AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Dicas para arranjar emprego depois dos 40 anos

Por muito difícil que possa parecer, arranjar emprego depois dos 40 anos não é impossível. Veja algumas dicas para sair do desemprego.

Dicas para arranjar emprego depois dos 40 anos
Não deixe que a idade seja um obstáculo para encontrar trabalho.

Estar desempregado é difícil em qualquer idade. Mas encontrar emprego depois dos 40 anos pode ser francamente mais difícil.

A verdade é que a elevada taxa de desemprego, torna o mercado laboral mais agressivo e, consecutivamente são estabelecidos cada vez mais fatores de distinção entre os candidatos. É aqui a idade pode ser preponderante.


Abaixo os falsos preconceitos

Não se engane. Nem só para quem procura emprego depois dos 40 anos, o processo é difícil. A idade pode, em qualquer faixa etária, ser uma causa para a exclusão de um candidato num processo de recrutamento.

Se são muito jovens, os candidatos podem ser considerados, inexperientes ou imaturos. Mas se são mais velhos há a possibilidade de serem vistos como alguém com maior dificuldade de adaptação a novos modelos de trabalho, com dificuldade em trabalhar sob chefia de alguém mais jovem ou, talvez, com pretensão de um salário mais elevado.

É caso para dizer: “preso por ter cão e preso por não ter”. De facto, em qualquer que seja a idade, há sempre limitações impostas, que podem acabar por interferir no sucesso da procura de emprego. 

Mas não desespere. A verdade é que há remédio para estes falsos preconceitos e só depende de si e da atitude que adota na sua procura de emprego. Portanto, trate de provar que encontrar emprego depois dos 40 anos é possível e mostre que é um candidato com valor e com muito para dar. 

Emprego depois dos 40 anos: o que fazer? 
Antes de mais, o seu sucesso depende da forma como vai encarar o processo de procura de emprego. Por isso, ao sentar-se em frente ao seu computador para analisar ofertas de emprego trate de se mentalizar que a idade é apenas um número. 

Sim, é certo que neste texto estamos a enfatizar a idade e os problemas que isso pode representar para quem procura de emprego depois dos 40 anos. Mas apenas o fazemos, porque na realidade há imensas pessoas que veem a idade como um obstáculo. A começar pelos candidatos. Senão veja: quantas vezes ouviu alguém dizer “com esta idade nunca vou encontrar trabalho”?

Deixe-se disso. Levante a cabeça e mãos a obra.

Veja aqui algumas dicas que o podem ajudar a encontrar emprego depois dos 40 anos:

FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre emprego actualizada ao minuto.

1. Comece por reciclar e atualizar os seus conhecimentos e competências

Lembre-se que o mundo laboral está em constante mudança, por isso é importante que atualize os seus conhecimentos ou faça um update das suas competências profissionais. A formação é importante em qualquer idade. Mas, veja este exemplo: caso tenha estado ao serviço da mesma empresa durante um longo período é possível que tenha vindo a desempenhar as suas funções de uma forma muito similar e quase sem alterações. Portanto, tente perceber quais as novas tendências e complete-as ou, adicione outras aptidões ao seu Curriculum Vitae (CV). O saber não ocupa lugar.  


2. Atualize o seu CV

Se está à procura de emprego depois dos 40 anos, já tem algo a seu favor: uma forte experiência profissional. Trate de usar essa vantagem a seu favor. Comece por atualizar o seu CV e faça os possíveis para que se destaque entre os restantes. Ter um CV original é uma possibilidade que pode ajudá-lo, já que além de se evidenciar, pode ser um indicativo da sua criatividade.


3. Valorize a sua experiência profissional

A sua experiência é sua. Use-a! Destaque a sua experiência, o seu conhecimento no mercado em que trabalha ou a sua capacidade para resolver problemas imprevistos. Vai ver que lhe vai ser útil. 


4. Faça uma pesquisa intensiva

Sites de emprego, redes sociais, anúncios em jornais, ou qualquer que seja o meio que escolha, o importante é que se dedique a procurar emprego. Quanto mais respostas a anúncios de emprego enviar, maiores serão as possibilidades de ser selecionado.

Tente responder a anúncios onde seja indicada a preferência por candidatos com vários anos de experiência. 


5. Mantenha-se a par das novas tendências tecnológicas

Cada vez mais, o mundo do trabalho está dependente das novas tecnologias. É importante que se sinta à vontade para usar as várias ferramentas informáticas no seu dia-a-dia. Portanto, se está desempregado, aproveite para fazer formações e desenvolver as suas competências nesta área.


6. Deixe os seus preconceitos sobre as redes sociais de lado (se os tiver!)

Pois, é possível que também seja portador desse mal: os falsos preconceitos (de que falamos anteriormente). Se pensa que as redes sociais servem apenas para partilhar fotos ou artigos, não podia estar mais enganado. 

Os seus perfis podem ser uma boa forma de fortalecer as suas redes de contactos e, quem sabe, até encontrar o seu futuro emprego. Dê especial atenção ao seu perfil do LinkedIn. Vai ver que se vai tornar numa ferramenta poderosa para encontrar emprego.


7. Mostre a sua vontade em trabalhar com pessoas de várias idades

Encontrar emprego depois dos 40 anos pode ser um pouco mais fácil se não tiver problemas em trabalhar ou ser chefiado por pessoas de idades diferentes (inclusivamente mais novas). Deixe isso claro para os seus empregadores. 


8. Esteja disposto a negociar o seu salário

A negociação salarial deve ser sempre uma possibilidade. Lembre-se que o país enfrenta uma grave crise económica e nem sempre as empresas podem oferecer o valor que imaginou. Destaque as suas qualidades profissionais que possam justificar um salário mais elevado, mas não seja intransigente.

Encontrar emprego depois dos 40 anos pode ser difícil, mas não é impossível. O importante é que se mantenha otimista e não desista.


Veja também: