Receba no seu e-mail toda a informação sobre Investimentos e Depósitos!

Saiba primeiro as novidades na área dos Investimentos e garanta as melhores condições para os seus Depósitos.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

Enviar

Domiciliação de ordenado: faça as contas e conheça as vantagens

A domiciliação de ordenado nas chamadas contas-ordenado veio para facilitar a nossa vida. Conheça as vantagens.

Domiciliação de ordenado: faça as contas e conheça as vantagens
Saiba com o que pode contar na altura de assinar o contrato

Hoje em dia é fácil esquecer que até há poucas décadas atrás era comum o salário ser pago “em mãos”. Atualmente as contas bancárias vieram facilitar os processos de pagamento de salários através de uma simples transferência.

O que é?

A domiciliação de ordenado é considerada por muitos como um dos melhores produtos que os bancos disponibilizam. Sem despesas de manutenção, nem anuidades ou quaisquer cartões, a conta-ordenado diferencia-se da conta à ordem pelo facto de disponibilizar uma linha de crédito com um plafond que tem como referência o salário do cliente. Ou seja, o valor da conta pode “duplicar” ao final do mês numa espécie de reserva financeira disponível imediatamente ao cliente em caso de necessidade (a chamada “facilidade de descoberto”). Algumas instituições bancárias chegam até a permitir um crédito até três vezes o valor do salário do cliente, o que pode ser bastante atrativo.

Mas atenção: de acordo com a Associação Portuguesa de Bancos (APB), a utilização desse plafond “é o mesmo que gastar antecipadamente um montante correspondente a ordenados que ainda estão por receber”. Ou seja, se essa utilização não for acautelada pode tornar-se numa verdadeira armadilha para qualquer orçamento.

Na maioria dos casos, esta linha de crédito pressupõe uma TAEG (que é o valor que vai pagar pelo empréstimo concedido) mais elevada do que num crédito pessoal e, por isso, é importante comparar os valores das diferentes propostas de mercado antes de avançar para a assinatura de um contrato deste género.

Para evitar surpresas, regularize essa dívida o mais rápido possível para evitar o pagamento de taxas de juro e de comissões de utilização dessa quantia demasiado elevadas.

Vantagens

Além da isenção das despesas de manutenção da conta, a domiciliação de ordenado isenta o pagamento das comissões nas transferências interbancárias e da emissão de cheques. A domiciliação de ordenado permite ainda obter um spread mais baixo na altura de recorrer a um crédito a habitação.

Para atrair e fidelizar novos clientes, alguns bancos também oferecem alguns brindes (é o caso de tablets e máquinas de café, por exemplo). Por isso, não escolha uma conta-ordenado com base nos brindes oferecidos pelos bancos. Esteja atento às taxas de juro que são cobradas e escolha a opção mais indicada ao seu perfil.

Como em qualquer situação que exige a assinatura de contratos, “o seguro morreu de velho”. Ou seja, leia todos os pontos da Ficha de Informação Normalizada (FIN) para perceber quais os custos, taxas de juro e vantagens da conta-ordenado.


Veja também: