Publicidade:

Os filmes brasileiros que valem mesmo a pena ver

Filmes brasileiros? Aqui encontra uma seleção dos 11 melhores, dos mais antigos aos mais modernos. Preparado?

Os filmes brasileiros que valem mesmo a pena ver
Prepare uma maratona de obras do país irmão

Se pensava que no Brasil só se fazem telenovelas de qualidade, engana-se. Há filmes brasileiros que são verdadeiras obras-primas! Há excelentes opções de filmes produzidos desde os inícios do séc. XX até aos dias de hoje. Espreite as 11 sugestões que temos para si. São10 filmes brasileiros que o vão colar ao ecrã.

Filmes brasileiros: 6 clássicos que valem a pena recordar


Orfeu Negro ou Orfeu do Carnaval (1959)

Único filme brasileiro a ganhar o Oscar de filme em língua estrangeira (1960), Orfeu Negro é uma adaptação da peça escrita por Vinícius de Morais, inspirada na tragédia grega clássica Orfeu e Eurídice. O enredo adaptado da  mitologia grega é ambientado nas favelas cariocas.  A banda sonora do filme é de Tom Jobim e Luís Bonfá com participação de Vinícius de Morais. O clássico do cinema brasileiro ganhou um remake em 1999, com banda sonora de Caetano Veloso. Orfeu Negro é um filme de produção ítalo-franco-brasileiro. O filme está integralmente disponível no youtube.

Realização: Marcel Camus

Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964)

Este filme clássico brasileiro conta a história de um vaqueiro que se revolta contra a exploração imposta por um coronel e acaba mesmo por o matar. A partir daí, a trama passa-se à volta da sua fuga e vai encontrar mais mortes e mistérios pelo caminho, sendo possível identificar várias críticas à Igreja. Este filme de Glauber Rocha é um marco do movimento do cinema novo no Brasil e está listado entre os 100 melhores filmes do mundo.

Realização: Glauber Rocha

O Pagador de Promessas (1962)

Um dos filmes brasileiros que vale muito a pena ver é o Pagador de Promessas, onde o personagem principal vê o seu burro de estimação ser atingido por um raio. A partir daí faz a promessa de carregar nas costas uma grande cruz de madeira até uma igreja da sua localidade, jornada essa que se torna um pesadelo. O Pagador de Promessas foi o único filme brasileiro a conquistar a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Realização:: Anselmo Duarte

Terra em Transe (1967)

Com um grande nível de crítica social, Terra em Transe faz o retrato de um país fictício da América Latina, chamada Eldorado, que se torna palco de uma convulsão interna desencadeada pela luta em busca do poder. O filme Terra em Transe segue a mesma estética de Deus e o Diabo na Terra do Sol e faz parte do cinema novo.

Realização:: Glauber Rocha

Ilha das Flores (1989)

Qual a diferença entre tomates, porcos e seres humanos? Parece estranha a comparação, mas vai percebê-la se vir a Ilha das Flores, um dos filmes brasileiros da década de 80 que importa muito ver. O filme é um curta-metragem e segue o ciclo de vida deste legume até ao seu verdadeiro final. Ilha das Flores recebeu vários prémios e distinções internacionais importantes, como o Urso de Prata do Festival de Berlim e o Prémio Air France. O filme está disponível integralmente no youtube.

Realização: Jorge Furtado

São Paulo, Sociedade Anônima (1965)

Neste filme, uma das personagens principais – que era apenas um inspetor de qualidade numa grande fábrica – acaba por ocupar o lugar de sócio. No entanto, apesar de ter alcançado uma vida profissional e afetiva estável, não vai conseguir acompanhar o ritmo da grande engrenagem.

Realização: Luís Sérgio Person

Filmes brasileiros: o top 5 depois do ano 2000


Cidade de Deus (2002)

É difícil ficar indiferente a um dos melhores filmes brasileiros. Cidade de Deus é filmado nas favelas do Rio de Janeiro, representando os anos 70, onde dois rapazes seguem caminhos diferentes: um torna-se um fotógrafo que capta a violência desta favela e o outro acaba por seguir o caminho do tráfico de droga.

Realização: Fernando Meirelles, Kátia Lund

Tropa de Elite 1 e 2 (2007)

Já ouviu falar no B.O.P.? Consiste, basicamente, nas forças de elite do Brasil. E estas forças não brincam em serviço! Tropa de Elite acompanha a vida do capitão da força especial da Polícia Militar do Rio de Janeiro e o treino de dois recrutas novatos que o vão suceder.

Realização: José Padilha

Que Horas Ela Volta? (2015)

Uma mulher de Pernambuco muda-se para São Paulo em busca de melhores condições de vida para si e para a sua filha, que permanece em Pernambuco. Passados alguns anos, a pequena pretende ir também para a cidade estudar no secundário. No entanto, acontecem alguns percalços que dificultam a sua estadia.

Realização: Anna Muylaert

O Auto da Compadecida (2000)

O filme retrata as aventuras de dois nordestinos com pouquíssimos recursos financeiros que vivem à base de golpes. Todos os perseguem e lhes querem mal, pelo que somente uma aparição da Nossa Senhora os poderia salvar.

Realização: Guel Arraes

Bicho de Sete Cabeças (2000)

Neste filme é retratada a complicação das relações, especificamente entre pai e filho, situação que chega ao seu limite, quando o pai decide internar o filho num manicómio, onde o rapaz enfrenta condições terríveis de tratamento.

Realização: Laís Bodanzky

Veja também: