Encher os pneus com nitrogénio: sim ou não?

Deve encher os seus pneus com nitrogénio? O nitrogénio tem as suas vantagens, mas também tem um preço, o que dificulta a decisão.

Encher os pneus com nitrogénio: sim ou não?
Saiba qual o melhor para o seu carro, e para a sua carteira.

O uso de nitrogénio nos pneus tem sido uma alternativa popular face ao ar comprimido que se usa por norma. De acordo com alguns, o seu uso traz inúmeras vantagens, que vão desde a segurança à poupança. Por outro lado, há quem não acredite nestas vantagens. No fim de contas, será que encher os pneus com nitrogénio vale a pena?
 

As vantagens do uso de nitrogénio

É importante esclarecer que o ar comprimido que temos nos pneus é composto por nitrogénio (78%), oxigénio (21%), e algumas outras substâncias. Como tal, a diferenças de encher os pneus com nitrogénio seria apenas de 22% na composição, sendo ainda mais pequena em termos de desempenho.

Como a diferença é pequena, pneus com nitrogénio são, muitas vezes, utilizados por profissionais em circunstâncias de grande exigência em que qualquer pequena vantagem pode fazer a diferença.

De acordo com a DECO, o nitrogénio ajuda a manter a pressão constante, a reduzir o sobreaquecimento, e a manter a estabilidade do carro, além de não ter problemas de corrosão. Relembramos que são vantagens pouco acentuadas.

 

Preço e conveniência

Trocar ar comprimido por nitrogénio não é gratuito. É um serviço pago cujos preços variam, em média, entre os €2,5 e os €4 por pneu, dependendo de quem escolhemos para os encher.

Apesar do preço não ser muito alto, para um automobilista que verifique os pneus algumas vezes ao ano, são ainda algumas dezenas de euros que podem vir a ser poupados. 

No que toca à conveniência, em quase todas as bombas de gasolina temos compressores de ar que podem ser utilizados a custo zero. Não se passa o mesmo com o nitrogénio, o que pode implicar ter de vir a colocar ar comprimido nos pneus ao fim de algum tempo, reduzindo assim ainda mais as vantagens que tinha depois de os encher com nitrogénio.

 

Vale a pena optar pelo nitrogénio?

Tendo em conta as vantagens marginais que o nitrogénio traz, e o fato de ser mais uma despesa que juntamos à manutenção do carro, acreditamos que esta é uma escolha que não vale a pena. Apesar das vantagens, o fato de ter de a pagar faz com que não compense.

Acreditamos que seja melhor poupar o dinheiro que gastaria a encher os pneus com nitrogénio para mais tarde vir a tratar de outras necessidades do seu carro. No entanto, se acreditar que necessita das vantagens que o nitrogénio traz, a mossa que faz ao orçamento não é assim tão grande.


Veja também: