5 erros de quem mora em apartamentos pequenos

São frequentes os erros de quem mora em apartamentos pequenos que condicionam a qualidade do local que devia ser o seu porto seguro. Sabe quais são?

5 erros de quem mora em apartamentos pequenos
Descubra quais são e aprenda a evitá-los

Para ter uma vida boa, não é preciso uma casa grande nem muitos móveis. Basta aprender a evitar os erros de quem mora em apartamentos pequenos.

Desta forma, conseguirá ter um dia a dia mais simples, fácil e organizado. Pelo menos é esta a premissa defendida pelo arquiteto Graham Hill, fundador da Life Edited, uma empresa de design dedicada àqueles que vivem em espaços de menores dimensões.

“Confundimos espaços grandes com qualidade de vida”, realça o profissional, que ajudou a projetar apartamentos de 19 m² em São Paulo e que atualmente vive num de 38 m², em Nova Iorque.

5 erros que comete em apartamentos pequenos

1. Não planear a casa de acordo com as suas necessidades

sala-jantar

Para quê ter cadeiras mais? Ou prateleiras cheias de livros que nunca vai ler? Decida o que realmente precisa de ter em casa, reflita sobre o seu estilo de vida e escolha quais os objetos que vale mesmo a pena manter e quais as funções que a casa deve comportar.

Um bom exemplo: Não ter paredes a separar o espaço entre a cozinha e a sala de jantar.

2. Comprar por impulso

Quando compra coisas em excesso, vai ter que se habituar a dividir o espaço com móveis, gadgets e artigos de decoração. Está preparado para isso? O truque é que antes de comprar questione sobre a real necessidade daquele bem.

Um bom exemplo: Quando tem crianças que dividem espaço opte por deixar bastante espaço livre, para brincarem à vontade.

3. Manter eletrodomésticos pouco usados

cozinha

Não vale a pena comprar eletrodomésticos que usará poucas vezes durante o ano. Máquina de fazer pão, pipocas, gelados… Podem parecer tentadoras, mas pense bem se terá dará utilidade a esses aparelhos.

Um bom exemplo: Use os serviços da cidade: a padaria, lavandaria. Bem mais simples e útil.

4. Exagerar no número de estantes abertas

As prateleiras abertas e preenchidas com objetos coloridos podem parecer uma excelente ideia. Mas não é… Acabam por tornar o ambiente visualmente pesado e mais pequeno.

Um bom exemplo: Ter as prateleiras tapadas, com portas de cores claras, para criar uma maior dimensão de espaço.

5. Abusar dos candeeiros de pé

São peças que costumam roubar preciosos centímetros ao seu espaço, por muito elegantes e discretos que sejam.

Um bom exemplo: Privilegiar candeeiros de parede ou teto, ou até lâmpadas embutidas, de modo a criar ambientes variados e mais clean.

Dicas simples que lhe permitem evitar os erros de quem mora em apartamentos pequenos para tornar o dia mais fácil, com mais espaço e qualidade.

Veja também: