É possível fazer um seguro sem franquia?

Um seguro sem franquia traz vantagens e desvantagens. Na altura de escolher, avalie bem a sua situação e o veículo que tem em mãos.

Depois de saber que é possível fazer um seguro sem franquia, conheça as suas características

É possível fazer um seguro sem franquia?
Seguro sem franquia: sim ou não?
  • Para saber se compensa ter um seguro sem franquia, deve avaliar o seu caso específico

Quando falamos em seguros sem franquia, estamos quase sempre a referir-nos a seguros automóvel. Dentro deste panorama, existem dois tipos de seguro: o seguro obrigatório de responsabilidade civil e o seguro de danos próprios. Onde entram aqui as franquias?

O que é a franquia de um seguro?

A franquia de um seguro representa o valor que, mesmo com seguro, o segurado terá de pagar pelos danos causados. Quando há uma franquia associada, há sempre uma percentagem que é da responsabilidade do cliente e que tem de ser paga por ele.
No caso de um seguro sem franquia, a verdade é que aconteça o que acontecer, a seguradora assume sempre o pagamento total dos danos causados.

É possível fazer um seguro automóvel sem franquia?

Sim, a verdade é que é possível termos um seguro automóvel de danos próprios sem franquia.  No entanto, é preciso procurar o seguro mais vantajoso e saber negociar os valores com a respectiva seguradora.

Quanto custa um seguro sem franquia?

Apesar de ser possível fazer um seguro sem franquia, é preciso estarmos conscientes de que um seguro automóvel de danos próprios sem franquias associadas é o seguro que mais caro do mercado

Porquê?

Porque a verdade é que um seguro sem franquia dispõe de coberturas que fazem dele um produto que acaba por proteger o cliente de qualquer despesa extraordinária. Mesmo que a culpa do sinistro seja do segurado, o seguro de danos próprios responde por todos os danos causados. Se não existirem franquias associadas, esta segurança paga-se bem.

Compensa ter um seguro sem franquia?

Esta é uma escolha pessoal e depende de pessoa para pessoa. Se tiver o valor disponível para investir e o seu objectivo for ficar totalmente descansado, então deverá optar por um seguro sem franquia.
Se, por outro lado, preferir não investir tanto num seguro e, caso aconteça alguma coisa, assumir o valor da franquia, também o poderá fazer.

Nota: Em média, as pessoas que optam por seguros sem franquia são pessoas que têm carros novos e de gama média alta.

Veja também: