar desporto. Seja que modalidade for, do jogging à escalada, hoje em dia serão poucos os que ficam indiferentes à certeza de que o desporto é uma fonte de bem-estar e está intrinsecamente associado a um determinado estilo de vida.   De todas as modalidades possíveis, existem algumas que não estarão acessíveis a todas as pessoas, entrando no ranking dos desportos mais caros do mundo. Este tipo de modalidades referidas neste artigo está apenas ao alcance de uma faixa etária com maiores possibilidades financeiras.
 

Top 10 dos deportos mais caros do mundo

1. Pólo

Para quem nunca explorou a história do Pólo, saiba que esta modalidade de desporto nasceu na Ásia. Em 2014, ficou em primeiro lugar no ranking como o desporto mais caro do mundo. Na origem destes valores está o fato de, para a prática desta modalidade, serem necessários equipamentos específicos que são fulcrais. Sendo um deporto que também utiliza cavalos, os valores disparam automaticamente.
 

2. Golfe

Quem não conhece de perto o Golfe ou alguém que o pratique? Apesar de ser um deporto mais comum entre todos, a verdade é que é o segundo desporto mais caro do mundo. De origem britânica e muito apreciado pelo alta sociedade, esta modalidade exige materiais igualmente caros. Para além disso, todos os espaços onde é possível praticar este deporto, também disponibilizam valores muito elevados.
 

3. Hipismo

Além do pólo, o hipismo é mais um dos desportos que envolve cavalos e toda a respetiva manutenção. Um cavalo de qualidade, um bom treino, boas condições físicas, entre outras coisas, requerem, de fato, um forte investimento. O hipismo está em terceiro lugar na lista dos desportos mais caros do mundo.
 

4. Ténis

Apesar de ser um deporto mais comum entre grande parte da população, o Ténis também não é um deporto barato. As raquetes, as sapatilhas e o aluguer dos courts podem chegar a uma renda de 165 euros por mês.
 

5. Tiro ao alvo

O tiro ao alvo é, verdadeiramente, um deporto seleto, principalmente por ser uma modalidade que utiliza armas de fogo ou de ar comprimido. Por outro lado, a fragilidade do desporto, bem como a responsabilidade que lhe está associada, requer custos com as aulas de treino e disciplina, sendo para isso necessário equipamentos de proteção individual.
 

6. Esgrima

A esgrima foi um deporto que evoluiu de uma antiga forma de combate, sendo que o principal objetivo é tocar com a lâmina no adversário sem se deixar ser tocado. Este desporto aparece em sexto lugar deste ranking, apresentando custos altos com aulas, vestuário e com as armas.
 

7. Stand-up surf

Tem estado na moda e, para quem ainda não conhece, o stand-up surf nasce do cruzamento entre o surf e o remo em pé. Com origem havaiana, o sétimo desporto mais caro do mundo, também pelo fato das pranchas e dos remos serem muito caros.
 

8. Canoagem

Já experimentou fazer canoagem? Se ainda não, tente não perder essa oportunidade, nem que seja só uma vez na vida. Categorizado como um deporto náutico, a prática em canoa ou caiaque sai caro, mas pode ser um dos desportos mais bonitos de sempre por ser praticado, maioritariamente, no meio da natureza.
 

9. Esqui

O esqui já trouxe dissabores a muitas pessoas, por ser um desporto que, se não for praticado devidamente, pode causar inúmeros acidentes. Para a prática desta modalidade, os preços são elevados, sendo preciso considerar a deslocação para a estância de neve, o aluguer do material, a estadia, entre outros custos associados.
 

10. Windsurf

Em último lugar do ranking dos desportos mais caros do mundo está o Windsurf que se assume como uma modalidade olímpica. Este desporto, praticado por milhares de pessoas em todo o mundo, acaba por ser caro devido, essencialmente, ao material necessário.


Veja também: