Dicas para pagar as contas a tempo

Não corra o risco de ficar numa situação de endividamento! Tome nota destas dicas para pagar as contas a tempo.

Dicas para pagar as contas a tempo
8 Dicas para manter as suas finanças sem problemas.

A melhor forma de ter o seu orçamento mensal controlado passa por pagar as contas a tempo. A única forma de a sua saúde financeira não se descontrolar é definir os compromissos, como renda e outros contratos de serviços (água, luz, televisão, etc.), como uma prioridade. As restantes despesas podem esperar (lazer, vestuário, etc.). Caso contrário, mais dia menos dia, as consequências dos seus atrasos vão ser pesadas demais para a sua carteira. 
 

8 Dicas para não atrasar o pagamento das contas

 

1. Pague imediatamente

O único método infalível para pagar as contas a tempo é fazê-lo assim que as recebe. Isto não só previne o esquecimento, como irá diminuir a ansiedade que uma conta pendente pode trazer à sua vida. Além disso, lembre-se que pagar uma conta tarde implica, normalmente, ao pagamento de juros e  multas.

 
Tome nota
E se lhe pagassem as contas de casa durante um ano? Seja cliente Cartão Unibanco e participe no passatempo Contas Pagas, pode ganhar 100€/mês, durante um ano.
 

2. Liste as contas a pagar

O primeiro passo para pagar as contas a tempo é fazer uma lista com todas as contas fixas e variáveis. Renda, água, energia, televisão, internet, cartões de crédito, quotas e compras extraordinárias, Não deixe de nada de fora. É uma boa ideia ordenar as contas por periodicidade (semanal, mensal, trimestral, anual, etc.).

 

3. Aproveite a tecnologia

Se tem tendência para esquecer de pagar as contas a tempo, o facto de as listar pode não ser suficiente para mudar essa realidade. A tecnologia pode dar uma ajuda a contornar esta questão. Através do calendário no computador ou telemóvel, recorrendo a alertas no e-mail ou com a ajuda de apps para gestão de finanças pessoais, é certo que fica mais fácil.

 

4. Adira ao débito direto

Aderir ao débito direto implica ter dinheiro na conta no momento em que for feito o pagamento e, para que isso não falhe, temos uma sugestão: abra uma conta apenas para débitos diretos e agende transferências automáticas da sua conta ordenado para a conta de pagamentos. Defina uma data próxima do dia em que recebe o salário, desta forma, já guardou esse dinheiro antes de o começar a gastar noutras coisas.

 

5. Seja organizado

Mantenha o registo mensal das suas despesas. Este controlo orçamental tem vários benefícios: não se esquece de pagar as contas, controla os seus gastos e permite perceber onde estão as suas gorduras financeiras. Guarde as faturas e comprovativos de pagamento em capas organizados por fornecedor e data. É da maneira que sabe sempre como estão as suas contas.

 

6. Atenção aos juros!

Dê prioridade às contas que implicam o pagamento de juros. Nomeadamente, pagamento de impostos ou multas, por exemplo. Atenção que contas da água ou energia, se pagar fora do prazo também incluiu o pagamento de juros.

 

7. Faça bem as contas

Se tem dificuldade em pagar as contas porque o dinheiro não lhe chega para tudo, está na hora de rever as suas despesas mensais. É aqui que registar todos os seus gastos se torna um ferramenta essencial para perceber para onde vai o seu dinheiro e, assim, poder ajustar aquilo que gasta ao que recebe. Lembre-se que deve dividir o seu orçamento de acordo com a seguinte fórmula:
  • Habitação - 35%: para todas as despesas relacionadas com a renda, condomínio e seguros, água, luz, gás internet, telefone, alimentação e despesas diárias.
  • Poupança - 10%: valor que deve guardar, sempre, no início de cada mês. 
  • Alimentação e compras - 25%: almoços ou jantares fora de casa, lazer e férias.
  • Transportes - 15%: despesas com prestação do veículos e seguros.
  • Outros empréstimos - 15%: para prestações relacionadas com crédito pessoal e cartões de crédito. 
 
 

8. Antecipe os problemas

Se, por qualquer razão, não conseguir pagar alguma conta, contacte imediatamente a empresa em questão para saber o que pode fazer. Dependendo do valor em questão e da dificuldade que está a passar no momento, pode conseguir um plano de pagamentos.

 
Gostava de ter mais dias para pagar as suas contas? Pague as suas contas com o cartão Unibanco e beneficie de 20 a 50 dias de crédito sem juros.

Aproveite e fique a conhecer aqui o Passatempo que lhe pode pagar as contas durante 1 ano


Veja também: