Estamos dispostos a perder dinheiro nos investimentos?

O mundo dos investimentos é um mundo de ganância e de medo. Se quer ter sucesso nos seus investimentos terá de gerir muito bem as suas emoções e controlar os riscos da sua carteira.

Estamos dispostos a perder dinheiro nos investimentos?
Para fazer uma correta gestão do risco deveremos saber qual a nossa tolerância à perda.

Quando falamos de investimentos pensamos apenas na possibilidade de ganharmos dinheiro. Naturalmente que quem investe quer ganhar muito dinheiro. Se fosse para perder certamente que não iriamos ocupar o nosso tempo e disperdiçar o dinheiro que muito trabalho nos deu a conquistar.

Se é certo que queremos ganhar dinheiro nos nossos investimentos, também é certo que iremos perder dinheiro. Estar nos mercados financeiros implica estar preparado para errar e para não ter razão, o que implicará uma perda financeira. O fundamental é trabalhar para que as perdas sejam menores (em dimensão e frequência) do que os ganhos.


Qual a nossa tolerância à perda?

Antes de iniciar o seu percurso nos mercados financeiros e quando está na iminência de construir a sua carteira deverá perceber qual a tolerância que tem à perda de dinheiro. Qual a desvalorização que o preocupa e que lhe tira o sono?

Ao falarmos de tolerância à perda falamos também da tolerância ao risco. É incrível como pessoas aparentemente conservadoras investem em produtos altamente arriscados simplesmente porque estiveram a valorizar fortemente nos últimos anos/meses. Quando as coisas correm bem somos todos bons investidores mas quando começam a correr mal...


Queremos mesmo assumir riscos?

Associado à questão anterior estão várias outrs. Quero assumir riscos? Por que quero assumir riscos? É preciso? Estas e outras questões podem ser formuladas e destinam-se a alertar para as nossas motivações para os investimentos. Mais uma vez, se queremos ganhar muito dinheiro temos de assumir muitos riscos... e podemos não ter o "sangue frio" para arcar com as consequências.


Assumir os erros:

Um ponto fundamental quando falamos de ganhar e de perder dinheiro consiste na nossa capacidade de sermos investidores humildes. O mesmo será dizer que para termos sucesso no mundo dos investimentos temos de conseguir assumir os nossos erros, aprender com eles e corrigir o nosso comportamento.

Neste ponto importa salientar que todos os investidores profissionais cometem erros. Cometem muitos erros pois lidar com o futuro e com a incerteza é tarefa para os videntes que como sabemos não existem. Assim, quem coloca o seu dinheiro a investir sabe que a probabilidade de errar é muito grande, caso contrário o retorno seria muito reduzido.


Um erro muito comum...

Não queremos deixar de alertar para um erro muito comum quando estamos a falar de perdas nos investimentos. Um erro demasiado comum que nos surge exatamente porque não temos a coragem de assumir que errámos:
  • O preço de mercado está acima do preço de compra —; Nesta situação, dizemos que estamos a ganhar dinheiro (é verdade) e que somos bons investidores pois tivemos a capacidade de escolher um bom investimento.
  • O preço de mercado está abaixo do preço de compra —; Nesta situação dizemos que não estamos a perde dinheiro pois não vendemos. Achamos nós que só perdemos dinheiro se vendermos o ativo o que não podia estar mais errado. Na realidade, quem investe sabe que o facto do seu investimento ganhar ou perder dinheiro está associado à possibilidade (praticamente imediata) de transformar os seus ativos em dinheiro. Logo, qualquer oscilação tem impacto direto no nível de riqueza do investidor. Para o bem e para o mal!


Teste os seus limites:

A última ideia consiste na necessidade de testar os seus limites. Só saberá a sua tolerância à perda se experimentar. Esperemos que nunca chegue a atingir o seu limite pois isso significa que perdeu dinheiro. Contudo, só o tempo e a experiência prática é que dirão até quando conseguirá aguentar uma perda.

Deixámos algumas referências para o ajudar a pensar qual a sua tolerância à perda, fator essencial para garantir que terá uma boa gestão dos riscos que assume. No entanto, não deverá olhar para estas ideias como argumentos para desculpar os erros. Se errou e se percebeu que não irá ter razão com determinado investimento... deverá vender o ativo, assumir a perda e procurar novas alternativas para aplicar o seu dinheiro. Sem emoção!


Veja também: