10 escapadinhas românticas para momentos inesquecíveis a dois

Não há nada como uns dias a dois fora do stress diário para repor as energias de um casal. É para isso mesmo que servem as escapadinhas românticas.

10 escapadinhas românticas para momentos inesquecíveis a dois
Destinos românticos a não perder

Há lugares que nos fazem apaixonar, pela magia e encanto que possuem. Revelam-se como escapadinhas românticas perfeitas que ajudam a reavivar a chama da paixão ou a desfrutar a dois, longe da rotina do dia-a-dia, com calma, sem olhar para o relógio, nem preocupado com as pequenas coisas que invadem o pensamento a cada instante.

A pensar nisso mesmo, escolhemos 10 escapadinhas românticas, na Europa, incluindo destinos portugueses que oferecem retiros surpreendentemente poéticos. Quer saber quais são?

10 escapadinhas românticas: destinos a não perder


Portugal, Espanha, França, Itália, Bélgica, Grécia e Irlanda são os países em destaque para escapadinhas românticas que vão cumprir com todos os seus desejos: bons sítios para visitar, boa comida e a possibilidade de uns dias a dois para reanimar a paixão.

1. Douro, Portugal

douro

Douro é uma das regiões vinícolas demarcadas mais antigas do mundo e apresenta vinhedos íngremes, esculpidos em montanhas e quintas caiadas de branco do século XVIII, que atraem visitantes de todo o mundo.

Para lá chegar, enfrentará sinuosas estradas cénicas, mas tudo isso valerá a pena para se deparar com vilas saídas de postais e excelentes restaurantes regionais.

Afinal, viagens e bons vinhos combinam na perfeição e conferem um sentido romântico a qualquer aventura. E falar em Douro é falar em vinho, muito bom vinho, que está profundamente ligado à cultura deste local de orgulho português, que consegue ainda aliar uma gastronomia típica e reconfortante.

2. Sintra, Portugal

sintra

Falar em escapadinhas românticas em Portugal implica destacar Sintra, uma joia perfeitamente enquadrada entre as montanhas e o mar, plena em herança histórica, natureza luxuriante, com uma oferta cultural cosmopolita e uma gastronomia opulenta.

Sintra exala romance, de tal forma que inspirou muitos dos grandes escritores dos séculos XVIII e XIX, que ajudaram a celebrar a subjetividade e a emoção do drama humano, como se ali todas as histórias de amor fossem impossíveis e ao mesmo tempo conseguissem ter um final feliz.

Com montanhas ondulantes, florestas densas, jardins exóticos e palácios brilhantes, Sintra parece ter sido retirada de um conto de fadas, o que a levou a ser considerada Património Mundial pela UNESCO.

Esta pitoresca cidade portuguesa, que oferece ainda um clima montanhoso e ligeiramente mais frio, atraiu a nobreza e elite de Portugal, no passado e os pares românticos no presente.

3. Granada, Espanha

granada

Atraídos pelo fascínio da Alhambra, muitos visitantes visitam Granada, sem saber bem o que esperar desta pequena cidade espanhola, que é, na verdade, uma cidade arraigada e convincente, onde a arquitetura islâmica demonstra serena e a vida de rua ainda testemunha as inspirações com sabor árabe, pelas igrejas monumentais.

A contrabalançar, e porque de outra forma não seria uma verdadeira cidade espanhola, terá à disposição muitos e bons bares de tapas para aconchegar o estômago e a alma.

A cidade estende-se aos pés da Serra Nevada e é conhecida por ter sido a última fortaleza dos mouros espanhóis, visível nos arcos em ferradura, nos aromas picantes que emanam de barracas de rua, no histórico bairro árabe e na Alhambra, um surpreendente complexo de palácios, cuja decoração islâmica e jardins paisagísticos não têm comparação em toda a Europa.

4. Paris, França

paris

Só o próprio nome da cidade das luzes nos faz pensar em momentos a dois felizes. Paris é, realmente, uma das cidades mais bonitas do mundo, com as fachadas de pedra dourada e monumentos famosos, mas há sempre algo novo a ser descoberto, pelo que cada viagem parece ser o início de uma nova aventura.

É uma cidade em constante mutação, havendo sempre um novo bar ou restaurante para experimentar, uma nova galeria para visitar, grandes palácios e avenidas, onde pode descobrir pátios e jardins íntimos, que propiciam o romance.

Pode bem ser uma das cidades mais visitadas em todo o mundo, mas é igualmente uma das que é possível vivenciar mais intensamente.

5. Chassignolles, França

Chassignolles

Chassignolles é uma pequena aldeia secreta perdida aos pés do Livradois-Forez, o maior parque nacional da França, cerca de 160km a sudoeste de Lyon, e convida a dias longos e extravagantes em comunhão com a natureza e com tempo para admirá-la.

Um pequeno paraíso na Terra que, na década de 50 atraia a elite francesa, ansiosa por vivenciar a experiência local pautada pelos vulcões verdes dormentes e córregos sinuosos, que dizem ter propriedades medicinais e curativas.

6. Bruges, Bélgica

bruges

Independentemente da época do ano, faça sol ou chuva, o encanto de Bruges nunca é afetado e a cidade mantém sempre a capacidade de devolver o romance a qualquer relação.

É inegável a influência medieval típica dos contos de fadas, marcada por ruas de paralelepípedos pitorescos, canais para navegar, altas torres, igrejas históricas e casas caiadas de branco.

7. Veneza, Itália

veneza

O Carnaval de Veneza, o Palio de Marciliana em Chioggia, o Festival da Madonna dell’Angelo comemorado em Caorle, o Festival Internacional de Escultura em Areia são motivos mais que suficientes para considerar Veneza um dos melhores destinos de escapadinhas românticas em todo o mundo.

Não importa quantas vezes a tenha visto em fotografias ou filmes, pois só presenciando na primeira pessoa os encantos da cidade e dos seus canais é que perceberá que é tudo mais encantador do que imaginou.

E há tanto por descobrir e visitar, desde os fabulosos palácios e igrejas, que refletem séculos de história, às ruas estreitas, aos pequenos cafés para relaxar entre passeios.

8. Patmos, Grécia

patmos

Esta pequena ilha do arquipélago do Dodecaneso, de apenas 23 quilómetros quadrados, só é acessível por barco, mas a viagem vale a pena, para se deparar com uma vila murada que é um labirinto de pátios entrelaçados, capelas e mansões caiadas de branco – sendo que uma delas serve de palco ao único hotel da cidade.

Patmos, conhecida como a “Ilha Sagrada”, tem ainda inúmeras enseadas escondidas e praias desertas ao longo do litoral da serra, entre as quais se destaca a praia isolada de Diakofti.

À boa maneira da mitologia grega, Patmos também é protagonista de uma lenda: era referida como “Latmos”, uma montanha afundada na qual Artemis e Poseidon persuadiram Zeus a reaparecer junto dos humanos.

9. Costa Oeste da Irlanda

north ireland

As paisagens esmeraldas e as praias desertas do oeste selvagem da Irlanda atraíram pintores, poetas e românticos, inspirados pelo majestoso litoral do Anel de Kerry, pelos lagos de Killarney e pelas terras planas e indomadas de Connemara.

O que coloca esta região na lista de melhores escapadinhas românticas, além do cenário natural incomparável, é a cena gastronómica, que tem vindo a ganhar destaque de ano para ano. Vale bem a pena conhecer!

10. Viena, Áustria

Vienna

Viena é uma cidade que encanta e seduz desde o primeiro momento e que convida a viagens rápidas ou a passeios de ritmo lento, podendo sempre desfrutar de uma riqueza aparentemente infinita de coisas para fazer e ver, durante todo o ano.

E motivos não faltam para se voltar a apaixonar em Viena: a arquitetura majestosa, a presença imperial nas ruas do Innere Stadt, a música clássica, a literatura e a arte em todas as suas formas, o que a torna uma das cidades mais atraentes da Europa.

História, monumentos com vida própria, paisagens de tirar o fôlego, boa comida e a oportunidade de desfrutar do tempo, com tempo. Vai aceitar alguma das nossas recomendações de escapadinhas românticas?

Veja também: