8 dicas para controlar os gastos no Natal

Conheça as nossas oito dicas para controlar os gastos no Natal. Saiba como poupar no Natal para não começar o novo ano com as suas contas “no vermelho”.

8 dicas para controlar os gastos no Natal
Como controlar os gastos no Natal.

Já “cheira” a Natal. As ruas estão iluminadas, os espaços comercias com maior atividade e as pessoas mais disponíveis para consumir, em presentes de Natal. Mas, naturalmente, deve-o fazer com moderação, se não quer começar o novo ano com a sua conta bancária em baixo. Não se pretende que deixe de ser generoso para as pessoas que mais gosta, mas sim que adopte alguns hábitos de consumo para controlar os gastos no Natal. Conheça oito dicas para controlar os gastos no Natal e faça do período natalício um momento de felicidade, sem ser demasiadamente dispendioso.
 

8 dicas infalíveis para gastar menos neste Natal

1. Faça uma lista de compras de Natal e estabeleça um orçamento para o efeito. A organização e orçamentação são sempre uma das melhores formas de controlar gastos e o Natal não é exceção.

2. Compras online. Procure nos sites de compras online os produtos ou serviços que pretende, a melhor preço. As compras online podem ser uma das melhores formas de poupar nas compras de Natal.

3. Recorra às listas de prendas das crianças. Os presentes para crianças agregam boa parte do orçamento para o Natal. Uma forma de controlar os gastos no Natal é pedir às crianças para fazerem uma lista de prendas que desejam do “Pai-Natal”. Habitualmente elas colocam na lista coisa que vêem em catálogos ou outras formas de publicidade. Depois é só escolher as menos dispendiosas dentro das opções que elas querem.

4. Pesquise. Tente não comprar por impulso, nem fazer compras nos últimos dias de Natal. Normalmente a pressa leva a maiores esforços financeiros. Faça as compras com tempo e pesquise antes de comprar. Use a sua lista de compras de Natal para tornar a pesquisa mais assertiva e acessível.


Veja também: Prendas de Natal até 5€


5. Aproveite descontos e promoções. As afamadas ‘black friday’, por exemplo, são úteis para encontrar aquele presente que tanto procura, para oferecer a um preço mais vantajoso.

6 Seja criativo. Não há melhor prenda de Natal do que aquela que é “feita à medida”. Use a criatividade e faça você mesmo uma prenda personalizada. É uma forma de marcar a diferença e ter a certeza que vai de encontro aos gostos da pessoa em questão. A criatividade pode também ser usada na confeção dos seus próprios enfeites de Natal. Em alternativa recicle a decoração de outros anos.

7. Partilhe as despesas da ceia de Natal com os restantes familiares. Se todos contribuírem a sobrecarga no orçamento será menor.

8. Use o método de pagamento adequado. Para maior controlo das despesas, o melhor é pagar sempre com dinheiro ou cartão de débito e evitar o cartão de crédito, mas este também pode ser uma boa opção (em alguns casos). Se o cartão de crédito for a única ou a melhor opção nunca deixe de regularizar o respetivo pagamento dentro do período de crédito gratuito.


Veja também: