PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

Dor de ouvido: o que fazer

A dor de ouvido pode ter origens variadas. Nos bebés e nas crianças é muito comum esta queixa. Existem alguns cuidados que deve ter em casa para prevenir.

Dor de ouvido: o que fazer
O que pode fazer em casa quando lhe dói os ouvidos

A dor de ouvido também se denomina otalgia. Esta dor pode ser aguda, pode ocorrer num dos ouvidos ou em ambos, de forma constante ou temporária. 
 
As crianças e bebés têm mais tendência a dores de ouvido principalmente se:
  • Tiverem infeções nos ouvidos antes do primeiro ano de vida;
  • Estiverem com frequência expostas ao fumo de cigarro;
  • Tiverem uma história familiar de infeções nos ouvidos;
  • Frequentarem um infantário;
  • Tiverem nascido prematuras ou com um baixo peso à nascença.
 

O que fazer para prevenir a dor de ouvido?

  • Evite fumar perto das crianças;
  • Seque os ouvidos após o banho ou a piscina;
  • Evite que a criança coloque objetos nos ouvidos;
  • Não utilize descongestionantes ou anti-histamínicos para prevenir infeções;
  • Evite substâncias alergénicas.
 

Sintomas de uma infeção no ouvido

  • Sensação de pressão no ouvido;
  • Febre;
  • Dor no ouvido;
  • Irritabilidade;
  • Choro contínuo;
  • Inquietação;
  • Perda de acuidade auditiva;
  • Facto de mexer na orelha.

 
Como se pode tratar a dor de ouvidos?

Um descongestionante ou um antihistamínico pode ajudar se a dor for devida a uma obstrução da trompa de Eustáquio. Pode também tomar um analgésico para ajudar a aliviar as dores. É recomendável:
 
  • Repousar o ouvido infetado sobre uma almofada morna para proporcionar alívio;
  • Mastigar pastilha elástica para ajudar a diminuir a pressão no ouvido;
  • Bocejar movimenta os músculos dos ouvidos e deixa-os mais relaxados;
  • Dormir numa posição mais elevada para ajudar a reduzir a pressão no ouvido médio;
  • Evitar fumar perto da criança (devido ao aumento muito elevado do risco de infeções);
  • Se previamente prescritas pelo médico, colocar gotas no ouvido da criança para aliviar a dor;
  • Evitar o uso de aspirina em adolescentes ou crianças.
 
Deve consultar o médico se os sintomas piorarem ou não apresentarem melhorias em 2 ou 3 dias. O médico, na consulta, irá examinar os ouvidos, nariz e garganta para despistar uma infeção grave.



Otite: sim ou não?

 Por vezes uma dor de ouvidos, em crianças, é um indicador que existe uma otite, que pode ser externa ou média. Nas otites os agentes infeciosos são bactérias ou vírus e a incubação dura entre 1 e 3 dias. Esta infeção é facilitada por diversas situações, como aquelas em que:
 
  • A pele do canal auditivo está lesada (como limpeza excessiva, por exemplo como a utilização de cotonetes);
  • A pele do canal auditivo está húmida (quando não é seca após o contacto com água);
  • Existe pouca cera que é um material protetor do ouvido.

Veja também: