Publicidade:

16 factos sobre o sono do seu filho que deve conhecer

Adormecer uma criança pode ser muito desgastante para os pais. Conhecer alguns factos interessantes sobre o sono do seu filho pode ajudar.

16 factos sobre o sono do seu filho que deve conhecer
Não há soluções mágicas para pôr os seus filhos a dormir

O seu filho acorda várias vezes durante a noite? Não dorme uma noite inteira desde que o seu bebé nasceu? A ansiedade aumenta a cada noite que passa e já não sabe mais o que fazer? Aumentar o seu conhecimento sobre o sono na infância vai, certamente, ajudar. Vamos ajudar explicando alguns factos sobre o sono do seu filho.

Quando perceber os erros que está a cometer e conhecer melhor os hábitos e rotinas mais úteis, vai conseguir resultados positivos. Sempre com muita paciência e amor à mistura, é claro.

Importância do sono ao longo do crescimento


curiosidades sobre o sono do seu filho

O bom sono é uma necessidade biológica com grande impacto no crescimento e desenvolvimento de uma criança. É um hábito saudável que deve ser adquirido no primeiro ano de vida.

Os hábitos de sono criam-se e modificam-se com a idade. Ora, veja:

  • Após o nascimento, a criança tem ciclos de vigília-sono de 3 a 4 horas;
  • A partir do 3º ou 4º mês de vida, começa já a ter maiores períodos de sono noturno contínuo;
  • Com mais de 6 meses deverá, idealmente, dormir 12 horas de sono consecutivo noturno, na sua própria cama;
  • Entre os 8 e os 9 meses pode ocorrer alguma dificuldade na hora de adormecer, devido à angústia de separação.

No entanto, nem sempre esta evolução do sono acontece desta forma e, muitas vezes, a hora de dormir passa a ser muito complicada de gerir para toda a família: os pais não descansam o suficiente, não têm a intimidade que desejam, a criança adquire hábitos desadequados – que lhe prejudicam o sono futuro – e ficam irritáveis, além de agitadas.

Os problemas de sono na infância são muito comuns: estima-se que cerca de 25% das crianças tenham, nalguma fase da sua infância, uma perturbação do sono.

Maus hábitos de sono adquiridos na infância podem manter-se por muitos anos e, por isso, deve intervir-se desde cedo e implementar rotinas capazes de prevenir as dificuldades em adormecer, bem como os despertares noturnos.

Para compreender melhor a grande pertinência de determinadas rotinas e estratégias, deixamos de seguida algumas curiosidades sobre o sono do seu filho.

16 factos sobre o sono do seu filho


1. Os pais podem estar sempre ao lado do seu bebé, a dar-lhe carinho: o contacto físico é essencial para que o bebé se sinta seguro e perceba que adormecer é um ato natural.

2. Os bebés precisam sentir segurança e conforto para dormir.

3. O uso de um objeto (chupeta, boneco) pode ser útil e aconselhado nas crianças cujo maior problema reside na angústia de separação da figura materna/paterna.

4. De um modo geral, as crianças precisam de dormir cerca de 12 a 14 horas, passando para 10 horas quando atingem a idade escolar.

5. Contudo, cada bebé tem o seu ritmo e aprende a regular o sono.

6. As perturbações associadas ao sono das crianças são, na maioria das vezes, o resultado do comportamento parental e não de disfunções da criança.

7. As rotinas são importantes para o sono da criança: as rotinas estabelecem-se desde o início de vida.

8. Cada família estabelece as suas próprias rotinas: os rituais do sono são uma forma de comunicar com a criança – ler uma história, cantar para a criança ou pôr uma música a tocar são alguns exemplos que pode praticar aí em casa.

9. Durante o sono, a atividade cerebral continua em processamento: o que tem implicações na consolidação da memória e é fundamental para a capacidade de aprendizagem e para o desempenho escolar.

10. As crianças passam por uma fase de terrores noturnos: por volta dos 4 meses e novamente aos 4 anos, acordam a chorar, sem motivo aparente.

11. A atividade física promove o sono.

12. O seu filho dorme melhor quanto mais relaxante for o ambiente: a casa deve silenciar-se e a intensidade das luzes deve diminuir à medida que a hora de ir para a cama se vai aproximando.

13. Banho ajuda a relaxar e pode fazer parte da rotina do sono: o banho, se for dado ao fim da tarde ou à noite, pode ser uma ajuda para o bebé adquirir um bom hábito de sono.

14. A luz dos ecrãs interfere negativamente no sono.

15. O sono do bebé apresenta várias fases, tal como o dos adultos: a primeira é a que caracteriza a sonolência e nesta fase é normal reparar que o bebé fica com o olhar fixo e a pálpebra caída, mas não necessariamente fechada. Isso é normal e indica que ainda não está num estado de sono profundo.

16. Todos os bebés são diferentes: conheça bem o seu bebé e confie no seu instinto; ninguém conhece melhor o seu bebé.

Todos estes factos sobre o sono do seu filho podem ajudar mas, acima de tudo, lembre-se: não há uma solução perfeita, cada criança é única.

As crianças acordam muitas vezes de noite e não há volta a dar. Evite sestas prolongadas e brincadeiras excitantes à noite, e crie e mantenha uma rotina do sono.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!