13 esconderijos perfeitos para os seus bens mais preciosos

As crianças adoram esconder coisas. Mas às vezes os adultos também precisam de esconderijos perfeitos para o que têm de mais valioso.

13 esconderijos perfeitos para os seus bens mais preciosos
Não deixe coisas de valor à vista de qualquer um

Quem é que não tem segredos? Se disser que não tem, dificilmente estará a dizer a verdade. Todos temos segredos e coisas que gostamos de manter longe da vista dos curiosos. Algumas coisas podem não ter valor comercial mas, ainda assim, gostamos de as manter reservadas, por uma questão de privacidade. Outras têm mesmo valor monetário, como joias ou até dinheiro. Seja para o que for, é sempre bom ter os esconderijos perfeitos para cada coisa.

Esconderijos perfeitos: saiba fazer uso deles

1. Livros ocos

livros

Os livros ocos são um clássico. Se forem bem feitos, vão ficar perfeitamente disfarçados no meio dos verdadeiros. É o esconderijo ideal para quem tenha uma vasta biblioteca.

Normalmente, não são muito grandes, por isso é provável que não possa lá esconder algo que seja muito volumoso.

2. Elementos domésticos

aspirador

Pode ser um aspirador dos grandes, um brinquedo de criança, uma televisão antiga ou até aquele rádio dos seus avós que só usa como peça de decoração vintage. Vários destes elementos domésticos dão esconderijos perfeitos porque têm espaço e não são nada suspeitos.

No caso dos objetos que se movimentam, como o aspirador ou o brinquedo, certifique-se que o que lá vai colocar dentro não se irá danificar com a utilização do próprio esconderijo.

3. Conduta de ar

conduta ar

Nem todas as casas têm destas condutas de forma visível, acessível e até com tamanho para isto. Mas de certeza que já viu estes esconderijos perfeitos a serem utilizados nos filmes e algumas casas também os terão. Têm a vantagem de ser espaçosos.

4. Degrau falso

Para ter este esconderijo, é preciso viver numa casa com escadas. Dá algum trabalho, por isso talvez seja melhor apostar nele se mandar construir uma casa ou se fizer outras obras, aproveitando para tratar também deste assunto.

É preciso tornar o degrau oco e colocar umas dobradiças no tampo. Tem bastante espaço e dificilmente alguém pensará em testar todos os degraus para ver se algum deles é um pequeno baú.

5. Vasos

vaso jardim garden

Faz lembrar um pouco os esconderijos dos cães para os ossos, mas é outro sítio onde quase ninguém se lembra de procurar alguma coisa. Se tiver vasos grandes ou até um jardim, envolva bem o que pretende lá esconder em panos e em sacos de plástico, porque com o tempo a humidade irá penetrar.

Para além de esconder as suas coisas é bem possível que também esteja a fazer uma viagem no tempo, recordando a altura em que brincava aos tesouros secretos com mapas e coisas escondidas debaixo da terra.

Se enterrar alguma coisa num espaço grande, não se esqueça de deixar alguma marca para não lhe perder o rasto.

6. Gaveta falsa

A gaveta ficará com menos espaço, o que se pode notar, caso alguém perceba a diferença entre esta e as outras gavetas. Mas pode funcionar bem se a gaveta for funda ou se o que estiver a guardar tiver pouco volume, como folhas.

7. Quarto de criança

quarto crianca

O caos em que os quartos das crianças normalmente estão fazem qualquer ladrão fugir a sete pés. Talvez valha a pena esconder lá algumas coisas, porque é um sítio improvável.

Tenha apenas um cuidado: colocar os seus valores num sítio onde as crianças também não se lembrem de ir mexer.

8. Rodapé dos móveis e eletrodomésticos de cozinha

Os rodapés dos móveis de cozinha são esconderijos perfeitos no sentido em que ninguém irá imaginar que alguém se lembre de utilizar um espaço que, normalmente, está selado.

Se perceber minimamente de bricolage ou carpintaria, talvez valha a pena arriscar fazer desse espaço algo semelhante ao degrau falso.

Os eletrodomésticos também costumam ter um pequeno espaço em baixo que pode ser utilizado da mesma forma.

9. Recipientes com marcas

Falamos de latas de coca-cola, frascos de maionese, caixas de cereais, entre muitos outros. Com uma breve pesquisa encontrará, certamente, várias opções. Mas certifique-se que a réplica do recipiente é perfeita.

Em alguns casos, pode até usar os recipientes verdadeiros, depois de consumir todo o seu conteúdo e de o lavar e secar muito bem.

10. Bolsos

roupas

Nenhum ladrão se vai lembrar de vasculhar bolsos de roupas penduradas no guarda-fatos. Mantenha algumas peças de roupa que já não use, para não estar a mudar os valores de uma peça de roupa para outra, sempre que queira usar alguma.

Se entretanto resolver dar as roupas antigas, certifique-se que tira de lá tudo quanto guardou antes.

11. Latas de tinta

Tal comos os fracos, latas e caixas de alimentos, as latas de tinta são esconderijos perfeitos.

Mais uma vez, apenas precisa de utilizar o produto até ao fim, lavar muito bem e garantir que a tampa não vai ficar colada se estiver muito tempo fechada.

12. Tubos falsos

Se se quiser dar a esse trabalho, tem aqui uma excelente ideia para um ótimo esconderijo. Compre um tubo de PVC com o diâmetro que mais jeito lhe der e prenda-o num sítio discreto, como uma arrecadação. Se o trabalho for bem feito, vai parecer que o tubo pertence à sua canalização e ninguém terá vontade de ir bisbilhotar.

13. Cofre na parede

O tradicional cofre na parede continua a resultar bem. Dentro do roupeiro ou atrás de um quadro, o importante é que esteja discreto e que seja um bom cofre, difícil de abrir por terceiros.

Veja também: