Publicidade:

3 receitas seculares de doces conventuais de Alcobaça

Se para si doçura nunca é demais, vai adorar as seguintes receitas seculares de doces conventuais de Alcobaça. Abra a porta à gula e deixe-se tentar.

3 receitas seculares de doces conventuais de Alcobaça
Gosta de açúcar? Muito açúcar?

A doçaria conventual é um dos patrimónios gastronómicos mais importantes do nosso país. Fruto das congregações que por cá andaram, é possível encontrar doces maravilhosos, sempre marcados pelo uso abundante do açúcar e dos ovos. Em Alcobaça, encontramos o Mosteiro e os vestígios da Ordem de Cister que por lá passou e cujos monges deixaram para a posteridade receitas de comer e chorar por mais. Este é o mote para apresentarmos este artigo e sugerirmos as próximas iguarias que vai fazer aí em casa.

Fique atento, tome nota e deixe crescer água na boca com estas receitas que, para além do açúcar e dos ovos, contam também com frutas frescas, frutos secos e, claro, uma tão apreciada especiaria: a canela. Abasteça a sua despensa e surpreenda a todos com uma destas 3 receitas seculares de doces conventuais de Alcobaça.

3 receitas seculares de doces conventuais de Alcobaça


Delícias do Frei João

DELICIA DO FREI JOAOFonte: m76catorzeremolares.blogspot
Ingredientes
700gr. de açúcar
500gr. de pêssegos, uva, ameixa, melão e marmelo
500gr. de fruta madura, a gosto
50gr. de nozes picadas
1 pau de canela (facultativo)

Modo de preparação

  1. Descasque a fruta e corte-a em pedacinhos.
  2. Num tacho, em lume brando, cozinhe a fruta, o açúcar e o pau de canela até atingir o ponto estrada.
  3. Adicione as nozes e deixe ferver por 2 minutos.
  4. Retire o pau de canela e está pronto a servir.

Pudim de ovos do Mosteiro de Alcobaça

Pudim AlcobaçaFonte: mafaldaagante.com
Ingredientes
1kg de açúcar
250ml de água
50gr. de manteiga
14 gemas
2 ovos

Modo de preparação

  1. Num tacho ao lume, junte o açúcar com a água até atingir o ponto de pasta.
  2. Deixe arrefecer e, só depois, coloque as gemas, juntamente com os ovos inteiros e a manteiga, mexendo sempre até obter uma mistura homogénea.
  3. Verta o preparado numa forma de pudim, previamente untada, e leve a cozer no forno em banho-maria, durante cerca de 1 hora.
  4. Vá verificando o ponto de cozedura do pudim, espetando-lhe um palito. Está pronto quando o palito sair húmido, mas limpo.

Broinhas de Alcobaça

Broinhas AlcobaçaFonte: docesascores.blogspot
Ingredientes
500gr. de açúcar
300gr. de amêndoa ralada
50gr. de farinha de trigo
6 ovos
Ovos q.b., para pincelar

Modo de preparação

  1. Num tacho ao lume, coloque o açúcar até atingir o ponto de pasta.
  2. Acrescente a amêndoa, os ovos e a farinha, mexendo sempre muito bem. Retire e reserve.
  3. Quando o preparado estiver morno, polvinhe as mãos com farinha e forme broinhas com a massa, dispondo-as num tabuleiro de forno, previamente untado com manteiga e polvilhado com farinha.
  4. Antes de levar ao forno, pincele as broinhas com ovo.
  5. Estão prontas, quando estiverem cozinhadas e douradas.

Como viu, apesar das dosagens dos ingredientes serem generosas, qualquer uma destas receitas é bastante prática e, até, rápida de fazer. Por isso, arrisque e presenteie os amigos e a família com os clássicos doces conventuais de Alcobaça. Uma coisa é certa: vão fazer as delícias dos mais novos… E dos mais velhos!

Veja também: