AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Emprego em Macau para portugueses

Saiba como procurar emprego em Macau para portugueses e qual a realidade do mercado de trabalho que pode encontrar.

Emprego em Macau para portugueses
A ligação entre Portugal e Macau não é de agora e são muitos os profissionais que decidem tentar a sua sorte por lá.

Macau foi em tempos porto de abrigo para muitos portugueses no oriente, mas mais de uma década após a sua saída, passou a ser um dos destinos de eleição para muitos profissionais nacionais. Se é o seu caso, fique a saber mais sobre como e onde procurar emprego em Macau para portugueses.


Mercado de trabalho em Macau: o que esperar?

Sim, o mercado de trabalho em Macau é bastante permeável a profissionais estrangeiros (principalmente os portugueses), mas isso não significa que arranjar emprego sejam “favas contadas”, até porque em território macaense, o mercado dá preferência (obviamente) aos nativos.

O rápido e crescente desenvolvimento económica da Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China (RAEM - como passou a ser designada após a transferência de soberania para a República Popular da China em 1999) tem permitido manter números de desemprego relativamente baixos o que por si só pode ser encorajador. Mas a isto acresce ainda o facto de uma das línguas oficiais ser o português e de ainda se encontrarem por lá várias empresas nacionais.

Em termos cargas horárias, as regras são semelhantes às vigentes em Portugal, já que em média um profissional trabalha cerca de oito horas diárias. Os salários – tendo em conta o custo de vida – são bastante razoáveis. A título de exemplo, um salário médio em Macau (de acordo com Direção dos Serviços de Estatísticas e Censos) ronda as 12 300 Patacas – moeda local – que equivale a cerca de 1400 €.


Que ofertas esperar?

As ofertas de emprego em Macau para portugueses são muitas e abrangem várias áreas. Os mais procurados são os advogados, visto que a legislação se baseia na portuguesa e, portanto, facilita o processo de adaptação e abre um mundo de oportunidades para os profissionais desta área, até porque são muitas as sociedades de advogados (muitas delas portuguesas) existentes.

Mas não só. Arquitetos, engenheiros, profissionais da área de gestão hoteleira, economia e finanças são outras das possibilidades mais fortes.

E claro, não esqueçamos as vagas de emprego no sector das lotarias e outros jogos de aposta. Afinal, Macau é conhecido como a "Las Vegas oriental" e ofertas de emprego nos casinos locais não faltam.


Onde procurar?

Como indicamos antes, em território macaense é possível encontrar várias empresas portuguesas e uma das melhores opções de que dispõem para encontrar trabalho é tentar a sua sorte diretamente com as empresas. Mas se pretende começar já a analisar as ofertas de encontrar emprego em Macau para portugueses, pode “espreitar” os sites de emprego. Deixamos-lhe algumas sugestões:

Sites generalistas:

1. JobsDB
2. MacauHR
3. My jobs Macau
4. CT good jobs
5. MSS Recruitment


Sociedades de Advogados:

1. CSA - Correia, Seara, Caldas e Associados – Sociedade de Advogados
2. Rato Ling Vong Lei & Cortés Advogados
3. C&C Advogados Macau
4. Jorge Neto Valente – Advogados
5. Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados


Hotéis:

1. Galaxy Macai Hotel Resort
2. Golden Resorts
3. Grand Emperor Hotel
4. Hotel Golden Dragon
5. Hotel Lisboa

Casinos:

1. Sociedade de Jogos de Macau
2. MGM Macau
3. The Venetian Macau
4. City of Dreams Macao

Instituições de ensino:

1. Universidade de Macau
2. Universidade de São José

Além destas, não deixe de consultar as páginas de recrutamento nacionais. A divulgação de ofertas de emprego em Macau para portugueses é feita com bastante regularidade.


O que necessita?

Sendo cidadão português (ou de um dos Estados-Membros da União Europeia) tem a tarefa facilitada, uma vez que não necessita de obter Visto prévio para entrar em Macau, no entanto, deve ser portador de um passaporte com validade mínima de seis meses.

Caso esteja de “malas aviadas” para Macau, deve saber que caso pretenda residir em Macau, necessita de obter um Bilhete de Identidade de Residente (BIR) que lhe garante a autorização de residência, junto dos Serviços de Migração. Para saber mais sobre este processo consulte o Serviço de Migração da PSP de Macau.


Cuidados a ter

Apesar dos profissionais portugueses serem muito requisitados para trabalhar em Macau e de uma das línguas oficiais ser o Português, a sua plena integração pode exigir conhecimentos de outras línguas.

Saiba que se o Chinês e o Português são as línguas oficiais, os dialetos Cantonês e Mandarim são os mais falados em território macaense. E mesmo que o inglês possa ser usado como língua de trabalho, pode encontrar algumas dificuldades se não dominar (ou pelo menos souber falar um pouco) o Cantonês e/ou o Mandarim. O melhor é começar já a procurar cursos de línguas.

Boa sorte!


Veja também: