Enfisema pulmonar: causas, sintomas e tratamento

O enfisema pulmonar faz parte do grupo de doenças pulmonares obstrutivas crónicas e interfere com a normal respiração do indivíduo. Saiba mais sobre a doença.

Enfisema pulmonar: causas, sintomas e tratamento
Uma doença degenerativa causada, principalmente, pelo consumo de tabaco

O enfisema pulmonar consiste numa doença respiratória crónica, ou seja, evolutiva, na qual os tecidos dos pulmões vão sendo gradualmente destruídos.

Esta destruição acontece nos alvéolos, onde se dá a troca gasosa entre o oxigénio e o dióxido de carbono. Além disso, os pulmões vão perdendo a elasticidade. A destruição dos alvéolos leva a que o doente passe a ter cada vez mais dificuldade em respirar e em realizar que pequenas tarefas do dia-a-dia, quer esforços de maior intensidade.

Enfisema pulmonar: causas

A grande maioria dos casos de enfisema pulmonar estão associados ao consumo de tabaco. Estima-se que cerca de 15% dos fumadores acabem por desenvolver esta doença, sendo que os sintomas só começam a aparecer, geralmente, após alguns anos de consumo de tabaco.

Além do tabagismo, a doença pode ser atribuída à exposição aos altos níveis de poluição com que convivemos hoje em dia.

Enfisema pulmonar: sintomas

O principal sintoma é, sem dúvida, a falta de ar. No início da doença, esta falta de ar apenas é detetada mediante a realização de esforços com alguma intensidade, mas com o evoluir da doença qualquer movimentação pode gerar este sintoma. Existem doentes que ficam com falta de ar ao tomar banho, vestir-se ou caminhar. Além deste, podem ser identificados outros sintomas:

  • Respiração quase sempre ofegante;
  • Tosse contante;
  • Produção de muco.

Enfisema pulmonar: tratamento

Antes de tratar, é preciso diagnosticar.  Este diagnóstico não pode ser feito apenas com base nos possíveis sintomas. É necessário uma série de exames, raios-x, medição de gás no sangue arterial e análise do histórico do paciente.

Uma vez confirmado o diagnóstico de enfisema pulmonar, é necessário iniciar o tratamento o quanto antes. O enfisema pulmonar não tem cura. É possível, apenas, apostar em medidas para controlar os sintomas e tentar evitar que a doença progrida rapidamente.

São geralmente utilizados corticoides ou broncodilatadores, seja por toma oral ou através de inalação. Geralmente, esta última é a mais utilizada por ter efeitos mais rápidos.

Outra das formas de tratamento é a terapia com oxigénio (oxigenoterapia), que aumenta, em muitos casos, a esperança de vida. Nos casos mais avançados e mais complicados, pode ser necessário recorrer a uma cirurgia de redução de volume pulmonar.

Aposte na prevenção

Este é um daqueles casos típicos em que mais vale prevenir do que remediar. São mais do que conhecidos os malefícios do tabaco, o enfisema pulmonar é mais uma doença grave que pode prevenir ao deixar de fumar. Cuide da sua saúde.

Veja também: