PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

5 dicas para um estômago saudável

Uma simples dor de estômago pode causar bastantes incómodos. Uma rotina saudável é o ponto de partida para um estômago “feliz”.

5 dicas para um estômago saudável
Esteja atento aos sinais de desconforto e evite as dores de estômago

Um estômago saudável é sinónimo de um corpo são. Uma má alimentação e o stress diário estão sempre na base nas dores de estômago, azia e, em casos mais graves, nas úlceras e nas gastrites.
 
O nível de acidez prejudica a mucosa gástrica e pode provocar a inflamação do estômago, que pode criar feridas na mucosa ou na parede do estômago (em casos mais extremos). Estes sintomas são variados e podem provocar uma sensação de ardor ou de picadas no abdómen.
 
Por norma, a alteração de hábitos alimentares basta para evitar as dores de estômago. Um estilo de vida mais saudável diminui a acidez e evita a inflamação da mucosa gástrica.
 
A prevenção é o melhor remédio e, por isso, apresentamos cinco dicas para evitar dores de estômago.


5 dicas para evitar dores de estômago


1. Cumpra horários

Um sistema digestivo regulado é menos propenso a problemas de estômago. Por isso, é necessário fazer, pelo menos, 3 refeições por dia e evitar estar mais de 6 horas sem ingerir alimentos.
 
É essencial comer devagar, mastigar bem os alimentos e não dormir de estômago cheio.
 


2. Faça uma alimentação saudável

Uma dieta rica em fibras é essencial para regular o sistema digestivo e evitar dores de estômago. Fruta (banana ou maçã), iogurtes, gengibre e aveia ajudam à digestão e a prevenir a obstipação.
 
O leite ajuda a estimular a produção de ácido gástrico e, por isso, deve ser tomado com moderação.
 
Os alimentos ácidos também devem ser consumidos com moderação, como é o caso das frutas cítricas, já que podem irritar o estômago.
 
A ingestão excessiva de bebidas alcoólicas também pode provocar uma sensação de desconforto. Quando consumidas em excesso ou de estômago vazia, as bebidas alcoólicas podem irritar a mucosa gástrica.
 


3. Mude de hábitos

Por norma, o corpo fornece as dicas necessárias para terminar com o desconforto digestivo. É sempre importante descobrir quais os alimentos que provocam a sensação de estômago “inchado” e passar a evitá-los.
 
O fumo dificulta a cicatrização das úlceras e, por isso, deixar de fumar também ajuda a controlar os problemas de estômago.
 


4. Faça exercício

O stress é um dos grandes causadores dos problemas de estômago. A prática regular de exercício combate a ansiedade e ajuda a aliviar os níveis de stress.
 


5. Vá ao médico

Caso as dores de estômago persistam, é aconselhável consultar-se com um médico especialista. A perda de peso associada a vómitos ou a fezes com sangue são sinais de risco e podem indicar problemas mais graves.

Veja também: