AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Entrevista final de emprego: dicas para ficar com o lugar

Ir até à entrevista final de emprego significa que está no bom caminho. Veja como causar ainda melhor impressão nesta fase. 

Entrevista final de emprego: dicas para ficar com o lugar
Se chegou até aqui, garanta que veio para ficar.

Parabéns! Está na entrevista final de emprego.

Certo, o lugar ainda não é seu, mas certamente deixou uma boa impressão nos seus recrutadores. Afinal de contas integra aquele grupo restrito de candidatos e é um potencial candidato à posição. Para o ajudar, aqui ficam algumas dicas que o podem ajudar a passar com distinção nesta última – e derradeira – fase.


4 Dicas para brilhar

Um processo de recrutamento pode ter várias fases. Mas a boa notícia é que se foi chamado para a entrevista final de emprego é (muito) bom sinal. Significa que fez as coisas certas. Mas agora – mais do que nunca – convém estar preparado e evitar erros. Aqui ficam algumas sugestões que o podem ajudar.


1. Prepare-se para fazer um “balanço” das fases anteriores.

Nesta fase os seus recrutadores já reuniram várias informações sobre si, já construíram o seu perfil e também você já está mais informado sobre eles. No entanto, é bom que esteja preparado para relembrar as fases anteriores. Antes da entrevista final de emprego reveja todas as etapas por que passou, recapitule os nomes das pessoas com quem interagiu e, sobretudo, o que foi falado e feito durante as mesmas. Pode achar que também os seus recrutadores estão a par do que precedeu esta última fase, mas estar pronto para recordar esses detalhes pode fazer toda a diferença. Já que demonstra aos seus recrutadores que esteve atento e interessado durante todas as fases por que passou. E mais. Os seus recrutadores podem usar detalhes das etapas anteriores para aprofundar certos tópicos, se tiver todos os dados “frescos” na sua memória maiores serão as suas possibilidades de sucesso, visto que evita passar uma imagem de despreparado.


FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre emprego actualizada ao minuto.

2. Não assuma nada como garantido

Este é um dos erros mais comuns, mas também mais fatais para a grande maioria dos candidatos que chega até à entrevista final. Lá porque chegou até aqui não significa que o lugar já seja seu. Nada está garantido ainda. É suposto entrar seguro de si mesmo e demonstrar confiança, mas não confunda isso com arrogância. Os seus recrutadores têm outros “eleitos” para entrevistar e ainda estão à procura do candidato ideal, aquele que vai ficar com o emprego.


3. Promova-se

Lembre-se que ainda está a ser avaliado, portanto invista no seu marketing pessoal. “Venda” as suas competências, mostre o que faz de si o candidato mais indicado para a posição.


4. Questione… mas de forma inteligente

Nesta fase pode aproveitar para colocar algumas questões aos seus empregadores – seja sobre a empresa ou sobre o emprego a que se está a candidatar. E não deve ter receio de o fazer. Mas atenção. Deve ter cuidado com o que vai perguntar. As suas questões devem ser um reflexo do interesse e conhecimento que tem dos empregadores, a função ou sobre a área de atividade da empresa no geral. E cuidado com o vai dizer. Se pensa que a questão salarial se enquadra aqui é melhor pensar duas vezes. A acontecer, o assunto deve sempre ser introduzido pelos recrutadores.


Da entrevista para o emprego

Como dissemos logo no início, se chegou até à entrevista final de emprego já tem motivos para se sentir satisfeito. Claramente impressionou e teve um bom desempenho nas fases que precederam esta entrevista destinada apenas a alguns.

Agora é preparar-se devidamente, como faria para qualquer outra entrevista de emprego e assegurar que não há falhas que possam arruinar as suas possibilidades. A ideia é que saia daqui diretamente para o emprego.

Boa sorte!


Veja também: