10 dicas para melhorar o inglês

Conheça as nossas dicas para melhorar o inglês. Apresentamos algumas boas práticas, dicas de estudo e estratégias motivadoras para treinar a oralidade e a escrita.

10 dicas para melhorar o inglês
Siga as nossas dicas para uma aprendizagem motivadora!

Aprender inglês ou aperfeiçoá-lo requer uma atitude proativa, dentro e fora da sala de aula.

Por isso, independentemente de estarmos a falar de alguém que frequenta uma escola ou instituto de línguas ou de alguém que, por motivos pessoais ou profissionais, quer melhorar o seu conhecimento oral e escrito da língua inglesa, estas dicas para melhorar o inglês poderão ser uma boa opção.

Seguem-se sugestões práticas, dinâmicas, motivadoras e que podem ir ao encontro dos seus gostos e interesses, proporcionando-lhe uma aprendizagem mais efetiva da língua inglesa.



10 dicas para melhorar o inglês

Dicas para melhorar o seu inglês a qualquer hora e em qualquer lugar: em casa, nos momentos de lazer, nos transportes públicos a caminho da escola ou emprego, de forma divertida e ao seu ritmo.


1. Assistir televisão e ouvir rádio

Provavelmente já o faz sem pensar nesta questão da aprendizagem ou melhoria da língua inglesa, mas aqui está uma excelente oportunidade de rentabilizar os seus momentos e gostos televisivos e musicais.

Alguns dos melhores programas e filmes de TV, e música que passa nas rádios, são em inglês.

No caso da TV, e dependendo do seu nível de inglês (iniciante ao avançado), pode apenas ouvir e eliminar (tapando o ecrã com post its, p. ex.) as legendas, de forma a treinar a compreensão. Pode ainda colocar as legendas em inglês para que possa ler e ouvir ao mesmo tempo. Se preferir ouvir e ler a tradução, a tarefa está geralmente facilitada.

No que diz respeito à rádio, seja no carro ou na internet, também pode selecionar emissoras que passam quase todo o dia as suas músicas favoritas em língua inglesa ou procurar ouvir na internet estações de rádio Inglesas.
 


2. Ouvir, cantar e traduzir as suas músicas favoritas

Retomando a dica anterior, ouvir, cantar e traduzir as suas músicas favoritas são outras formas divertidas de adquirir vocabulário e treinar a compreensão da língua inglesa.

Em rigor, uma bem-disposta forma de o fazer para qualquer novo idioma!

Adicionalmente, pode procurar a tradução da letra ou apenas de alguns vocábulos e compreender o que está a cantar.
 


3. Ler livros, revistas, jornais, artigos online

A leitura é uma ótima forma de praticar o seu inglês.

Uma sugestão que funciona, principalmente se se encontra num nível de aprendizagem inicial ou intermédio, é ler livros infantis, as histórias da nossa infância, que todos conhecemos: capuchinho vermelho, gato das botas, etc. Conhecemos a história, apoiamo-nos nas ilustrações e o vocabulário e sintaxe são mais simples.

A leitura de revistas e jornais nativos é uma excelente dica para melhorar o inglês, uma vez que permite não só aceder à forma como comunicam no país de origem, conhecer expressões idiomáticas, por exemplo, mas também conhecer a atualidade do país em questão, curiosidades, aspetos culturais, etc.
 


4. Abusar de post its e cartazes

Ora aqui está uma maneira fácil e barata de adquirir vocabulário ou conteúdos gramaticais: escreva os nomes das coisas e lugares e cole-os nos respetivos locais, como por exemplo: cole um post it no frigorífico com o termo “fridge”, ou “door” na porta, ou a conjugação do verbo To be numa folha A4 na porta do quarto ou WC.

Cada vez que utilizar estes objetos ou estiver nestes locais vai ver e ler a informação e integrá-la na sua memória, no seu conhecimento, no seu vocabulário.

Esta é uma estratégia que os pais podem utilizar em conjunto ou para ajudar os filhos, principalmente numa fase inicial da aprendizagem da língua.
 


5. Registar novas palavras

Sempre que aprender uma nova palavra, registe-a (bem como ao seu significado).

Crie uma espécie de glossário/dicionário de novas aprendizagens. Pode fazê-lo num caderno dedicado ao efeito, com registos por dia, ordem alfabética, temas, mas se for um amante das tecnologias, poderá fazê-lo no seu computador, tablet ou telemóvel.



6. Cercar-se de falantes nativos

Quer em viagem, de férias ou trabalho, quer aproveitando o crescente “boom” de turistas em Portugal, quer ainda online, através, por exemplo das redes sociais (grupos de Facebook, LinkedIn, seguindo publicações de nativos conhecidos ou que admire, etc.), não perca a oportunidade de treinar o seu inglês com falantes nativos.

Uma vez mais, esta é uma excelente oportunidade para entrar em contacto com o sotaque, as expressões típicas, as visões do mundo de outros povos, etc., com inúmeros aspetos improváveis de aprender sozinho ou apenas em sala de aula.
 


7. Aprender ensinando

Por que não fazer voluntariado a ensinar português a nativos de outras línguas?
Ou procurar alguém que esteja interessado em aprender português e aproveitar para aprender o seu idioma?

Aqui está uma outra dica que pode desencadear amizades interculturais e fazê-lo ainda poupar dinheiro ao aprender inglês, ensinando português.
 


8. Aproveitar as ofertas das novas tecnologias e da internet

Aproveite ao máximo as ferramentas de aprendizagem da língua inglesa disponíveis online e para descarregar outras para o seu smartphone.

A diversidade é tal que pode oscilar entre poder visionar os vídeos do youtube (treinando audição e pronúncia); ler publicações (adquirir vocabulário); descarregar e utilizar apps inteiramente dedicadas à aprendizagem do inglês por níveis; descarregar jogos (palavras cruzadas, jogo da forca, entre outros) em inglês; utilizar o gravador do smartphone; usar dicionários e ferramentas de tradução online, conjugadores de verbos, realizar exercícios, etc.
 


9. Alterar o idioma no seu telemóvel, computador e redes sociais

Com certeza já lhe aconteceu estar a experimentar as funções do seu novo telemóvel, ter curiosidade em selecionar um idioma diferente e depois ser-lhe difícil encontrar o caminho de volta.

Não o faça se, por exemplo, não domina o mandarim, e tem apenas curiosidade em observar aqueles belos caracteres!

Todavia, alterar as configurações do seu telemóvel, computador e redes sociais para o idioma que pretende melhorar pode realmente ser uma das boas dicas para melhorar o inglês, porque ganha novo vocabulário e, neste caso, uma boa parte de âmbito tecnológico.
 


10. Ser realista

Defina objetivos concretizáveis, siga as dicas que mais se adaptam a si e pode sempre inscrever-se num bom instituto de inglês, que vá ao encontro das suas necessidades, do seu nível de conhecimentos, disponibilidade de horário, localização geográfica, etc.

 

Experimente hoje mesmo uma destas dicas para melhorar o inglês

E… Good luck! See you soon!


Veja também:

Os mais vistos