6 dicas para reformar a casa

Há quantos anos não investe na sua casa? Quantas coisas tem a precisar de substituição? Se está a pensar reformar a casa, tem que ler este artigo.

6 dicas para reformar a casa
Mime a sua casa.

Numa altura em que os custos da construção estão em mínimos históricos e o dinheiro no banco já esteve mais seguro, nada melhor do que investir na sua casa, melhorndo o seu conforto. Talvez uma divisão estava a precisar de uma nova decoração, outra a precisar de crescer ou os eletrodomésticos a necessitar mesmo de substituição. Se vai reformar a sua casa, estas são as seis dicas para melhor investir.
 

6  COISAS QUE PRECISA REFORMAR EM CASA

 

1. Renovar a cozinha

renovar cozinha

Um dos espaços mais utilizado pela maioria das famílias portuguesas é, sem dúvida, a cozinha. Será que a sua não está a precisar de uma reforma? Ainda tem uma bancada com azulejos? Precisa de mais espaço de arrumação? Os eletrodomésticos estão mesmo a dar as últimas? Quando se trata de reformar a casa, começar na cozinha é um bom princípio que vai fazer toda a diferença no dia a dia da sua família mas é, também, onde vai gastar a maior parte do seu orçamento.

 
Tome nota:
Se a sua casa está a precisar de uma reforma urgente, não adie mais. Com a Super Taxa Crédito Pessoal, do Unibanco, poderá avançar para os seus projetos sem comissões e com uma mensalidade adequada ao seu orçamento.
Para que possa começar a planear a reforma da cozinha, tome nota destes intervalos de valores:
 
  • Chão: 35€ a 60€ por metro quadrado
  • Paredes: 15€ a 60€ por metro quadrado
  • Tectos falsos: 20€ a 30€ por metro quadrado
  • Electrodomésticos: 2000€ a 5000€ (fogão, forno, frigorífico, máquina lavar loiça, microondas)
  • Armários: 250€ a 400€ por metro linear
  • Bancada: 250€ a 400€ por metro linear
  • Mobiliário: 200€ a 600€
 

2. Renovar os quartos de banho

renovar quartos de banho

Com o passar dos anos, a humidade e os fungos instalam-se nos azulejos, as loiças sanitárias danificam-se e ficam manchadas, a porta do chuveiro acumula calcário e os vedantes perdem o efeito.

O tempo pesa mais nos quartos de banho do que nas restantes divisões da casa pelo que, de tempos a tempos, é importante fazer algumas intervenções para prevenir a deterioração e evitar um investimento ainda maior no futuro.
 
  • Chão: 30€ a 50€ por metro quadrado
  • Paredes: 30€ a 50€ por metro quadrado
  • Tectos falsos: 20€ a 30€ por metro quadrado
  • Loiças sanitárias: 800€ a 1500€
  • Armários: 200€ a 1000€
 

3. Renovar roupeiros

renovar roupeiros

Se a casa já tem alguns anos, o mais certo é que os roupeiros tenham pouco espaço ou divisórias pouco otimizadas para arrumar, de forma eficaz, toda a roupa, acessórios e calçado. Já aqui falámos várias vezes das vantagens de seguir a máxima “um lugar para cada coisa, cada coisa no seu lugar”. Com isto não só consegue armários mais arrumados, como perde menos tempo a arranjar-se pela manhã e ainda poupa dinheiro porque não duplica o que já tem. O valor vai depender do tamanho e da qualidade dos materiais mas conte com um intervalo de preços entre 1000€ e 3000€ por roupeiro.

 

4. Investir em painéis solares térmicos/fotovoltaicos

investir em painéis solares

Investir em painéis solares térmicos ou fotovoltaicos vai fazer toda a diferença nos gastos que vai ter amanhã. Ou melhor, nos gastos que não vai ter amanhã. Os painéis solares térmicos produzem água quente que lhe vai permitir poupar uma quantia considerável no gás e na eletricidade. Já os painéis solares fotovoltaicos produzem energia e, ao produzir a própria energia, não precisa de comprar essa parcela à rede. Uma energia verde, mais ecológica e mais sustentável com a qual não só poupa a carteira, como o Mundo. O investimento começa a partir de 2000€.

 

5. Optar pelo aquecimento central

aquecimento central

Ainda que os invernos por terras lusas não sejam tão agressivos quanto no centro e norte da Europa, acabamos por ser penalizados pelas construções pouco rigorosas do início do século passado, no que diz respeito ao conforto térmico. Se está a pensar reformar a casa, vale a pena investir em aquecimento central, mais limpo e prático do que uma lareira e mais eficaz e económico do que os aquecedores elétricos. O investimento financeiro pode começar nos 6000€.

 

6. Instalar pavimento radiante

instalar pavimento radiante

Pode optar por um sistema de tubos, instalado por baixo do pavimento, e ligados à caldeira que mantém quente, de forma uniforme, tanto o chão como toda a divisão em que está instalado. Uma solução mais eficaz do que, por exemplo, o ar condicionado que concentra a temperatura num ponto o que resulta em grandes variações de temperatura. É uma boa solução para instalar na cozinha ou no quarto de banho, para temperar os gelados pisos de cerâmica. A partir de 100€/m2.

 

COMO REFORMAR A CASA MANTENDO O ORÇAMENTO CONTROLADO

Decidiu reformar a casa, sabe o que precisa de uma vida nova mas começou a fazer as contas e a soma final não é a mais simpática? 

Há alternativas que lhe permitem reformar a casa, ter mais conforto e qualidade de vida, sem prejudicar o orçamento e as finanças futuras. Conheça a Super Taxa Crédito Pessoal, do Unibanco, e consiga um crédito a partir de 5000€, e prazo de 24 meses, sem comissões de abertura ou amortização, com mensalidades constantes, uma TAN de 10,00% e TAEG de 11,9%.