Endometriose: causas, sintomas e tratamento

Conheça as causas e os sintomas da endometriose, uma doença que afeta até 10% das mulheres em idade reprodutiva e pode causar infertilidade.

Endometriose: causas, sintomas e tratamento
Cuide da sua saúde

A endometriose é uma doença crónica que se caracteriza pelo desenvolvimento do tecido do revestimento uterino no lado de fora do útero. Os sintomas podem incluir dores no abdómen, fluxo menstrual intenso e infertilidade.

Muitas mulheres sofrem desta doença, que nem sempre é diagnosticada, mas pode ser tratada com anti-inflamatórios, hormonas e até cirurgia.

Endometriose: como diagnosticar e tratar


Causas

pain

Não existe um consenso entre os médicos sobre o que pode causar a endometriose, no entanto, alguns fatores podem contribuir para o desenvolvimento do quadro clínico. Caso o sistema imunitário não se desfaça corretamente das células do endométrio de dentro do útero, estas células podem acabar por tomar direções pouco saudáveis e algumas delas podem causar a endometriose.

Quando o fluxo menstrual é demasiado intenso ou existe algo de diferente na estrutura do útero, cérvix ou da vagina, pode ocorrer um fenómeno conhecido como “menstruação retrógrada”, que é quando as células do endométrio vão em direção às trompas de Falópio e em seguida para o abdómen. Isto pode causar a acumulação de tecido numa região do corpo onde estas células não deveriam estar.

No período menstrual, com o aumento do estrogénio no corpo, esta acumulação de tecido pode aumentar de tamanho e até mesmo rebentar e, assim, causar muitas dores.

Outras causas:

a) O sangue pode transportar células endométricas para outras partes do corpo, em diversas situações, como uma episiotomia ou uma cesariana;

b) As células da região do ventre e da pelve podem transformar-se em células endométricas;

c) Fatores genéticos: as células podem ser passadas de geração em geração ou podem formar-se ainda no útero, durante o desenvolvimento do feto.

Sintomas

uterus

Há casos de endometriose em que a mulher não apresenta qualquer tipo de sintomas. Contudo, estes são casos raros, pois o número de mulheres que sofre com sintomas severos e incapacitantes é assinalável.

O mais comum é que as ocorrências sejam mais graves imediatamente antes e durante o período menstrual e que diminuam de intensidade conforme o período chegue ao fim. Algumas mulheres, especialmente as adolescentes, podem sofrer com dores constantemente.

É importante estar atento e procurar um médico caso apresente qualquer um destes sintomas, pois existem outras condições médicas que têm manifestações similares aos da endometriose, como miomas uterinos e adenomiose.

Os sintomas podem incluir:

  • Dores pélvicas;
  • Cólicas menstruais severas;
  • Dores na região lombar alguns dias antes do período menstrual;
  • Dores durante o ato sexual;
  • Dores retais;
  • Dores para evacuar;
  • Infertilidade – cerca de 20% a 40% das mulheres com problemas de fertilidade têm endometriose;
  • Sangue na urina ou nas fezes;
  • Sangramento atípico antes do período menstrual;
  • Sangramento vaginal após a relação sexual.

Tratamento

doctor

Não existe cura para a endometriose, mas o tratamento pode ajudar a controlar as dores e a infertilidade. Para tratar a doença é necessário fazer uma avaliação médica individualizada com análise dos sintomas, da intensidade da dor e da vontade de engravidar de cada mulher.

Em muitos casos, o tratamento com hormonas ajuda a baixar os níveis de estrogénio no corpo, a reduzir os aglomerados celulares e, consequentemente, a diminuir as dores. Em alguns casos, a melhora ocorre apenas através de cirurgia.

Veja também: