AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Emigrar para a Holanda: guia essencial

Se também está a pensar fazer parte das estatísticas, fique a saber o que precisa para emigrar para a Holanda. Não perca a nossa infografia no final do artigo.

Emigrar para a Holanda: guia essencial
Considerado um dos países mais desenvolvidos do mundo

Emigrar para a Holanda é cada vez mais uma opção para muitos portugueses.  Mas, tal como já aqui reiteramos por diversas vezes, antes de partir há muito trabalho a fazer. O primeiro e talvez o mais importante (e que pode determinar o sucesso dessa aventura) é a preparação. Se emigrar para a Holanda está nos seus planos aqui ficam algumas informações essenciais.


Por que motivo devo emigrar e trabalhar na Holanda?

As pessoas deslocam-se de bicicleta para os trabalhos, é lá que existem os famosos moínhos de vento e este é também um pais com grande tolerância social, para além do grande de número de artistas nas ruas, das tulipas e dos diques… Ficou com vontade de se mudar para lá o quanto antes? Fique a saber mais sobre os aspetos mais importantes deste local, antes de tomar uma decisão definitiva.


Quem emigra, quer casa!

Antes de prosseguir é bom que tenha noção que o custo de vida é superior ao de Portugal. Portanto, habitação ou alimentação, por exemplo terão custos superiores aqueles a que está habituado. E se acha caro um jantar num restaurante acessível poder custar mais de 30 euros (preço holandês), prepare-se porque os preços da habitação são mais altos e variáveis. Isto sem falar que ao preço da renda ainda tem que somar as despesas com o condomínio, o seguro, taxas camarárias ou saneamento, por exemplo.
 
Mas como vai precisar de uma casa para viver, o melhor é começar já a espreitar as opções. Aqui ficam alguns sites úteis:
1. www.funda.nl
2. www.wonenmetactys.nl (em holandês)
3. www.pararius.com
4. www.expatrentals.eu
5. www.kamernet.nl(apenas disponibiliza quartos para alugar)
 

Onde encontrar trabalho?

A Holanda é sem dúvida uma aposta forte de muitos portugueses. E percebe-se porquê. Além de oferecer boas condições de vida, é também considerada quinta maior economia europeia, um dos países mais desenvolvidos do mundo e detém um dos salários mais elevados da Europa (aproximadamente 1501,80 euros). A isto pode somar o facto da oferta de emprego ser alargada, muito graças às organizações europeias aqui sediadas, a que se juntam ainda as empresas na área da moda, indústria petrolífera ou gás, entre outras.
 
Se tudo isto ajuda a cimentar a sua decisão de tentar a sua sorte na Holanda, aqui ficam algumas páginas onde pode começar já a estudar as possibilidades de emprego.
 
1. www.werk.nl (serviço público de emprego holandês)
2. www.octagon.nl
3. www.iamexpat.nl
4. www.career-jet.nl
5. www.undutchables.nl
 
E claro, não deixe de consultar o nosso guia com sites de emprego para a Holanda e não só.
 

Salários

Existe um salário mínimo pré-estabelecido na Holanda, que varia de acordo com a idade do trabalhador. A título de exemplo, um trabalhador com 23 ou mais anos, recebe um salário mínimo de 1398,60€, quase 1400€.


A entrada é livre, sim ou não?

Os cidadãos portugueses não necessitam de visto para entrar na Holanda, já que se trata de um Estado-Membro da União Europeia (é aliás um dos países fundadores). Necessitam apenas de ter na sua posse o Cartão de Cidadão ou Passaporte.
 
No entanto, caso a permanência (ou residência) seja superior a três meses é necessária a obtenção de uma autorização de residência. Para tal, deve dirigir-se às entidades diplomáticas representativas da Holanda em Portugal (seja a Embaixada ou o Consulado) para obter mais informações e solicitar a autorização. Mas para que possa ter já consigo alguma informação, não deixe de consultar o guia disponibilizado pela embaixada holandesa.
 

Saúde e segurança

Boas notícias. A Holanda apresenta bons cuidados de saúde e níveis de segurança.
 
Os cuidados de saúde são disponibilizados a todos os residentes que trabalhem no país, visto que as entidades patronais asseguram um seguro de saúde. Já relativamente à segurança, convém saber que apesar do país ser bastante seguro, existe algum nível de criminalidade nos grandes centros urbanos (maioritariamente pequenos furtos).
 
Antes de terminar convém relembrar que não deve deixar de se informar junto das entidades diplomáticas holandesas, mas – uma vez em território holandês – deve contactar a Embaixada Portuguesa.
 

Língua

Está a ponderar trabalhar na Holanda, mas não fala holandês? Então deve repensar e ponderar bem a sua decisão. Se domina a língua inglesa, poderá ter boas hipóteses. No entanto, o governo tem feito grandes restrições e quer obrigar os cidadãos estrangeiros a aprender o holandês. O ideal será que se inscreva num curso intensivo, ainda antes de abandonar Portugal.
 

Um reino à sua espera

Não o referimos antes, mas a Holanda é uma monarquia constitucional. E ainda que pequeno em dimensões apresenta imensas oportunidade de emprego. Oportunidades essas que cada vez mais portugueses tentam agarrar. Pelos motivos anteriormente apontados é fácil de perceber porquê. Mas há mais. A Holanda não só é um dos melhores países para trabalhar e ganhar dinheiro, como também se apresenta com uma das melhores opções para quem pensa em emigrar e levar consigo família.
 
Se está decidido, força. Os moinhos de vento, tulipas ou bicicletas (muitas bicicletas) esperam por si.
 
Veel geluk! Que é como quem diz: boa sorte!

infografia holanda
  Facilite a sua vida fora do país - Curso de Inglês com 20 aulas gratuitas >>
Veja também: