Festivais de verão: como ir com pouco dinheiro

Os festivais de verão em Portugal têm dos melhores cartazes mas os preços não são para qualquer carteira. Não perca estas dicas e vá a todos!

Festivais de verão: como ir com pouco dinheiro
Não falte aos festivais com as nossas dicas.

Chegam os dias quentes e as férias e com eles os festivais de verão! No total, ao longo do ano, são mais de cinquenta festivais em solo nacional para todos os gostos. Já os preços não são nada amigos da carteira e os bilhetes para os grandes festivais, com os melhores cartazes, começam nos 35 euros, por dia. Este valor, normalmente, é preciso somar despesas com, transportes, alojamento e alimentação.
Está fácil de ver que marcar presença nos festivais de verão não é para qualquer orçamento. A não ser que siga as nossas dicas. 

 

9 Dicas para não faltar aos festivais de verão


1. Nos dias que correm, sabemos que cada cêntimo conta, por isso, vale a pena comprar os bilhetes para os festivais de verão com antecedência e, assim, aproveitar os preços de lançamento. Comprar bilhete para mais do que um dia também fica mais barato, por isso, é boa ideia comprar o passe e rachar a despesa com os amigos.

 
Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si as melhores dicas de poupança.
2. O Cartão Jovem (dos 12 aos 29 anos) ainda existe e rende bons descontos nos bilhetes dos festivais. Outros cartões e associações, como o Get a Fest, ACP, Continente, BP, Caixa geral de Depósitos, MEO entre outros também garantem descontos. Esteja atento!


3. Chegando à data dos festivais de verão, começam os concursos organizados pelos patrocinadores, rádios e televisões para oferecer bilhetes para um ou mais dias. Já sabemos que é uma questão de sorte mas não custa tentar. 


4. É habitual que a Câmara Municipal ou Junta de Freguesia do local onde acontece o festival também tenham convites. Lance-lhes o desafio para, por exemplo, organizarem um sorteio. No pior dos cenários, recebe um não como resposta.


5. Comece a preparar o ida aos festivais de verão no ano anterior. Todas as semanas, poupe um valor para que mais tarde possa, pelo menos, comprar o bilhete para assistir à sua banda preferida. Se guardar, pelo menos, 1€ por semana, um ano depois tem 52€.


6. Se por algum motivo não pode fazer a poupança do ponto anterior, dê uma volta nas suas coisas e perceba o que pode ser transformado em dinheiro. Atualmente não faltam feiras francas ou páginas online onde pode vender aquilo que já não precisa.


7.  Se é estudante, aproveite as férias escolares para trabalhar e assim conseguir o dinheiro que precisa para os festivais de verão. Trabalhar como babysitting, a dar explicações, a tomar conta de animais, a lavar os carros de vizinhos ou a passar roupa a ferro dos tios são boas formas de conseguir uma poupança.


8.  Agora que já conseguiu o dinheiro que precisa para ir aos festivais de verão, está na hora de planear a viagem. Se for com um grupo de amigos, podem dividir as despesas do transporte e alimentação (informe-se primeiro se organização permite a entrada de comida e bebidas). Se o festival é na sua cidade, não pense duas vezes e vá de transportes públicos.


9. Quanto ao alojamento, um festival de verão sem acampar não é a mesma coisa mas, se não é adepto de dormir ao relento, considere um hostel, uma residencial ou uma pousada da juventude que sempre fica mais em conta. 


Veja também: