AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Emprego como vitrinista: tudo o que deve saber

Um vitrinista é um profissional muito requisitado no mercado estrangeiro, mas esta é uma área que começa também a crescer em Portugal.

Emprego como vitrinista: tudo o que deve saber
Viu ofertas para Vitrinista e não sabe o que é?

Uma vitrine bem estruturada faz diferença no sucesso de qualquer loja. Já reparou que, muitas vezes, o que vê na vitrine o convida a entrar e a comprar determinada peça que lá está exposta? É por isso que um vitrinista é tão importante para uma loja.


O que é um vitrinista?

Um vitrinista é um profissional que se especializou na montagem e manutenção de vitrines. Este profissional é responsável pelo sucesso das vendas dos produtos, visto que é ele que, através das vitrines, dá uma exposição maior a algumas peças que, de outra forma, seria impossível.



O que faz um vitrinista?

Um vitrinista, como o nome indica, é o responsável pela decoração de vitrines, mas as suas responsabilidades não se ficam por aí. Um vitrinista deve procurar estudar o tipo de produto que o estabelecimento pretende vender, estar a par de estratégias da campanha e, acima de tudo, ser um especialista em moda e em tons de cores.



Que curso é necessário para se obter um emprego como vitrinista?

É necessário um Curso de Decoração de Lojas e Vitrinismo para se tornar um vitrinista. Para se poder inscrever tem, como habilitações mínimas, de ter apenas o 9º ano de escolaridade.

Deve ainda complementar os seus conhecimentos relacionados com cores, tendências e especializar-se em acessórios e/ou decoração, visto que estes elementos poderão fazer toda a diferença no seu sucesso.



Quais as saídas de um Curso de Decoração de Lojas e Vitrinismo?

Estes cursos apresentam diversas saídas profissionais, permitindo:
  • Trabalhar em lojas e pequeno comércio, bem como armazéns e/ou cadeias de comércio;
  • Trabalhar em feiras e/ou exposições de decoração de interiores (hotelaria, gabinetes, etc.);
  • Fazer serviços de nova imagem ou montras sazonais, para empresas;
  • Participar em oficinas e cursos de formação (Associações empresarias, Câmaras de Comércio, sindicatos, etc.);
  • Colaborar em ateliers e gabinetes de arquitetura de interiores;
  • Colaborar em departamentos criativos de empresas de decoração;
  • Trabalhar como técnico especialista nas seguintes áreas: mobiliário, peças de decoração exclusivas, iluminação, equipamentos comerciais, complementos e acessórios, estantes, etc.

Veja também: