Publicidade:

Isabel Silva: "Correr é muito mais do que calçar umas sapatilhas e ir por aí fora"

Energia é coisa que não falta a Isabel Silva, uma cara bem conhecida dos portugueses. Reconhecida adepta de um estilo de vida saudável, a apresentadora partilha os melhores conselhos para quem quer correr.

Isabel Silva:
Isabel Silva partilha os seus segredos para ser fit e saudável

São cada vez mais as pessoas que optam por um estilo de vida mais saudável, que inclua a prática de desporto e uma alimentação equilibrada. Este é o cenário perfeito para o crescimento da fama do running, uma atividade física simples e acessível, que tem conquistado cada vez mais praticantes.

Poucos devem ser os portugueses que não conhecem o nome Isabel Silva. A boa disposição e a energia da apresentadora têm feito com que ganhe reconhecimento e muitos admiradores nos últimos anos.

Outra faceta bem pública de Belinha, como é conhecida, é a paixão pelo bem-estar e pela corrida. Por isso mesmo, falámos com a apresentadora, que partilhou connosco as suas melhores dicas para quem pratica esta atividade.

Os segredos de Isabel Silva para ser fit e saudável


isabel silva

Assumida amante de running e de comida saudável, mas ao mesmo tempo saborosa, o que não falta a Isabel Silva são bons conselhos e propostas para quem, como ela, gosta de dar uso aos ténis.

Entre as gravações para a televisão e as maratonas que corre, a apresentadora consegue ainda arranjar tempo para os tachos e para as panelas e, claro, para o blog I Am Isabel Silva.

Recentemente, Isabel Silva lançou o seu segundo livro de receitas saudáveis, “A Comida Que Me Faz Brilhar”, que promete pratos nutritivos e capazes de dar energia a qualquer um. Neste livro, a apresentadora procura dar aos leitores boas ferramentas para terem uma alimentação mais equilibrada através de 60 novas receitas. O primeiro livro, “O Meu Plano do Bem”, foi publicado em 2017.

Entrevista: os conselhos de Isabel Silva sobre running e alimentação


Habituada a regrar a alimentação de modo a garantir que consome os melhores alimentos para enfrentar o dia a dia e os treinos, Isabel Silva tem muitos conselhos para partilhar.

1. Qual é o seu ritual de alimentação antes de correr? O que come, quanto tempo antes, o que evita?

Depende muito do tipo de treino. Correr é muito mais do que calçar umas sapatilhas e “ir por aí fora”. Dia 16 de Abril, por exemplo, tenho a Maratona de Boston e na preparação tinha vários tipos de treinos de corrida: longos, curtos e rápidos, regeneradores e intervalados. E tudo isto faz variar a alimentação pré e pós treino. Mas posso dizer que o meu pequeno almoço inclui sempre banana, arroz integral ou aveia e canela. A partir daí posso fazer as inúmeras receitas que tenho no meu livro, na secção Despertar. Não como laticínios.

“O meu pequeno almoço inclui sempre banana, arroz integral ou aveia e canela.”

2. Comer durante a corrida: sim ou não?

Quando se faz trail, faz todo o sentido. Principalmente quando são trails de muitos quilómetros. Eu sou atleta de “estrada” e por essa razão corro com velocidade. Eu não como. Em treinos longos tomo um gel.

A post shared by Isabel Silva (@iamisabelsilva) on

3. E depois, o que comer? Pode-se tudo e mais alguma coisa?

Depois? Vai depender do tipo de treino. É importante escutar o corpo. Ele dá sinais. Independentemente do treino, no final é sempre importante repor o que se perdeu. O “comer tudo e mais alguma coisa” não faz sentido porque se comermos muito mais do que aquilo que aguentamos, vamos ficar maldispostos. Comer o que dá prazer, na dose certa. É bom ficarmos saciados e não enfartados.

4. Como se hidrata para correr? Qual é a quantidade de água que bebe durante a corrida?

Hidratação é fundamental para a performance. E essa hidratação não começa enquanto se corre, mas antes. Todos os dias bebo 1,5L água, pelo menos. Durante uma maratona (42.195m), por exemplo, aproveito todos os abastecimentos. Molho a boca e dou um gole. Costumo despejar o resto da água pelo meu corpo. Não gosto de beber muita água durante a corrida. No meu caso fico com dor de burro.

Todos os dias bebo 1,5L água, pelo menos.

5. O que não se faz de maneira alguma antes, durante e depois de correr?

Depende do tipo de corrida de que estamos a falar. Porém, depois da corrida é fundamental alongar! As pessoas não ligam aos alongamentos depois do treino e é assim que surgem as lesões.

6. O que fazer para evitar lesões? Que dica de ouro daria para quem vai começar a correr?

Alongar sempre depois de uma corrida. Alongar é tão importante quanto correr; aconselho uma massagem desportiva por semana; e aconselho toda a gente a dormir. Dormir é fundamental para o descanso dos músculos.

7. Das receitas dos seus livros, quais são as mais “runner friendly”? Quais indica para um dia de corrida?

Aconselho as papas de trigo sarraceno ou as de arroz Carolino, as super bolas proteicas, o wrap de arroz integral, a aletria de tâmaras, o salame de cacau, o batido sprint, o hambúrguer de feijão encarnado ou a pizza arco-íris.

A post shared by Isabel Silva (@iamisabelsilva) on

8. O que diria a quem tem vontade de começar a correr, mas ainda não venceu a preguiça?

Se tem vontade, então não pode ter preguiça. As duas não batem certo. Quem tem vontade vai correr. Só depende de nós.

Veja também: