Como fazer a mala para um fim de semana

Está a pensar em passar um fim de semana fora? Então aprenda o segredo para fazer uma mala só com o estritamente necessário.

Como fazer a mala para um fim de semana
A arte de aprender a fazer uma mala leve e organizada

Uma das preocupações mais recorrentes num viajante é o que levar numa mala para um fim de semana. Quando são só dois dias ou duas noites, assaltam-nos as dúvidas. O que levamos? Será preciso levar dois pares de calças? Dois pares de calçado? Será que levo pouca roupa, será que levo coisas em excesso?

A experiência mostra que na maioria dos casos se regressa a casa com roupa que nunca se usou, com livros que não se leram e que afinal o iPad nem era preciso, já que as poucas vezes que se espreitou a internet e o telemóvel serviu perfeitamente. O segredo está em encontrar o equilíbrio entre o minimalismo e as suas necessidades, vai só passar dois dias fora, não precisa de levar uma farmácia ou a caixa das ferramentas...
 

8 regras para organizar uma mala para um fim de semana

 

“Cromos repetidos”

Tal como numa caderneta, nas malas para o fim de semana é comum haver “cromos repetidos”. Quantas vezes não levou um secador de cabelo para chegar ao hotel e descobrir que havia um gratuito na casa-de-banho? E as toalhas de praia ou até de banho, já para não falar nos produtos de higiene? A melhor forma de contornar o problema é informar-se sobre a lista de produtos, comodidades e serviços que o hotel disponibiliza. 

Não leve um impermeável e um guarda-chuva, não vai precisar dos dois. Não leve umas sapatilhas para caminhar e umas sapatilhas para usar casualmente, escolha só um par. Seja poupado e lembre-se que não precisa levar tudo, são só dois dias! 

 

Uma lista nunca é demais

Primeiro organize uma lista de essências, com as coisas que têm de fazer parte da sua mala para o fim de semana, roupa interior, calçado, vestuário, medicamentos, protector solar, carregador do telemóvel... Verifique tudo o que espera fazer durante esses dias e inclua na lista, como por exemplo uns calções de banho, se faz questão de dar um mergulho na piscina do hotel.

Depois, prepare uma segunda lista com eventuais necessidades. Talvez vá ter tempo para escrever umas notas, inclua o caderno e a caneta, talvez vá dar uma corrida logo pela manhã, não se esqueça das sapatilhas.



Não tenha mais olhos que barriga

Ora está um bom conselho que serve para tudo e não só para o momento em que se faz a mala. A não ser que vá participar num evento desportivo, pense duas vezes antes de levar equipamento desportivo e fato-de-treino para uma viagem de dois dias. Para as senhoras, talvez seja a altura de deixar os saltos em casa, levando um par de sapatos elegante, mas que também permita caminhadas. E já agora porque não deixar o ferro de alisar o cabelo em casa? 
 


O que importa é que combine

Quando se escolhem poucas peças de roupa o importante é que as possa combinar com facilidade. Tenha isso em mente quando escolher as peças de vestuário que vai incluir na sua mala para o fim de semana. Lembre-se também de levar peças de acordo com o tempo e com as mudanças de temperatura entre o dia e a noite. 

 

Enrolar e engavetar

Um dos truques preferidos dos viajantes é enrolar as peças de roupa. T-shirts, pólos, calças, casacos, tops e certos vestidos aguentam bem este sistema que faz com que ocupem pouco espaço na mal. Outro método preferido é colocar as diversas peças de roupa dentro de sacos plásticos. Um saco com a roupa interior, outro com t-shirts e tops, outro com calças, outro com calçado... Tudo bem apertado no fim, este método permite organizar as coisas por camadas, como se tudo coubesse na sua “gaveta” dentro da mala.



Precisa mesmo disso? 

Quando só vai passar dois dias leve o mínimo de produtos de higiene pessoal possível. Pode decantar o seu champô para um frasco mais pequeno ou levar uma pasta de dentes bem mais pequena. As senhoras talvez não precisem de levar um estojo para tratar das unhas e os senhores se calhar não precisam de levar o estojo de fazer a barba. O mais importante de tudo é que muitos desses produtos estão disponíveis no destino e não precisa de estar a levá-los para depois até não os usar.



É fundamental levar um saco dentro do saco

Quando chegar ao seu quarto vai querer deixar a sua mala para o fim de semana a descansar quando sair para um passeio, como tal leve um saco, uma pequena mochila, ou algo que lhe permita transportar uma garrafa de água, a carteira, chaves, o telemóvel, um livro ou um casaquinho para o passeio. Importante também ter um ou dois sacos plásticos para guardar roupa suja ou molhada, ou proteger alguma peça mais frágil.
 


Mantenha-se conectado com o mundo

Será que precisa de levar o tablet quando tem acesso à internet no telemóvel? E o Kindle? Verifique também os carregadores, porque podem ser compatíveis e não precisa de levar todos. Quanto aos livros, jornais e revistas, para dois dias e por mais que leia, não precisa de levar mais que um livro. Para se manter a par das notícias, compre o jornal para ler no destino. 
Hotéis, apartamentos e quartos no mundo inteiro, a preços mínimos garantidos >>
Veja também: