Publicidade:

Flexibilidade no trabalho: conheça a sua importância

A flexibilidade no trabalho deve ser mutuamente benéfica para empresas e colaboradores de forma a obter os melhores resultados.

Flexibilidade no trabalho: conheça a sua importância
Benefícios para empresas e colaboradores

A flexibilidade no trabalho implica introduzir e aceitar mudanças e alterações que visem melhor atender as necessidades empresariais e individuais. Isto inclui também a disposição e a capacidade empresarial e individual de adaptação às mudanças de circunstâncias e expectativas.

Flexibilidade no trabalho: benefícios para empresas e colaboradores


flexibilidade no trabalho

Flexibilidade no trabalho: importância para os empregadores

Os empregadores preferem colaboradores flexíveis porque estes são mais valiosos:

  • um trabalhador flexível modifica a sua abordagem às tarefas com base nas preferências das partes interessadas e de acordo com os requisitos de cada situação;
  • são capazes de assumir mais responsabilidades e tarefas diferentes, desempenhando-as com sucesso – isso porque estes trabalhadores estão dispostos a fazer o que for necessário para que a tarefa seja realizada e o trabalho feito.

Flexibilidade no trabalho: importância para os colaboradores

A flexibilidade funciona para os dois lados e, naturalmente, os trabalhadores apreciam chefias flexíveis. Espreite as características destes empregadores:

  • reter talentos numa empresa implica gerir recursos humanos de uma forma flexível. Neste tipo de gestão, os colaboradores são tratados como indivíduos e sentem que, por parte da empresa, é feito um esforço para acomodar os estilos e as necessidades pessoais;
  • as chefias flexíveis proporcionam aos trabalhadores uma maior abertura sobre a maneira como cumprem objetivos. Avaliam as necessidades dos funcionários e fornecem feedback, orientação e reconhecimento individual para otimizar o desempenho.

Como referir esta competência numa entrevista de emprego?

Como já dissemos, a flexibilidade no trabalho é uma competência bastante valorizada pelos empregadores. Seja qual for a função ou cargo a que se está a candidatar, dê ao entrevistador exemplos da sua capacidade para evoluir e adaptar-se a mudanças.

Não tem a certeza das caraterísticas que o tornam flexível no trabalho? Confira os exemplos que selecionamos e adapte as respostas para a sua entrevista de emprego.

15 exemplos de flexibilidade no trabalho, para os dois lados

  1. Permitir que os colaboradores trabalhem a partir de casa, para ajudar a equilibrar o trabalho com as responsabilidades familiares;
  2. Analisar o estilo e as preferências dos clientes individuais;
  3. Delegar tarefas de rotina para se concentrar em prioridades;
  4. Permitir alterações no horário de chegada e saída, desde que cumprido o número de horas previsto;
  5. Disponibilidade para aprender novos softwares ou métodos para melhorar a eficiência;
  6. Ouvir com atenção as críticas construtivas para a melhoria de desempenho;
  7. Oferecer-se para assumir as responsabilidades de um colega em período de férias;
  8. Disponibilizar-se para horas extras em caso de crise;
  9. Elogiar o trabalho produtivo dos colaboradores;
  10. Permitir que os pais participem nos programas escolares dos filhos;
  11. Esquecer o plano de trabalho do dia para responder a um problema emergente;
  12. Dar atenção imediata a um cliente, mesmo que imerso numa tarefa minuciosa;
  13. Consultar os clientes sobre sua experiência com a empresa e modificar a prestação de serviços com base nos resultados obtidos;
  14. Oferecer-se para alterar a sua agenda em função das necessidades de outro colaborador;
  15. Ajudar um colega a cumprir o prazo de uma tarefa da sua responsabilidade.

Veja também: