Embraiagem dura: o que significa?

O seu carro tem a embraiagem dura? Não é falta de força sua, e pode vir a ter de substituir a embraiagem. Saiba o que significa o problema, e como o evitar no futuro

Embraiagem dura: o que significa?
Por norma, a culpa é do desgaste

Quem tem um carro com embraiagem dura sabe o quanto custa conduzi-lo, pois exige maior esforço por parte do condutor, sendo que por vezes as pernas e/ou as costas ficam a queixar-se umas boas horas após fazermos viagem. Quando tal acontece, é difícil ter prazer a conduzir, mas a verdade é que quando a embraiagem está neste estado é uma clara indicação de que algo está mal, e apesar de não ser um problema urgente, é um que tem de ser abordado.

Note que problemas na embraiagem não devem ser ignorados, pois este é um componente essencial do seu carro. Quando notar que algo não está bem, deve agir de imediato, ao invés de deixar o problema piorar. Verificar o estado do carro de vez em quando também não pode fazer mal.
 

O que significa?

Por norma a grande causa da embraiagem dura é o desgaste, que faz com que esta possa vir a ter que ser substituída. O problema, nestes casos, acaba por ser inevitável, apesar de poderem ser adotadas medidas para o adiar.

Pode também ter a embraiagem dura devido à existência de danos. Estes podem ir bastante além do simples desgaste, que vai piorando com o tempo, até danos em peças cruciais, que podem comprometer a sua segurança. Isto implica uma maior dor de cabeça, e uma maior despesa na oficina.

A embraiagem rija pode também significar que o cabo está prestes a romper, ou que não está lubrificado. Deve sempre verificar o estado do mesmo quando dá de caras com o problema, pois será a solução mais económica.

 

Cuidados a ter

Por norma, um carro fica com a embraiagem dura ou por esta ter sido utilizada ao ponto do desgaste ser suficiente para causar o problema, ou pelo mau uso. Passar por lombas a acelerar, reduções bruscas de velocidade, e o uso de marcha alta a baixa velocidade são causas que podem vir a contribuir para o problema.

Como tal, isto implica ser necessário conduzir com cuidado para evitar problemas na embraiagem – e noutros componentes. Aquilo que é aconselhado é praticar sempre uma condução defensiva, sem grandes abusos, pois não só se manterá em segurança como estará a zelar pelo bem da sua carteira.

Quando dá pela embraiagem rija, o melhor a fazer é tentar descobrir a raiz do problema, tanto para saber com o que poderá contar, como para saber como evitar o problema no futuro.


Veja também: