Escapadinhas de inverno alternativas: 10 boas opções

Pegue no cachecol, vista um casaco bem quentinho, coloque gorro e luvas e prepare-se para as 10 melhores escapadinhas de inverno alternativas.

Escapadinhas de inverno alternativas: 10 boas opções
Também é bom viajar nos dias mais frios

“Está a chover tanto…”, “Está muito frio para passear!” Esqueça os clichés e parta à descoberta das 10 melhores opções de escapadinhas de inverno alternativas.

Pode não ter as temperaturas ideias, nem a paisagem verdejante de que tanto gostaria, mas há muitos encantos em viajar no inverno e nós ajudamos a desvendar os melhores locais a conhecer.

Estas escapadinhas de inverno alternativas fogem dos roteiros e destinos mais típicos, mas representam igualmente locais de incrível beleza, de encantos mil e oferecem a oportunidade de atividades e aventuras impossíveis de aproveitar noutra altura do ano.

10 escapadinhas de inverno alternativas

São 10 as propostas de escapadinhas de inverno alternativas para que não seja mais um inverno passado em casa. Sim, é bastante agradável ficar sentado no sofá, com uma manta, a beber um chá e a ver um filme, enquanto a chuva cai e o frio se faz sentir lá fora.

Há, contudo, tanto para descobrir nestes locais de inverno encantado. Confira 10 opções imperdíveis para escapadinhas de inverno alternativas e encantadoras.

1. Reykjavik, Islândia

Os visitantes da Islândia deliciam-se com a Lagoa Azul e com as infinitas paisagens vulcânicas. O que muitas vezes é negligenciado é a oferta cultural de Reykjavik. Garantimos que nunca viu uma catedral como Hallgrímskirkja antes e duvidamos que tenha tido a oportunidade de visitar um museu dedicado a objetos fálicos. Esta é também uma das melhores cidades para observar as auroras boreais e as famosas luzes do norte.

2. Valência, Espanha

valência espanha

Tomatina e Las Fallas são duas das festas mais populares em Valência, que é, no fundo, uma cidade que adora festejar! Por isso, os festejos de Natal e Ano Novo são um assunto sério. A Catedral, supostamente a casa do Santo Graal, é um lugar mágico para assistir à missa do galo e poderá despedir-se do ano velho e dizer olá ao novo com alguns dos melhores fogos de artifício em Espanha – especialmente se estiver na Cidade das Artes e Ciências, onde as reflexões de luzes dançam na água.

3. Trondheim, Noruega

Trondheim

Trondheim é a capital original da Noruega e tem mais charme rústico do que Oslo: barcos de imagem batendo nas docas, bares dentro de casas de madeira que vendem cerveja de centeio escuro e casas cobertas de neve com chaminés fumegantes. Um encanto rústico e aconchegante, cheio de pormenores que vão deliciar os amantes dos vikings. Para tal, visite o Centro Cultural Stiklestad – o local de uma das batalhas mais sangrentas da Noruega, e aquela que marcou o início do movimento do paganismo para o cristianismo.

4. Zagreb, Croácia

Zagreb

Os mercados de Natal de Zagreb são tidos como os melhores da Europa, por isso merecem uma visita, para ver se concorda com o título. Enquanto lá estiver, prove os famosos pastéis croatas fritos, para aquecer num dia mais frio. Zagreb é muitas vezes esquecida em detrimento das ilhas altamente apreciadas da Croácia, mas esta cidade kitsch vale por si própria. O Distrito do Design tomou a antiga arquitetura soviética e transformou-a num nicho de artistas; o Booksa é ideal para se entreter com um livro e um café; enquanto a Design Superstore é ótima para comprar os presentes de última hora.

5. Tallinn, Estónia

tallinn

Esqueça as paisagens de conto de fadas nos cartões de Natal e veja-as a vivo na Cidade Velha de Tallinn. Telliskivi Loomelinnak, a cidade criativa, é onde pode encontrar a cultura do café e o mercado de bugigangas aos sábados. Meruar é um dos artistas locais da rua da cidade e poderá encontrar as pinturas coloridas que adornam os antigos muros soviéticos em Loomelinnak. Certifique-se que visita a loja de chocolates Kalev para algumas doces lembranças e terminar esta escapadinha de inverno da melhor maneira.

6. Pistoia, Itália

pistoia italia

Esta é uma das melhores cidades a visitar em 2017, oferecendo todo o charme e arquitetura de Florença, empacotada numa cidade menor, sem filas, nem multidões. E já que está no coração da zona rural da Toscana, então delicie-se com um fabuloso prato de pasta, regada com um bom vinho produzido localmente.

7. Freiburg, Alemanha

freiburg

A Floresta Negra deve estar no topo da sua lista quando procura um país de maravilhas verdadeiramente invernais. Localizada em Freiburg parece retirada de um conto infantil. Porém, a própria cidade é uma delícia para os olhos e para alma. Esta cidade universitária alemã tem muito para admirar com a arquitetura medieval.

8. Rabat, Marrocos

rabat

Este é o lugar ideal para esquecer o inverno por uns dias. Rabat é uma cidade costeira, lar de gigantes souks que permitem compras de Natal absolutamente incríveis!

A temperatura média ronda os 20º, apesar das noites mais frias, o que lhe permite desfrutar com calma as antigas ruínas de Chellah, uma necrópole construída no século XII, ou o Mausoléu de mármore de Mohammed V, construído no estilo tradicional marroquino. Para os fanáticos de Guerra dos Tronos: aqui foram filmadas algumas cenas da série!

9. Vilnius, Lituânia

vilnius

Vilnius é tão encantadora e tradicional como sofisticada, com as galerias de arte e lojas de topo. O Centro de Arte Contemporânea e a Galeria de Arte da Lituânia são ótimos locais para descobrir a arte e a história do país.

10. Gotemburgo, Suécia

gotemburgo

Gotemburgo é a cidade hipster adjacente a Estocolmo, na costa ocidental da Suécia, pontilhada com algumas minúsculas ilhas ao redor da costa. Aqui respeita-se a arte de “fika”: passar tempo com os amigos enquanto se bebe café e se come uns bolos. E o Café Kringlan é o lugar perfeito para se sentir um verdadeiro local.

Depois, rume ao Stora Saluhallen – um mercado gigante, cheio de alegria e alimentos frescos. E, claro, em época de Natal é altura de visitar o mágico Parque de Diversões de Liseberg que se transforma num mundo de fantasia em tons de vermelho, verde e dourado.

Motivos mais que suficientes para optar por escapadinhas de inverno alternativas e que vão fazê-lo sentir-se grato por ter aproveitado essa época para viajar.

Veja também: