AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

3 Erros que não deve cometer numa reunião de trabalho

O seu comportamento durante uma reunião também pode influenciar a sua imagem profissional. Saiba quais os erros a evitar numa reunião de trabalho.

3 Erros que não deve cometer numa reunião de trabalho
As reuniões de trabalho fazem parte do dia a dia de qualquer profissional.

As reuniões são uma constante em qualquer área ou setor profissional. Estas servem para tomar as decisões mais importantes para o futuro da empresa, para distribuir projetos e tarefas, avaliar resultados ou definir objetivos a atingir, por exemplo. Mas as reuniões de trabalho são também uma boa oportunidade para deixar uma boa imagem junto das suas chefias e colegas. Para que isso aconteça, nada melhor que evitar cometer certos erros numa reunião de trabalho.
 

3 Erros a evitar

Não basta saber organizar uma reunião de trabalho, há (também) que saber comportar-se numa. Claro que todos a certa altura do campeonato cometem erros. Mas se alguns deles são aceitáveis a profissionais mais inexperientes (por exemplo), outros há que simplesmente devem ser evitados, para não manchar a sua imagem. Saiba quais são.

 

1. Não estar preparado para a reunião

Certamente sabe porque foi convocada a reunião ou – se recebeu antecipadamente a agenda – sabe quais vão ser os tópicos a discutir, por isso não tem porque falhar aqui. Se foi convocado é porque esperam o seu contributo (para saber qual o ponto de situação de um projeto pelo qual está responsável ou para que possa sugerir novas abordagens a um problema, por exemplo) e, como tal, deve estar envolvido na mesma, o que só pode acontecer se estiver devidamente preparado. Caso não o faça vai passar uma impressão de desinteresse e – acredite – os efeitos não serão muito benéficos para si enquanto profissional. Informe-se sobre os tópicos da reunião e trate de se organizar as suas ideias ou os documentos necessários.

 

2. Chegar atrasado

É uma das regras de etiqueta que não deve violar. Pelo menos se quiser causar boa impressão. Certo, atrasos acontecem ocasionalmente, mas quando se tornam um hábito são simplesmente uma falta de respeito e educação. E o princípio também se aplica nas reuniões. Se sabe de antemão que numa determinada data e hora tem uma reunião agendada, trate de evitar (a todo o custo) chegar atrasado. E se isso acontecer, avise os restantes intervenientes, para que – caso assim entendam – possam prosseguir com a reunião, mesmo sem a sua presença. E claro, quando chegar (atrasado) entre sem causar reboliço. Seja discreto e silencioso para não atrapalhar o andamento da reunião e deixe as questões sobre o que já foi discutido para o final.

 

3. Não saber quando falar ou calar-se

Pode parecer simples mas para certas pessoas não é. É importante que saiba quando deve intervir ou não. Há profissionais que querem deixar a sua marca numa reunião e se limitam a “disparar” ideias ou comentários, mas isso não basta. Se vai participar é bom que tenha um contributo válido para dar ou, caso contrário, só está a fazer todos os participantes perderem tempo. Por outro lado, não deve “entrar mudo e sair calado”. Daí que a preparação seja tão importante. Se estiver munido de informações ou materiais, certamente vai ter algo a acrescentar e vai “dar nas vistas” pela positiva.

 

Torne-se um “Ás” das reuniões de trabalho

Goste-se ou não, as reuniões fazem parte do dia a dia de qualquer profissional. E são muitos os que passam os dias a saltar de reunião em reunião. Mas estes encontros podem ser boas ferramentas de aprendizagem para si, basta que saiba como aproveitá-las em seu favor e, para tal, o seu comportamento e atitude são preponderantes. Por isso, saiba o que deve fazer para brilhar nas reuniões de emprego e evite os erros mais grosseiros.


Veja também: