Publicidade:

Dizer não em ambiente de trabalho

Dizer não em ambiente de trabalho pode ser complicado, mas para o bem da sua produtividade é muito importante que o saiba fazer.

Dizer não em ambiente de trabalho
Esqueça o sentimento de culpa e siga as nossas dicas

Apesar da dificuldade que possa ter em dizer não aos seus colegas de trabalho ou chefias, por vezes, é mesmo necessário que o faça. Este pode muito bem ser o fator que marca a diferença entre cumprir ou não os seus objetivos. É importante que saiba dizer não, por exemplo, para não perder o foco nas suas tarefas, atrasar o seu trabalho e colocar o seu desempenho profissional em risco.

Claro que dizer não constantemente pode prejudicá-lo no seu relacionamento com colegas e chefias. Mas, dizer sempre que sim colocará, também, em risco a sua produtividade e reputação profissional – pois irá ficar assoberbado de trabalho e sem tempo para realizar as suas tarefas em tempo útil. Por isso, tire o sentimento de culpa da equação e pondere bem todos os pedidos antes de os aceitar fazer.

Esqueça a negativa, não se foque no “não” e centre-se em escolher os “sins” certos. Siga as nossa dicas!

Como dizer não: 5 dicas úteis


dizer nao

1. Pondere bem o pedido

Considere todos os riscos e benefícios, pois nem todos os pedidos precisam de ser respondidos de imediato. Pense bem no trabalho que já tem em mãos e o tempo que precisa para fazer o que lhe estão a pedir. Lembre-se que ao aceitar muitas tarefas em simultâneo vai prejudicar a sua eficiência e arrisca-se a cometer erros. Por isso, diga não nestas situações:

  • quando a tarefa deve ser realizada por outra pessoa, porque não domina o assunto;
  • quando já está a realizar um trabalho prioritário e aceitar o pedido implica prejudicar ou colocar em causa o seu trabalho.

2. Apresente soluções

Ao dizer não, tente ajudar e ofereça alternativas como, por exemplo, dividir a tarefa por várias pessoas ou redefinir datas e prioridades para uma altura em que esteja mais disponível.

3. Não se perca em explicações

Seja sucinto e simples na sua justificação para a recusa. Entrar em detalhes é dar abertura para questionarem o seu trabalho e as suas prioridades.

4. Diga-o sempre presencialmente

Ao decidir dizer não, quando o comunicar, faça-o sempre presencialmente. Os emails podem por vezes ser mal interpretados e não vai lá estar para desfazer qualquer mal entendido que possa ser gerado.

5. Evite iniciar as frases com a palavra não

A sua recusa pode ser efetiva sem recorrer à palavra “não”. Use frases como “Gostava muito de ajudar, mas estou cheio de trabalho”; “Quero ajudar, mas primeiro preciso de terminar o que tenho em mãos”; ou “Isso é uma grande oportunidade, falamos disso de novo daqui a um ou dois dias”.

Veja também: