Publicidade:

4 ideias para encontrar emprego rápido

Conheça mais sugestões para encontrar emprego rápido. Objetivos, foco, alternativas, trabalho freelancer, CV criativo, entre outras dicas que poderão ajudar.

4 ideias para encontrar emprego rápido
Quem sabe não encontra aqui a dica que lhe faltava

É verdade que não é assim tão fácil, pois se fosse, não existiria tanto desemprego, nem pessoas descontentes. No entanto, há formas que o podem ajudar a encontrar emprego rápido, que pode ainda não ter experimentado. Por isso deixamos aqui mais algumas ideias e alternativas.

Independentemente de se tratar de procurar um primeiro emprego ou um novo, importa que se mantenha ativo e atento, que não baixe os braços e que arrisque. Quem sabe pode experimentar algo novo, investir mais num hobby ou fazer formação complementar, por exemplo.

Ideias para encontrar emprego rápido


1. Ter objetivos e alternativas

Antes de começar a procurar deve parar para pensar e definir o rumo que pretende dar à sua carreira profissional. Questione-se sobre as suas motivações profissionais e as áreas ou atividades em que gostaria ou pretende trabalhar.

Pense se aceita um part-time ou apenas empregos a tempo inteiro; se pondera sair da zona de residência; se pretende procurar ofertas com base nos salários oferecidos; quais os seus pontos fortes e os seus pontos fracos (em termos de competências ou tarefas).

Estes são apenas alguns dos pontos que o podem ajudar a perceber qual é o seu objetivo em termos profissionais e a definir parâmetros de seleção para as ofertas. Quanto melhor souber o que quer, mais direcionada será a sua procura e maior a probabilidade de encontrar emprego mais rápido.

A par destas reflexões, contemple a possibilidade de iniciar um trabalho como freelancer ou de se dedicar a obter formação em determinada área, por exemplo.

recrutamento

2. Fazer uma boa gestão do seu tempo

Há quem defenda que não necessita de passar oito horas ou mais em frente ao computador a enviar candidaturas para encontrar emprego rápido. Convém que saiba exatamente a que ofertas pretende responder ou a que empresas quer candidatar-se. Antes de começar, faça uma pré-seleção das ofertas.

Desta forma, evita perder tempo a analisar propostas que não são adequadas ou não encaixam nos parâmetros que definiu previamente.

Organize o seu dia para também ter tempo para outras atividades formativas, sociais, desportivas, que o ajudarão a criar redes de contactos e a aliviar a ansiedade que pode resultar do desemprego.

3. Atualizar e adaptar o curriculum vitae (CV)

Se há algo que deve fazer frequentemente é: rever, atualizar e melhorar o seu CV e as suas candidaturas no geral. Um CV bem elaborado e/ou criativo pode destacar-se e ajudará a chamar a atenção.

Deve também ser cuidadoso e seletivo, evitando enviar um currículo demasiado extenso e nada adequado. Adapte-o e valorize as competências e experiências relevantes para a função a que se candidata.

4. Preparar-se para a entrevista de emprego

Se está a candidatar-se a um emprego, certamente deseja que o telefone toque e do outro lado da linha esteja alguém que recebeu a sua candidatura, gostou do seu CV e quer entrevistá-lo.

Prepare-se para a entrevista. Pense nas possíveis questões que lhe possam ser colocadas e prepare as suas respostas. E, claro, quando for contactado, faça uma pesquisa profunda de informações sobre a empresa.

E já sabe, não esmoreça, saia da sua zona de conforto. Crie uma rede de contactos (presenciais e online), faça ligações pertinentes no LinkedIn, invista em si e na sua formação. Estas são algumas formas de o ajudar a encontrar emprego.

Lembre-se: para encontrar emprego rápido é essencial que se foque nos seus objetivos e direcione as suas candidaturas. As redes de contactos também poderão ser uma excelente ajuda.

Vai ver que em breve vai ter notícias e quem sabe aquele emprego que tanto ambiciona!

Veja também: