Dor de garganta: medicamentos mais eficazes

A dor de garganta pode ter várias origens. Existem variados medicamentos para ajudar a tratá-las: fique a conhecê-los.

Dor de garganta: medicamentos mais eficazes
Tudo o que precisa de saber sobre as dores de garganta

A dor de garganta pode ter origem em diferentes causas e há diferentes medicamentos que podem ajudar. Mas vamos primeiro às causas

  • Faringite - inflamação na faringe. A maioria das vezes é causada por um vírus e pode evoluir para uma amigdalite bacteriana. Os sintomas costumam ser: dor a engolir, dor a falar e a bocejar, e vermelhidão na zona da garganta dorida. Quando é infeção bacteriana, também há uma formação de placas de pus. O tratamento é feito com analgésicos, anti-inflamatórios e antipiréticos.
  • Amigdalite - inflamação nas amígdalas. Pode ter uma origem vírica e também origem bacteriana. O tempo de incubação vai de 1 a 3 dias. É mais comum no inverno. Como sintomas mais usuais temos a dor aguda na garganta, principalmente ao engolir, febre, mal-estar e indisposição. Se as amígdalas estiverem inchadas e a região bem vermelha, a infeção é do foro vírico, neste caso podem aparecer pequenas feridas vermelhas na zona da garganta. Analgésicos, anti-inflamatórios e antipiréticos são os medicamentos utilizados nesta situação.
  • Laringite - infeção na zona da laringe, frequentemente provocada por um vírus. Os sintomas começam com uma dor local na zona da laringe. Em seguida, chega a rouquidão seguindo-se a tosse seca e irritativa. Analgésicos, anti-inflamatórios e antipiréticos são os fármacos mais utilizados neste tipo de dor de garganta.
 

Medicamentos para a dor de garganta 

Para tratamento localizado existem comprimidos de chupar e sprays, a escolha é feita pela pessoa que vai utilizar. Contudo, se houver já colonização bacteriana, poderá ser necessária uma consulta médica porque pode necessitar de tomar antibiótico.



Comprimidos para chupar (alívio local)


Strepfen
  • Alívio rápido e eficaz da dor de garganta e do inchaço da garganta;
  • Possui ação anti-inflamatória e analgésica;
  • Proporciona alívio até 3 horas;
  • Aroma a mel e limão;
  • O preço ronda os 7 euros.

Mebocaina anti-inflam 
  • Medicamento indicado no alívio das dores de garganta e rouquidão;
  • Deixar dissolver um comprimido para chupar lentamente na boca cada 2/3 horas até ao máximo de 6 comprimidos para chupar dia;
  • Um comprimido para chupar contém 1,2 mg de álcool diclorobenzílico e 3 mg de cloridrato de benzidamina;
  • O preço ronda os 7,5 euros.

Drill
  • Drill pastilhas contém na sua composição digluconato de cloro-hexidina e cloridrato de tetracaína e está incluído no grupo de medicamentos para aplicação tópica na orofaringe;
  • Alívio sintomático da dor de garganta;
  • Alívio sintomático das infeções ligeiras da cavidade oral e da orofaringe;
  • O preço ronda os 7 euros.



Spray para alívio local


Collu-hextril spray
  • Cada mililitro de solução para pulverização bucal contém 2 mg de hexetidina
  • Não se recomenda a utilização por períodos superiores a 7 dias;
  • Crianças com idade igual ou superior a 6 anos e Adultos: 1 ou 2 pulverizações, cada uma com a duração de 1 a 2 segundos, três ou mais vezes ao dia se for necessário, consoante a gravidade da afeção e as indicações do médico;
  • Não se recomenda a utilização em crianças com idade inferior a 6 anos;
  • O preço ronda os 6,5 euros.

Tantum verde spray
  • Cada mililitro de Tantum Verde, solução para pulverização bucal contêm 1,5 mg de Cloridrato de benzidamina;
  • Pulverizar localmente sobre a zona inflamada 2 a 6 vezes por dia;
  • Tratamento sintomático de processos inflamatórios da orofaringe;
  • O preço ronda os 6 euros.

Veja também:

Raquel Pacheco Neves Raquel Pacheco Neves

Farmacêutica, Raquel Pacheco Neves é especialista na prevenção e no tratamento das mais variadas patologias, no que à farmacologia diz respeito. Com uma paixão especial pela puericultura, a promoção da saúde tem sido, desde sempre, o seu principal objectivo profissional.
O seu mais recente projeto é o portal Bébéu.