Publicidade:

Faringite: causas, sintomas e tratamento

Saiba o que é, quais os sintomas e o que fazer quando tiver uma faringite.

Faringite: causas, sintomas e tratamento
Na maioria das vezes, a faringite é causada por uma infeção

Há diferentes formas e medicamentos para atenuar a dor de garganta, contudo é preferível averiguar qual é realmente a sua causa e a faringite pode ser uma delas.

Antes de mais, a faringite é uma inflamação da faringe (a parte mais posterior da garganta, entre as amígdalas e a laringe), geralmente provocada por um vírus. Caso evolua, pode vir a originar uma amigdalite bacteriana, bem como otite ou a inflamação dos seios perinasais (sinusite).

No que concerne à sua origem, a faringite surge associada a infeções virais, entre as quais constipação ou gripe, mas também pode ser um resultado de algumas doenças sexualmente transmissíveis, nomeadamente a gonorreia.

Causas da faringite


As infeções virais, commumente transmitidas pelo contacto das mãos com secreções nasais infetadas, explicam a causa da faringite. Esta, por sua vez, tem mais incidência durante os meses que registam temperaturas mais baixas.

Faringite: sintomas


Os sintomas da faringite tendem a surgir em cerca de um a três dias, sendo estes os mais frequentes:

  • Dificuldade e dor ao engolir;
  • Dor tanto ao falar como quando está a bocejar;
  • Vermelhidão na zona da garganta que está dorida;
  • Formação de uma membrana mucosa branca ou placas de pus quando a faringite tem uma origem bacteriana;
  • Febre e inflamação dos gânglios linfáticos do pescoço.

Diagnosticar a faringite


Para que seja diagnosticada uma faringite, é necessário que vá ao médico e proceda a um exame. Por forma a identificar a causa da faringite, poderá ser realizado um exame com o intuito de colher amostras que são depois analisadas em laboratório.

Uma forma de detetar a faringite é através da contagem de glóbulos brancos nas análises feitas ao sangue com o intuito de averiguar o bom funcionamento do sistema imunológico. Neste caso, a elevada presença de glóbulos brancos é um fator sugestivo de inflamação.

Tratamento da faringite


Com o intuito de atenuar e parar os sintomas causados pela faringite, recorre-se a analgésicos, pastilhas para a garganta ou gargarejos de água morna com sal – o qual tem outras utilidades para além da confecção e tempero de refeições.

Porém, estima-se que somente cerca de 20% dos casos de faringite justificam o tratamento por via de um antibiótico. De notar que este não se justifica se a origem da faringite for viral.

Faringite: medidas de prevenção


Uma vez que a faringite é causada por contágios, seguem algumas dicas de medidas de prevenção para evitar o seu aparecimento:

  • Lavar, com regularidade, as mãos, nomeadamente a seguir à utilização das casas de banho, antes e após as refeições e quando espirra ou tosse;
  • Evitar partilhar alimentos, copos ou talheres;
  • Procure, ao tossir ou ao espirrar, fazê-lo para um lenço de papel que deve ser deitado ao lixo de seguida;
  • Limpar regularmente, com desinfetantes, aparelhos como os telefones, comandos remotos e teclados de computador;
  • Evitar o contacto demasiado próximo com outras pessoas que estejam doentes.


Veja também: