Publicidade:

8 destinos que deve evitar no verão

Viajar na época alta pode ser tão agradável como stressante, devido às enchentes. Conheça 8 destinos que deve evitar no verão, para ter umas férias felizes.

8 destinos que deve evitar no verão
Verão pode rimar com... Confusão

Sabemos que é tentador marcar para as férias de verão aquela viagem a um lugar famoso que há tanto tempo queria visitar. Mas, sabia que há destinos que deve evitar no verão? Pelo menos este é o nosso conselho, caso não queira ser engolido pela multidão, esperar horas em filas, estender a toalha na praia a milímetros de gente que não conhece ou ficar derrotado pelo extremo calor.

Com 193 países e milhares de lugares belíssimos no planeta Terra, não há necessidade de gastar o seu descanso em sítios cheios de gente, onde a confusão não lhe irá permitir tirar o máximo partido da viagem – sobretudo, se vai de férias em agosto. Explore locais alternativos e deixe os destinos que se seguem para a época baixa.

Destinos que deve evitar no verão: 8 lugares a riscar da lista


Roma

Roma

O romantismo e a beleza da cidade eterna não resistem à horda de turistas que a invade na estação mais quente, até porque a juntar à multidão, terá as temperaturas desagradavelmente elevadas. Até a experiência maravilhosa de saborear a gastronomia italiana in loco pode ficar comprometida.

A primavera e o outono são as alturas perfeitas para conhecer a capital de Itália. Mas, se em todo o caso, quiser ir a Itália no verão, opte por lugares menos concorridos e igualmente encantadores, como as cidades de Bérgamo, Perugia, Ferrara ou Lucca.

Dubai

A artificialidade e o brilho do Dubai, ainda que seja um dos seus trunfos, pode esmorecer um pouco no verão, quando neste Emirado árabe a temperatura e a humidade atingem valores a que estamos pouco habituados. O mais certo, se escolher este destino, é andar a saltitar de espaço interior para espaço interior, na busca de ar condicionado para se refrescar.

Alguns dos prédios mais altos e dos hotéis caros do mundo estão aqui, assim como lojas e automóveis de luxo num desfile digno de se ver. Há também museus, mesquitas, festivais, eventos variados e, claro, praia! Para desfrutar ao máximo destas atrações, recomendamos que visite o Dubai no outono.

Nova Iorque

Nova Iorque

Nova Iorque é outro dos destinos que deve evitar no verão. É verdade que a cidade nunca dorme e muito menos nesta altura, no entanto, é sobretudo em agosto que a cidade mais cosmopolita do mundo está mais descaracterizada, uma vez que grande parte dos habitantes ruma para férias noutros locais.

Para além disso, vêem-se na cidade ainda mais excursões de turistas, tanto de americanos como de estrangeiros. As temperaturas do ar costumam ser as mais altas do ano, provocando um cheiro por vezes desagradável em Manhattan. Mas, há cidades acolhedoras norte-americanas nesta altura do ano: Chattanooga, no Tennessee, Pittsburgh na Pensilvânia ou Boise no Idaho, são boas apostas.

Cancún

Cancún é um clássico das férias de praia, no entanto, aconselhamos a evitar esta famosa estância balnear mexicana no verão, porque é a época oficial dos furacões. Aqui, junto ao mar das Caraíbas, os ventos podem ser bem desagradáveis e violentos, podendo transformar umas férias de sonho num pesadelo.

Incrivelmente, este facto não costuma assustar os turistas, que continuam a lotar os hotéis e as praias. Ou seja, já tem dois fortes motivos para colocar este destino de lado. Se pesquisar, encontra no México ótimos destinos alternativos, como a ilha Espíritu Santo.

Índia

Taj Mahal, Índia

Continuando a enumerar destinos que deve evitar no verão, fazemos uma paragem na Índia. E quem vai à Índia, quer ver o Taj Mahal, certo? Esta majestosa construção fica na cidade de Agra, a cerca de 180 quilómetros de Nova Deli, onde no verão os termómetros podem atingir os 43ºC.

O arrebatador edifício, classificado como Património da Humanidade pela UNESCO e considerado umas das 7 Novas Maravilhas do Mundo, foi construído no século XVII e merece ser visitado com alguma tranquilidade, sem estar um calor de morrer ou sem estar infestado de turistas, que o impedem de tirar uma fotografia aceitável ao mausoléu.

Santorini

O cartão-postal por excelência da Grécia perde muito do seu encanto no pico do verão. Até porque esta ilha do Mar Egeu tem apenas 76 km2 e não há muito espaço para os turistas se espalharem. Assim, se não quer que o charme e o encanto únicos de Santorini lhe passem ao lado, este é, definitivamente, um dos destinos a evitar no verão.

Para além da ilha ficar lotada, é também nesta altura que as temperaturas estão mais altas, podendo facilmente ultrapassar os 30º. Este é também um destino onde os preços sobem no verão, seja nos hotéis ou nos restaurantes, por isso, visite-o fora de época. E não se esqueça que na Grécia, há ilhas menos badaladas igualmente atrativas, como Creta, Corfu, Rodes ou Náxos.

Riviera Francesa

Saint-Tropez, Riviera Francesa

Cannes, Nice, Saint-Tropez: são muitas as cidades do sul de França que fazem parte do nosso imaginário de férias glamorosas. Mas, se é verdade que estes são lugares incríveis e que vale a pena visitar, também é verdade que são destinos que deve evitar no verão. Ou pelo menos no pico deste, entre finais de julho e o final de agosto.

Muita gente, restaurantes lotados, preços inflacionados e praias apinhadas é o cenário com que irá deparar-se nesta altura do ano – e nem sequer irá conseguir avistar nenhuma celebridade, pois mesmo que haja famosos alojados nesta região mítica francesa, ficarão na privacidade da sua mansão de férias ou do seu hotel de luxo exclusivo.

Dubrovnik

Fechamos este artigo sobre destinos que deve evitar no verão com a cidade mais visitada da Croácia: Dubrovnik. Não faltam encantos a esta pérola do mar Adriático, que oferece um surpreendente centro histórico medieval, para além de outras atrações, como por exemplo a ilha de Lokrum, a poucos minutos de barco de distância.

Mas, mesmo que seja o fã nº1 da série televisiva Guerra dos Tronos, com muitas cenas aqui gravadas, opte por visitar a cidade noutros meses que não julho e agosto, quando milhares de turistas a invadem. Zagreb, Split ou Zadar podem ser os destinos perfeitos para umas férias de verão alternativas na Croácia.

Veja também: