Euribor: o que é?

A Euribor é a taxa interbancária resultante da média das taxas da oferta de fundos praticada entre vários bancos.

Euribor: o que é?
O que é a Taxa Euribor e como se determina?

A taxa Euribor é talvez uma das taxas mais conhecidas da opinião pública. Quem já não ouviu falar da taxa Euribor? Ela acaba por estar presente em vários momentos da nossa vida, condicionando muitas vezes o orçamento familiar. 
Mas vamos perceber o que é, afinal, esta taxa.
 

O que é?

A definição mais fiel diz-nos que a taxa Euribor resulta da união das palavras Euro Interbank Offered Rate. É a taxa interbancária, cujo cálculo se baseia na média das taxas de juros praticadas em empréstimos interbancários em euros. Estas taxas referem-se a 57 bancos de países da União Europeia e de terceiros países, escolhidos por serem activos no mercado do Euro.
 
Recuando um pouco no tempo, é premente referir que a Euribor existe desde que foi introduzido o euro, em 1999. No entanto, anteriormente à Euribor já se publicava uma taxa denominada Airbor, além das taxas de juros locais praticadas noutros países.
Fundamentalmente, esta taxa resulta do volume da oferta e da procura que determina o nível das taxas de juros Euribor, visto ser constituída por diversos bancos. 
Contudo, há outros factores que contribuem para as variações das taxas de juro Euribor, tais como o crescimento económico e o nível da inflação.
 Daí sermos confrontados muito assiduamente com inúmeras notícias associadas às oscilações desta taxa.
 

Como se determinam?

Para determinar as taxas Euribor são excluídos 15%, tanto das percentagens mais altas, bem como das percentagens mais baixas relatadas.
 
As taxas de juro Euribor são divulgadas todos os dias às 11:00 horas (Hora Central Europeia) e transmitidas posteriormente à imprensa.
 No entanto, quando se fala em taxa Euribor ou taxa de Euribor, é premente referir que a terminologia não é a mais correcta. Existem cerca de 15 taxas de juros Euribor e não apenas uma, sendo que todas elas têm um prazo diferente.
Existe a Euribor de 1, 2 e 3 semanas, assim como a de 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12 meses.

 
Neste momento, o único banco português que integra o painel dos 57 bancos de países da União Europeia e também de outros países, é a Caixa Geral de Depósitos, devido à sua importância no mercado monetário nacional.
 

Como são seleccionados os bancos

A selecção dos bancos é efectuada por uma comissão directora da Federação de Bancos Europeus, com o intuito destes facultarem os seus dados para a determinação da Euribor. 
A escolha dos bancos para determinar a Euribor é baseada em critérios de mercado. Os bancos são escolhidos pela sua solvabilidade e importância no mercado, de forma a que a diversidade do mercado monetário do euro seja adequadamente reflectida, tornando a Euribor uma taxa de referência eficaz e representativa. 
Um rigorosos código de conduta estabelece regras que abrangem, entre outras coisas, os critérios utilizados para determinar quais os bancos que podem fazer parte do painel, quais as obrigações dos mesmos e a composição do comité de direcção, responsável pela supervisão Euribor.
 
A Thomson-Reuters, foi escolhida como o prestador de serviços responsável por publicar a Euribor. Desde o seu lançamento, a Euribor tornou-se uma realidade no mercado financeiro, quer nas operações realizadas pelos bancos, quer no mercado da bolsa.
  
 
Veja também: