Publicidade:

Fim dos Mac pode estar para breve, diz especialista

A Apple tem tomado várias decisões relativamente à descontinuação de produtos. Um especialista da PC Mag acredita que o Mac poderá ter os dias contados.

Fim dos Mac pode estar para breve, diz especialista
Um anúncio do iPad Pro tem levantado algumas questões

Ao longo dos anos, temos vindo a assistir a vários momentos em que a Apple toma decisões estratégias que afetam não só os seus produtos, mas o mercado como um todo.

Ainda que um dos exemplos mais recentes tenha a ver com a remoção do headphone jack dos iPhones, esta é uma história já com precedentes, em casos como as drives de CD’s e de disquetes.

Recentemente, alguns especialistas têm-se questionado sobre se o Mac – ou Macintosh – será a próxima vertente de hardware a que a Apple vai declarar o óbito. Um especialista da PC Mag dedicou um artigo à possibilidade do fim dos Mac estar para breve.

Será que está a chegar o fim dos Mac? Especialista acredita que sim


“O que é um computador?”

Os rumores baseiam-se no mais recente anúncio da Apple relativo ao iPad Pro. No vídeo, somos apresentados a uma criança com cerca de 10 anos que, com o seu iPad Pro, executa várias tarefas do dia-a-dia em vários cenários diferentes. Seja para ler livros de banda desenhada ou para conversar com os amigos, o tablet é exibido como uma ferramenta não só para jogos, mas também para trabalhos.

No final da publicidade, deparamo-nos com a jovem a perguntar a uma pessoa mais velha “what’s a computer?”, simbolizando uma geração que já cresceu com os tablets e os ecrãs touch, sem saber certo o que é um computador.

Esta publicidade junta-se a vários momentos em que a Apple refere o iPad não como um aparelho que veio para substituir o computador clássico, mas sim como algo superior, diferente, inovador – algo saído do futuro.

Porque alguns especialistas consideram que o fim dos Mac pode estar próximo

Pode este posicionamento simbolizar o fim do Macintosh? A verdade é que, nas últimas keynotes, o Mac deixou de ser o objeto central e, através de relatórios de contas e do destaque que lhe é dado na Apple Store, fomos percebendo que o verdadeiro lucro da marca está nos iPhones.

Ainda que o público dos iPads e dos Mac seja bastante diferente – uma vez que o últimos continuam a ser vistos como produtos premium em várias indústrias – a especulação por parte dos especialistas da área das information technologies é de que a marca pretende, passo a passo, juntar o iOS e o OS. Ao criar um único sistema operativo, acaba com a necessidade de desenvolver dois sistemas operativos distintos.

Nesta fase ainda não há certezas sobre o que vai acontecer ao Mac e tudo o que sabemos são rumores e especulações. Uma delas é a previsão de que a Apple está a preparar um novo – e mais barato – MacBook Air para competir por públicos que adquirem produtos de entry-level, como os estudantes.

Entre tantas possibilidades, só podemos ter a certeza de que a Apple está atenta às oscilações do mercado e preparada para adaptar os seus produtos às várias gerações.

Veja também: