Fabrico da cerveja artesanal: tudo o que precisa de saber

No fabrico da cerveja artesanal, há inúmeros intervenientes que podem influenciar o produto final. Saiba tudo o que faz diferença.

Fabrico da cerveja artesanal: tudo o que precisa de saber
Quem faz e como faz

As cervejas, à semelhança de outras bebidas igualmente complexas, possuem uma história que pode ser conhecida através da cor, do aspeto, dos aromas ou até do sabor. Tudo influencia o produto final e a forma como o consumidor vai apreciar a cerveja. Uma das partes mais importantes na construção desta história é o fabrico da cerveja artesanal. Como é que este se processa? Qualquer pessoa pode produzir?

O exigente e complexo fabrico da cerveja artesanal

cerveja 3

Mestre cervejeiro

O mestre cervejeiro é um dos elementos mais importantes no processo de fabrico da cerveja artesanal. É ele que decide a qualidade dos ingredientes, que controla e acompanha, passo a passo, o processo de fabrico e que decide quais os estilos de cerveja que quer produzir.

E desengane-se se pensa que o processo de fabrico da cerveja artesanal é algo fácil, mesmo tendo os materiais necessários para tal… de todo! No fabrico deste néctar intervêm inúmeros processos químicos que precisam de ser controlados ao pormenor para que o produto final seja verdadeiramente delicioso.

cerveja 4

As etapas do processo de fabrico


Moagem

Com todos os ingredientes reunidos, está na hora de meter mãos à obra. A primeira etapa do processo de fabrico da cerveja artesanal é a moagem do malte, criando uma farinha algo grossa e extraindo os açúcares fermentáveis.

Brassagem

A brassagem é a segunda etapa do processo. Aqui, a farinha que provém dos cereais é misturada com água a altas temperaturas para originar o famoso mosto.

Filtração do mosto

Após a brassagem, é necessário filtrar aquilo que é insolúvel do que se pretende verdadeiramente filtrar. Por outras palavras, é aqui que se separa o mosto das cascas do grão.

Ebulição do mosto

Após diluir e filtrar o mosto, é necessário levá-lo à ebulição. É nesta fase que é adicionado o lúpulo e que se procuram atingir alguns fins como a solubilização do lúpulo ou a esterilização do mosto.

cerveja 6

Arrefecimento do mosto

Após a ebulição, é necessário separar o precipitado proteico dos componentes do lúpulo não solubilizados do mosto quente. É nesta etapa que desaparecem todas as partículas de malte ou lúpulo para deixar um líquido pronto a ser arrefecido e fermentado. Antes do mosto, já lupulado, entrar para as cubas de fermentação é arrefecido até uma temperatura de cerca de 9 º e arejado em condições estéreis.

Fermentação

A fermentação é uma etapa crucial no fabrico da cerveja artesanal. Nesta operação, os açúcares do mosto reagem com a levedura – que, entretanto, também é adicionada – e transformam-se em álcool e dióxido de carbono.

É tão crucial que é necessário manter o líquido a temperaturas controladas durante vários dias. No princípio, esta etapa é algo tumultuosa, tornando-se depois progressivamente mais lenta, até que a levedura se deposita no fundo do tanque.

Maturação e estabilização

Nesta etapa, a cerveja é mantida a temperaturas constantes e num local estável para que as moléculas instáveis se fixem e para que os aromas consolidem.

Dry-hopping (opcional)

O dry-hopping (“lúpulo a seco”) é uma técnica utilizada para adicionar mais lúpulo à cerveja para que esta fique ainda mais amarga e com aromas mais fortes.

Filtração ou clarificação e carbonatação

Está quase! Depois de atingir todo o seu potencial, a cerveja é filtrada para que fique límpida e desapareçam os últimos elementos de turvação ainda em suspensão.

á a carbonatação da cerveja artesanal pode ser feita de diferentes modos, sendo o priming ou a carbonatação forçada, os dois métodos mais utilizados no meio caseiro. O priming consiste em introduzir uma quantidade de açúcares fermentáveis na cerveja pronta, com o intuito de se obter uma refermentação após o engarrafamento da mesma. Na carbonatação forçada injeta-se diretamente o volume desejado de CO2 na cerveja.

Enchimento

É a parte final do processo. Depois de ter a cerveja pronta, é essencial fazer o enchimento nas embalagens indicadas – garrafa, barril, lata…

beer

Produzir cerveja artesanal em casa


É possível produzir cerveja em casa? Qualquer pessoa o pode fazer? Sim, claro que sim! Basta adquirir todo o material necessário para o processo: balde de fermentação, borbulhador, capsulador…

A nossa sugestão é que comece por produzir com um pequeno kit – a forma mais fácil e barata de produzir. Com alguma experiência pode começar a produzir a partir de um extrato de malte. Quando já dominar esta parte, aí sim pode começar a produzir através da moagem do malte e desfrutar de todo o sabor e benefícios da cerveja.

Veja também: