Destinos de passagem de ano em Portugal: para onde ir?

O lema “vá para fora cá dentro” nunca soou tão bem com estas propostas de destinos de passagem de ano em Portugal. Veja as propostas.

Destinos de passagem de ano em Portugal: para onde ir?
As 1001 maravilhas de Portugal para o Reveillón

De Norte a Sul, sem esquecer as ilhas, Portugal tem tanto para ver, descobrir e explorar e o reveillón bem pode ser a época ideal para o fazer. Confira, então, quais são os melhores destinos de passagem de ano em Portugal para receber o ano novo com mais alegria e num ambiente de festa.

Portugal: o local ideal para se despedir de 2017

Não precisa de fazer grandes viagens, pois os melhores destinos de passagem de ano em Portugal são tão diferentes entre si que há opções para todos os gostos e carteiras.

1. Porto e Norte

passagem de ano portoFonte: www.cp.pt

A lista de melhores destinos de passagem de ano em Portugal começa com o Norte e a mais que na moda cidade do Porto.

Muitos são já os hotéis e restaurantes a preparar os menus especiais de passagem de ano na Invicta, mas uma das noites mais longas do ano exige um passeio pela baixa, para assistir à grande festa que todos os anos tem lugar na Avenida dos Aliados, em frente à Câmara Municipal do Porto. Quer pelos concertos gratuitos, quer pelo sempre impressionante fogo de artifício, a montra a cidade tem muito para oferecer.

Por Braga, o cenário não é muito diferente. O convite é para sair à rua, assistir aos concertos ao ar livre e desfrutar do centro histórico numa noite mágica e festiva.

Nas cidades mais costeiras, como Caminha e Póvoa de Varzim não podem faltar os tradicionais primeiros banhos do ano, só para aqueles verdadeiramente corajosos, que não deixam o frio do inverno gelar uma tradição quem tem por objetivo limpar o corpo de más energias e começar 2018 livre de impurezas.

2. Lisboa e Centro

passagem de ano lisboaFonte: Blog 50 Shades of Nessy

A capital do país enche-se de encantos na época de Natal, com as ruas enfeitadas e coloridas, conferindo um espírito festivo aos locais e às pessoas como visto em poucos lugares. Por isso, a passagem de ano na capital do país é sempre uma sugestão agradável, com muito para fazer, sem faltar um pezinho de dança nos principais bairros da cidade, onde a música popular toca durante toda a noite.

Mas há outras cidades míticas para ter em conta, como a Coimbra dos estudantes. O seu centro histórico e universidade velha são cenários perfeitos para uma noite de festa que se espalha um pouco por todo o lado: Largo da Portagem, Praça do Comércio e Praça 8 de Maio.
Nesta zona do país, os mergulhos do mar também não faltam, e as praias de Cascais bem podem recebê-lo – se tiver coragem…

3. Alentejo e Algarve

passagem de ano alentejo

Uma passagem de ano no Alentejo é sempre uma boa escolha. Dos montes, às pacatas cidades alentejanas não faltam motivos para este ser um bom destino para a passagem de ano. Um local bem diferente da agitação das zonas mais urbanas do país e que é ideal para um retiro físico e espiritual para deixarmos para trás as coisas menos boas de 2017 e limpássemos a alma e o coração para tudo o que nos espera em 2018.

Pelo Algarve, as temperaturas não são de verão, mas, sem dúvida, verdadeiramente mais agradáveis do que no resto do país. A passagem de ano nesta zona do país é sempre uma das mais concorridas festas de fim de ano portuguesas. De tal forma que até os estrangeiros invadem a região em busca de tudo o de melhor que o Algarve tem para oferecer: ruas animadas, bares abertos com muita animação, clima ameno, comida impressionante com destaque para o marisco. São motivos mais que suficientes para convencer qualquer um…

4. Açores e Madeira

madeira passagem de ano

Os Açores são compostos por 9 ilhas que dão vontade de ver, fotografar e conhecer e que melhor altura para fazer isso do que o reveillón? Por todo o arquipélago, hotéis, restaurantes, clubes e associações preparam festas de fim de ano que culminam sempre com muita música e fogo de artifício que ilumina um cenário tão verde que parece ganhar vida mesmo durante a noite.

Já a passagem de ano na Madeira quase dispensa apresentações, pois é um dos locais preferidos dos europeus para se refugiarem do inverno típico, principalmente no norte da Eruopa. Na pérola do Atlântico, a passagem de ano faz-se numa festa monumental, com o povo madeirense, que é de profunda tradição cristã, festeja em grande e recebe o novo ano sempre com grande otimismo. À meia noite do dia 31 de dezembro, começa a ouvir-se os sinos que tocam nas igrejas, os barcos no porto fazem soar as sirenes, e na cidade apagam-se nas luzes do ano velho e acendem-se as do ano novo. Começa o fogo de artifício que ilumina o Funchal num espetáculo impressionante.

Veja também: