O que é a etiqueta de eficiência energética?

A etiqueta de eficiência energética tem como objetivo informar os consumidores, saiba mais sobre ela.

O que é a etiqueta de eficiência energética?
Seja um consumidor informado.

A etiqueta de eficiência energética é comum na União Europeia, e pode ser vista em grande parte dos aparelhos eletrónicos que temos no mercado hoje em dia. Afinal, o que é esta etiqueta, e para que serve?

A etiqueta que nos diz quanto um aparelho consome

A etiqueta de eficiência energética da União Europeia é, essencialmente, a nossa melhor amiga no que toca a consumos energéticos. Ela diz-nos quanto vai um aparelho consumir, dá-nos informação extra relativamente ao consumo energético desse produto, e ainda nos permite comparar vários produtos com facilidade.

Aproveite aqui os 5% de Desconto em Gás Natural que oferecemosNo topo da etiqueta temos, geralmente, alguma informação acerca do produto, do fornecedor ou da marca. Mais abaixo, temos a sua classificação em termos de eficiência energética. Dependendo do produto em questão a escala pode ir de A+++ a D, ou a G, tendo entre 7 ou 10 classificações diferentes.

A+++ representa sempre a melhor eficiência energética, e D ou G representam sempre a pior e significam que a conta da eletricidade vai aumentar se usarmos este produto.

Por baixo da classificação, a etiqueta de eficiência energética tem informações extra acerca do produto, como por exemplo o consumo mensal ou anual em kWh, o consumo de água, o ruído, e por aí fora. Estes consumos representam situações reais de utilização, e as informações disponíveis variam de produto para produto.

Com o tempo, a etiqueta de eficiência energética vai-se expandido a mais e mais produtos. Assim, temos maior facilidade em comprar de maneira consciente, sabendo no que nos estamos a meter.

 

Tirar partido da etiqueta e da sua informação

As classificações da etiqueta são determinadas por testes específicos feitos para cada produto para que possa haver comparação entre, por exemplo, dois frigoríficos. Comparar produtos diferentes como um frigorifico e uma televisão já não vale a pena, visto a sua eficiência energética ser analisada de maneiras diferentes.

De modo a conseguir poupar mais, convém sempre comprar produtos que tenham uma classificação de, pelo menos, A+. Podem, por vezes, ser mais caros inicialmente, mas compensam a longo prazo. Se se deparar com dois produtos com a mesma classificação, compare as informações específicas de consumo

Quando tiver um dos produtos mais eficientes do mercado, precisa apenas de o utilizar corretamente para impedir que este acabe por consumir mais do que deve. 

Pequenos hábitos que nos permitem poupar, como o de não abrir o frigorífico sem saber o que queremos e apenas utilizar a máquina de lavar quando cheia, são essenciais para tirarmos maior proveito dos produtos com melhor eficiência energética.


Veja também: