Exercícios para o cérebro: 7 dicas sem sair da rotina

Quer melhorar o raciocínio, a memória e as restantes faculdades mentais? Faça estes exercícios para o cérebro e verá resultados.

Exercícios para o cérebro: 7 dicas sem sair da rotina
Treinos diários das funções mentais

Existem exercícios muito simples que aumentam drasticamente a sua atividade cerebral e, quando feitos logo pela manhã, é certo que irão ajudá-lo a enfrentar o dia de trabalho que terá pela frente. Vamos descobrir alguns exercícios para o cérebro que pode fazer sem alterar a sua rotina?

7 exercícios para o cérebro: o treino diário das funções mentais


Proporcionar ao cérebro novas experiências que combinam os sentidos, como a visão, o olfato, o toque, o gosto e a audição, e que apelam também ao uso das emoções, é uma forma simples de o manter saudável e ativo. As razões? Ao estar emocionalmente envolvido em experiências de todo o tipo, está a aumentar e estimular as sinapses cerebrais, fortalecendo a sua capacidade de aprendizagem e retenção de informação. Fazê-lo torna as células cerebrais mais fortes e mais resistentes aos efeitos do envelhecimento.

Exercícios para o cérebro: dicas de treinos simples

exercícios para o cérebro

Sinta-se mentalmente saudável com estes exercícios e não se esqueça: pratique-os depois de uma boa noite de sono, é claro. Veja alguns exemplos simples que pode adotar sem sair da rotina:

  1. escovar os dentes com a mão não dominante. Usar a parte oposta do cérebro resulta numa expansão substancial nas partes do córtex que controlam e processam as informações táteis da mão;
  2. leia uma página de um livro ou do jornal diário enquanto toma o pequeno almoço. Ler é uma das coisas mais simples e eficazes para fazermos com vista a estimular e relaxar o cérebro. A leitura pode torná-lo mais inteligente, saudável e feliz.
  3. ouça música clássica. Ouvir música clássica enquanto se veste de manhã ou exercitar é um “shot” neurológico, e contribuirá para melhorar significativamente a fluência verbal, o funcionamento cognitivo, o foco e a concentração;
  4. todos os dias, escreva numa lista cinco aspetos da sua vida pelos quais se sente grato. Quando nos concentramos nas coisas pelas quais estamos gratos na nossa vida, por incrível que pareça, o nosso cérebro funciona melhor. Desde a companhia do seu gato, até ao facto de estar um magnífico dia de sol lá fora, tudo conta, desde que realmente o sinta. As pessoas que expressam gratidão regularmente são mais saudáveis, mais otimistas, fazem mais progressos nos seus objetivos, experienciam maior bem-estar e são mais prestáveis;
  5. memorize matrículas de carros enquanto conduz para o emprego. Os engarrafamentos são uma chatice, e, caso não esteja a dar nada que prenda a sua atenção no rádio, porque não desligá-lo e concentrar-se em decorar as matrículas dos outros carros? Pode parecer um pouco ridículo, mas traz benefícios agilizando a nossa capacidade de memorizar coisas;
  6. altere por completo a ordem das suas rotinas matinais. Ao quebrar com a rotina automatizada das suas atividades matinais, está a exercitar o cérebro. Por exemplo, tome o pequeno almoço fora de casa, e volte para passear o cão, por um caminho novo. Vá a pé para o emprego em vez de ir de transportes públicos, como faz habitualmente;
  7. vire os seus objetos pessoais do avesso, literalmente. Quando olhamos para os objetos com os quais convivemos de forma habitual e rotineira e os vemos virados ao contrário, a atenção do cérebro irá ser atraída pela forma não habitual daqueles objetos que são familiares, mas estão dispostos de forma diferente. Desta forma, estamos a obrigar o cérebro a interpretar de novo as formas, as cores e todos os elementos visuais dos objetos que ele já conhece do dia a dia.

Como complemento a estes exercícios, não se esqueça de beber água (um organismo hidratado retém até mais 10% de informação) e de praticar uma alimentação saudável. Um bom pequeno almoço ao começar o dia dará ao cérebro os nutrientes necessários para funcionar a todo o vapor.

Descubra ainda técnicas para estimular a criatividade e descubra outras formas de exercícios para o cérebro. Estimule o seu pensamento criativo.

Veja também: