7 dicas para negociar a compra de um carro

Se quer um automóvel novo ou usado, pesquise bem, informe-se como deve ser e conheça, aqui, 7 dicas para negociar a compra de um carro.

7 dicas para negociar a compra de um carro
Na altura de comprar um carro, vá para além do óbvio

Comprar um automóvel, novinho em folha ou especialmente usado, pode ser aquilo que os portugueses apelidam de “um grande 31”. Por isso, em vez de nos incidirmos sobre o porquê dessa expressão, preferimos optar por apresentar 7 dicas para negociar a comprar de um carro.

7 dicas para negociar a compra de um carro

Decidimos dividir o seguinte artigo em duas partes separadas – uma para carros novos e outra para usados – que podem, ainda assim, complementar-se, dependendo dos casos.

Carros usados

Se pretende comprar um carro usado, deve ter atenção às seguintes dicas para negociar a compra de um carro.

Descubra o preço do mercado

Pode parecer demasiado evidente, mas muitas pessoas não fazem um estudo de mercado detalhado antes de efetuar a compra de um carro. Pode, primeiro, pesquisar em sites de venda de usados, procurar o ano e a versão do carro (cilindrada, cavalos, motor, etc.) que pretende comprar (convém ter à partida pelo menos dois ou três definidos) ou pedir a um vendedor, amigo seu, a tabela referente àquele carro.

Depois, é analisar o número de quilómetros para estabelecer um preço e, assim, já tem um termo de comparação.

Não compre logo à primeira

O valor afixado nem sempre é irredutível. Quem está a vender, muitas vezes está disposto a baixar o preço. Não se fie pelo que vê, se lhe perguntarem quanto está disposto a pagar, ou como pagar, não tenha medo de dizer 85% menos do que o seu custo, ou então que “está muito caro”.

Se for preciso, vá embora, diga que tem de pensar e regresse mais tarde. Faça isto até achar que o vendedor baixou o seu preço a um nível aceitável, ou então que já não há volta a dar.

Vá ao fim-de-semana ou ao final do mês

Os sábados e no final do mês poderão ser os melhores dias. Se for a um stand, alguns vendedores poderão ter de cumprir certos mínimos de vendas. Se tiver sorte, esse mesmo poderá baixar o preço para conseguir a sua parcela da semana ou do mês – principalmente este último.

Mantenha uma postura amigável

Parece que não, mas ajuda. Tal como vai a um restaurante e paga mais não só pela comida, mas também pela simpatia, o vendedor também poderá fazer um desconto se for amigável. É a lei do negócio (afinal muitas vezes somos mais emocionais e racionais, mesmo no que diz respeito à compra) e, assim, do outro lado podem estar a tentar torná-lo um cliente fiel.

Outros aspetos a ter em atenção

Obviamente, deve levar um mecânico amigo seu, ou de um seu conhecido – são de vital importância – verificar toda a papelada existente (inspeção e seguro principalmente), bem como fazer um test-drive.

Carros novos

O melhor guardamos para o fim. Também há dicas para negociar a compra de um carro novo, vindo diretamente da fábrica

Espere algum tempo até à sua saída

Alguns carros ,quando são lançados, costumam ter defeitos de fabrico. Por isso, espere algum tempo (é aconselhável um ano) e a fábrica costuma demorar algum tempo a corrigi-los.

Compre carros novos prestes a serem ultrapassados

Acontece, é comum. Um carro novo em stock está prestes a ser substituído pela versão nova do mesmo modelo. Espere por essa altura. Nesse período, as concessionárias costumam procurar vender os carros novos, mas prestes a perder o “prazo de validade” a preços mais reduzidos. Deve, por isso, verificar de quanto em quanto tempo é lançado um novo modelo. Às vezes dura somente um ano, daí termos dito para esperar pelo menos esse tempo antes de comprar um carro novo.

Veja também:

Também lhe pode interessar: