AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Dobrar circulares CTT – Uma oportunidade ou uma burla?

Um dos empregos em part-time mais divulgados na internet consiste em dobrar circulares CTT. Mas será que estas propostas de trabalho são fidedignas?

Dobrar circulares CTT – Uma oportunidade ou uma burla?
Saiba identificar as burlas relacionadas com o trabalho

Dobrar circulares CTT em troca de aplelativas quantidades de dinheiro é uma proposta comum nos jornais e na internet. Os anúncios prometem recompensas financeiras sem esforço, e é difícil descobrir se é verdade, ou não, que é possível ser-se pago para fazer a dobragem de envelopes para os CTT.


Saiba identificar as burlas relacionadas com o trabalho

A crise e o aumento do desemprego fizeram aumentar o número de burlas relacionadas com o trabalho. Ao mesmo tempo, a democratização do acesso à Internet tornou mais fácil que ocorram impunemente. Importa saber analisar estas falsas oportunidades de trabalho e saber como agir em caso de burla.



Como funciona a burla de dobrar circulares CTT?

Geralmente, as pessoas são confrontadas com anúncios de emprego que prometem oportunidades de trabalho “em casa” com obtenção de rendimentos relativamente elevados e directamente proporcionais ao seu esforço. Os anúncios podem surgir em jornais, na internet, ou mesmo ser entregues em mãos. Um dos sinais de alarme é que os anúncios têm um título aliciante: “Gostaria de ganhar 500 euros a dobrar circulares CTT?”, “1200 euros semanais sem sair de casa!”, entre outros exemplos.

Depois de o destinatário responder ao anúncio, é-lhe enviado um formulário de inscrição que deve ser preenchido com os seus dados pessoais e devolvido ao anunciante, juntamente com uma quantia em dinheiro destinada a adquirir o material necessário para iniciar a actividade profissional.

Alguns relatos apontam para o facto de que, se o candidato assim fizer, receberá apenas um conjunto de fotocópias com a descrição do “Programa/Método”, que, na maioria dos casos, consiste em instruções para replicar o esquema de angariação de candidatos com base na mesma oferta de dobrar circulares CTT.

Na prática, trata-se de uma estratégia para angariar pessoas que repliquem ad eternum esta burla, e crê-se ser por essa razão que aparecem tantos anúncios semelhantes nos vários canais de publicação de ofertas de trabalho.



Atenção ao seu email!

Atualmente, o correio eletrónico é um dos meios mais utilizados para as burlas. Todos já recebemos ofertas de supostos prémios via email, ou informação sobre como ganhar dinheiro de forma fácil. Deve eliminar estas mensagens sem lhes dar qualquer tipo de resposta! Normalmente, a adesão do candidato a este tipo de propostas requer um investimento monetário inicial, ou, por vezes, apenas a cedência de informações e de dados pessoais que depois possam ser usados por terceiros.

Em resposta a estes emails, nunca envie:
  • número do cartão de crédito
  • dados bancários
  • digitalizações de documentos pessoais



Sinais de Alerta

  • A fonte do anúncio de emprego é desconhecida
  • Tem dificuldade em identificar a empresa que publicou o anúncio para dobrar circulares CTT ou não existem informações disponíveis online
  • Não consegue chegar à fala, por telefone, skype ou presencialmente, com os promotores da oferta de trabalho
  • Os promotores só comunicam consigo pelas redes sociais ou através do email ou de SMS
  • Recusa em passar um recibo pelo montante solicitado para iniciar a actividade



O que deve fazer para se prevenir?

  • Seja perante uma proposta para dobrar circulares CTT ou outra que lhe pareça duvidosa, não apresente informação pessoal. Morada completa, dados de acesso à internet e números dos seus documentos de identificação devem ser preservados.
  • Evite enviar encomendas à cobrança e fazer pagamentos no multibanco. Proteja o número do seu cartão bancário utilizando uma conta Paypal ou Mbnet.
  • Use apenas um e sempre o mesmo cartão de crédito para as suas compras online. Este cartão deve ter um plafond de crédito baixo, para que não seja gravemente prejudicado em caso de fraude.
  • Verifique regularmente se tem débitos directos desconhecidos activos para o seu cartão bancário, e cancele-os caso os tenha.
  • Ao fazer pagamentos pela internet, verifique se o site apresenta no browser a imagem de um cadeado, que é sinónimo de pagamento seguro.
  • Aceda sempre ao seu homebanking pelo próprio site do banco, nunca utilizando links encontrados em mensagens de email ou outros sites.
  • Tenha o seu antivírus atualizado.



Fui burlado! E agora?

Contacte imediatamente uma entidade que possa aconselhá-lo em caso de burla. Pode entrar em contacto com a DECO – Defesa do Consumidor ou mesmo com a Polícia. Actuar precocemente aumenta a probabilidade de ter sucesso!
Dois minutos chegam para concorrer ao emprego dos seus sonhos >>
Veja também: