3 dicas simples para evitar deslizes financeiros nas férias

Saiba aqui como evitar deslizes financeiros nas férias e prepare-se (apenas) para relaxar e passar tempo de qualidade em família a baixo custo.

3 dicas simples para evitar deslizes financeiros nas férias
Estratégias para aliar lazer e poupança

Para evitar deslizes financeiros nas férias não basta planeá-las com antecedência – mesmo que esta seja uma estratégia-chave para poupar nas férias. É importante ainda identificar outras situações nas quais possa, eventualmente, gastar mais dinheiro do que aquele que tinha previsto.

Por isso, antes de partir com a família para o destino de férias, tenha em consideração as nossas sugestões para não se preocupar em demasia não só com a velocidade com que o dinheiro sai da sua carteira, mas também em como vai recuperar dessa despesa no resto do ano.

Portanto, relaxe, divirta-se e permita-se passar tempo de qualidade em família, sem andar sempre preocupado em evitar deslizes financeiros nas férias. Como? Nós explicamos.

Como evitar deslizes financeiros nas férias

Sabemos que entre fazer um orçamento para as férias e manter esse orçamento há um abismo…profundo. Quem nunca se sentiu desfalcado depois de ter feito de tudo um pouco para evitar deslizes financeiros nas férias? Se é uma dessas pessoas, partilhamos consigo algumas dicas para poupar ou mesmo controlar o seu orçamento de férias.

1. Antecipe despesas extra e contabilize-as no seu orçamento

evitar-deslizes-financeiros-nas-ferias

Reserve um espaço no seu orçamento de férias para comprar coisas supérfluas. Se sabe à partida que vai ter essas despesas extra não há qualquer razão para evitar orçamentá-las.

Umas raquetes de praia, uma revista cor-de-rosa, uma saída à noite ou mesmo um “souvenir” para um colega de trabalho ou amigo são exemplos de algumas dessas despesas. O importante é que não ultrapasse o limite estipulado para este item do seu orçamento.

2. Deixe o cartão de crédito em casa

evitar-deslizes-financeiros-nas-ferias

Se vai de férias com a família e optou por ficar em território nacional, evite levar o cartão de crédito. Opte pelo cartão de débito e faça a gestão das suas despesas com o dinheiro que tem disponível. Esta é um boa forma de evitar deslizes financeiros nas férias, até porque o cartão de crédito induz uma falsa segurança financeira e comporta riscos – nomeadamente os juros elevadíssimos que lhe estão associados.

Se, no seu orçamento, estipulou um determinado montante diário para gastar, então é aconselhável que levante o dinheiro que precisa e pague tudo sem cartão. Sentirá e estará a controlar verdadeiramente os gastos.

3. Opte por comprar em mercados e mercearias locais

evitar-deslizes-financeiros-nas-ferias

Sabe sempre bem sair com a família para jantar fora depois de um belo dia de praia, sobretudo para comer um peixe fresco naquelas noites de brisa quente. Porque não? Faça-o uma ou outra vez. Nos restantes dias, sobretudo se alugou uma casa ou um apartamento de férias, opte por cozinhar dentro de portas.

Além disso, evite comprar em grandes superfícies e opte por mercados ou mercearias locais, sobretudo as que não se encontram nos grandes centros turísticos. Os preços são bem mais em conta e a sua carteira agradece.

Veja também: