As melhores dicas para estudar matemática

Propomos-lhe algumas estratégias para um estudo bem-sucedido na disciplina de matemática.

As melhores dicas para estudar matemática
Sugestões para uma aprendizagem mais eficiente

Não existem fórmulas exatas para alcançar o sucesso. No entanto, é possível desenvolver competências e hábitos de estudo que permitam estudar matemática mais eficazmente, por isso deixamos-lhe aqui algumas sugestões. Muitas poderão parecer demasiado óbvias, mas, como escreveu José Saramago, «só se nos detivermos a pensar nas pequenas coisas chegaremos a compreender as grandes».


Estudar matemática: quando, como e com quem


Nas aulas de matemática

Seja assíduo e pontual, evite distrações e mostre interesse pelos conteúdos programáticos. Prove que está empenhado na resolução dos exercícios e no seu trabalho ao longo do ano. Todos estes aspetos refletem-se no seu comportamento e na imagem que transmite ao seu professor de matemática.

Tente, sempre que possível, esclarecer as suas dúvidas durante as aulas. Mantenha-se atento à explicação do professor e faça um esforço para tentar acompanhar o seu raciocínio. Essa concentração trar-lhe-á múltiplas vantagens quando estiver, depois, a estudar matemática.

Participe nas aulas, sempre que for solicitado. Mantenha-se ativo, registando no caderno todas as informações úteis e sublinhando os aspetos mais importantes no manual. Faça esquemas, quadros-síntese, utilize cores diferentes e quaisquer outras estratégias que lhe pareçam pertinentes. É fundamental manter os apontamentos organizados e legíveis.

Ao fazer apontamentos, recorra a títulos e subtítulos, diagramas e setas, pois facilitam a leitura. Distinga os temas principais dos temas mais supérfluos.
 


Estudar matemática em casa

O trabalho em sala de aula é, muitas vezes, insuficiente. Por isso, terá de praticar frequentemente em casa, resolvendo inúmeros exercícios. Quantos mais exercícios resolver, melhores serão as suas hipóteses de obter bons resultados.

Em casa, reúna o material escolar necessário ao estudo, escolha um lugar calmo, adequado para trabalhar, devidamente confortável e bem iluminado. Faça pequenas pausas, de vez em quando, para se manter motivado e não se cansar com tanta facilidade.

Sempre que necessário, reveja regras, conceitos, fórmulas e teorias. Verifique os seus resultados, identifique e reveja os erros que cometeu, tentando compreender a sua origem, de forma a evitá-los mais tarde.

Leia com atenção os enunciados, para evitar más interpretações, elabore resumos e, se achar pertinente, crie um pequeno glossário de expressões e de fórmulas matemáticas. Tente resolver os trabalhos de casa no próprio dia em que o professor os enviou, porque os conceitos estarão mais presentes do que se adiar a tarefa para outro dia.

Quando terminar o estudo, descanse, divirta-se ou combine uma saída com os seus amigos. Gira bem o seu tempo, para que o estudo e o lazer ocupem ambos um lugar no seu dia.
 


O estudo acompanhado

Muitos alunos optam por estudar com colegas de turma e amigos, esclarecendo dúvidas mutuamente. Outros inscrevem-se em Centros de Estudos ou procuram apoio em explicações individuais. Independentemente da situação, é importante aplicar a matemática à rotina diária, ao mundo que o rodeia.

Exemplos práticos ajudam, frequentemente, a compreender conceitos mais abstratos. Muitas vezes, oferecem-lhe uma nova perspetiva sobre um determinado conceito, porque estudar matemática tem inúmeras aplicações práticas no dia a dia.

Veja também: