3 doenças transmitidas pelos gatos que deve conhecer

Como qualquer animal, os gatos podem transmitir doenças. Saiba quais são as doenças transmitidas pelos gatos e melhore a sua convivência com este felino.

3 doenças transmitidas pelos gatos que deve conhecer
Cuide do seu gato e de si

Existem algumas doenças transmitidas pelos gatos que podem ser perigosas para os seres humanos. Algumas delas advêm de situações raras, outras podem ser mais fáceis de contrair, mas todas podem ser evitadas com alguns cuidados básicos.

Se tem um gato em casa, é essencial levá-lo às consultas de rotina e garantir que este recebe todas as vacinas e os desparasitantes necessários.

Doenças transmitidas pelos gatos e como evitá-las


Toxoplasmose

cat

A toxoplasmose é uma das mais conhecidas doenças transmitidas pelos gatos. É uma infeção causada por um parasita que habita nos intestinos dos gatos. Apesar de muitos animais terem a doença, apenas os gatos possuem um organismo apto para incubar os ovos do parasita.

Os gatos podem contrair a doença ao comer pequenos roedores ou ao contactar com fezes de outros gatos contaminados. Já os seres humanos apenas ficam doentes se tocarem ou ingerirem as fezes dos animais.

As mulheres grávidas devem ter cuidados redobrados, usar luvas para fazer a limpeza da caixa de areia e manter as mãos higienizadas. Não há necessidade de doar ou abandonar o animal durante a gravidez. A toxoplasmose também pode ser contraída devido à ingestão de alimentos crus ou mal lavados.

Doença da arranhadela do gato

kitten

Esta doença é causada por uma bactéria, conhecida como bartonella henselae, que se instala na pele no momento de um arranhão ou de uma mordida de gato.

Normalmente, esta bactéria é transmitida pelos gatos bebés, que possuem garras extremamente finas e afiadas. Apesar de nos animais a doença ser assintomática, a bactéria instala-se e infeta as paredes dos vasos sanguíneos do organismo humano e provoca sintomas como febre, dor de cabeça e gânglios inchados. O tratamento é simples e não deixa sequelas.

A melhor maneira de prevenir esta doença é evitar os arranhões e as mordidas, mas caso aconteçam o ideal é lavar imediatamente com água e sabão.

Alergia respiratória

gato

Dentro das doenças transmitidas pelos gatos, as alergias respiratórias são das mais comuns e muitos fatores podem desencadear uma crise. Muitas pessoas têm, de facto, alergia a gatos e não sabem.

Estes animais produzem uma proteína chamada glicoproteína, que pode causar sintomas alérgicos como espirros, dificuldade em respirar, pingo no nariz e inchaço nas pálpebras dos olhos. Muitas vezes, quando não são tratados ou a alergia é severa, os sintomas podem evoluir para problemas mais graves como asma.

Infelizmente, a única maneira de tratar as alergias é manter uma certa distância destes animais. Se esteve com um gato há pouco tempo e apresenta estes sintomas, procure um médico para identificar o melhor tratamento e evite medicar-se sozinho.

Veja também: