Enjoo: causas, tipos e tratamentos

O enjoo pode ter várias causas e manifestar-se de formas diferentes e com diferentes sintomas associados. Saiba tudo o que precisa para acabar com o problema.

Enjoo: causas, tipos e tratamentos
Previna este mal estar

Aquela sensação de náusea, mal estar, intolerância a cheiros… Estamos a falar de um incómodo comum. O chamado enjoo é, de facto, um estado que dificulta a realização das mais simples tarefas diárias.

As origens podem ser muitas e neste artigo vai ficar a conhecer todos os tipos e tratamentos para afastar o problema.

Enjoo: como identificar

Um enjoo consiste numa sensação desagradável sentida na parte superior do abdómen, que pode vir acompanhada de vómito (ou não) e ter maior ou menor intensidade.

Quando o enjoo dá lugar ao vómito, dá-se então a expulsão pela boca do conteúdo que tínhamos no estômago, juntamente com secreções que são produzidas pelo nosso organismo para facilitar a digestão.

Causas do enjoo

Pode haver diversas causas para sentir enjoo. Geralmente, são alterações ocorridas diretamente no estômago, mas podem existir outros motivos, tais como:

  • Gravidez
  • Problemas com o ouvido interno
  • Movimentos bruscos e de grande velocidade
  • Enxaquecas
  • Enfarte do miocárdio
  • Insuficiência renal
  • Toma de determinados medicamentos (sobretudo os utilizados para quimioterapia)
  • Diabetes

Tipos de enjoos

Também o tipo de enjoo pode variar de acordo com a pessoa em causa e com a situação em si. Conheça as possíveis situações que podem provocar diferentes tipos de enjoo:

Enjoos matinais

O enjoo matinal pode acontecer quando nos levantamos, pois passamos por um grande período fisiológico de repouso e de descanso do nosso aparelho digestivo. Assim que nos levantamos, o Sistema Nervoso Central pode responder com o aparecimento do enjoo.

Enjoo após a ingestão de determinado alimento

Apesar de acharmos que são os alimentos que causam o enjoo, já há provas científicas que mostram que, muitas vezes, não é bem assim que acontece. A sensibilidade de cada um de nós, em determinadas situações, é que é a culpada.

Enjoo sempre à mesma hora, todos os dias

Todos os dias, à mesma hora, chega o enjoo. Sinal de alarme! Visite rapidamente um médico pois esse enjoo pode ser sinal de algum problema gástrico mais sério – ou até de gravidez.

Enjoo causado por algum cheiro forte

A parte do nosso cérebro que recebe os odores faz com que os sentidos fiquem mais apurados, podendo ser uma condição mais acentuada em algumas pessoas, o que pode desencadear náuseas diante da exposição a cheiros mais fortes ou desagradáveis.

Enjoo que acompanha dores de cabeça

Muitas pessoas que sofrem de enxaqueca têm também outros sintomas associados: a sensação de enjoo e a fotofobia. Os enjoos são bastante típicos nestas situações.

Enjoo durante viagens de carro

É daquelas pessoas que enjoa nas viagens de carro, sobretudo nas curvas e contracurvas? A culpa é do ouvido médio, que sofre uma alteração no equilíbrio. Tente ficar sempre a olhar em frente e nem pense em tentar ler um livro ou revista!

Tratamento do enjoo

Existem algumas dicas que podem melhorar a sensação de enjoo. Tome  nota:

  • Respirar fundo em áreas exteriores e espaços verdes;
  • Evitar locais muito frequentados e com cheiros intensos;
  • Evitar o lugar de trás do carro;
  • Não abusar da comida antes de uma viagem;
  • Evitar cheiros demasiado intensos;
  • Tomar chá de gengibre, preferencialmente antes de fazer viagens.

Veja também: