Ford Focus: história e evolução do modelo ao longo dos tempos

Numa altura em que a Ford estava em declínio na Europa, a empresa norte-americana decidiu lançar o Ford Focus. Conheça toda a história deste modelo.

Ford Focus: história e evolução do modelo ao longo dos tempos
Conheça aqui toda a história do Ford Focus

O Ford Focus já vai na sua terceira geração, mas a primeira foi, sem dúvida, a mais importante, a mais revolucionária e a que permitiu à Ford permanecer no mercado europeu.

De modo a posicionar-se no cada vez mais competitivo mercado de carros de gama média – com o surgimento do Volkswagen Golf de terceira e, posteriormente, quarta geração e da segunda geração do Opel Corsa -, a empresa americana, com sede em Inglaterra, decidiu lançar o Ford Focus, um carro médio-compacto, com a vantagem de ter uma suspensão multilink – uma inovação para a época, visto que este tipo de suspensão era usado, essencialmente, em carros topos de gama.

Ford Focus: uma história de sucesso


Para tornar o texto simples e claro, optámos por referir apenas os principais modelos e suas variantes. É sempre subjetivo, obviamente, mas as versões de que vamos falar de seguida são aquelas que consideramos mais importantes.

Como visto anteriormente, o Ford Focus foi criado numa altura em que as empresas alemãs como a Volkswagen e a Opel “roubavam” o mercado de carros médio-compactos, de gama média, à empresa americana.

Nessa altura, mais precisamente entre 1995 e 2000, a Ford sofreu uma queda de 25% das vendas na Europa, uma vez que o modelo anterior, o Ford Escort não conseguia acompanhar a evolução tecnológica, nem combater os carros mais económicos, com preços mais baixos, da indústria automóvel sul-coreana.

Ford Focus: primeira geração (1998 – 2007)

Produzida na Europa entre 1998 e 2004 e na América do Norte entre 1999 e 2007, esta primeira geração teve várias versões. Inicialmente, o Ford Focus MK1 (nome da versão do carro) propunha três estilos diferentes, quatro depois do facelift.

Ford Focus Mk1 Hatchback de 5 portas

Ford Focus Hatchback 3 portas

Ford Focus Mk1 Sedan

  • Hatch(back) de 5 portas – o clássico de 5 portas;
  • Hatch de 3 portas;
  • O Sedan, com mala maior.

Depois de um facelift, promovido pela empresa em 2001, quando passou a chamar-se Ford Focus MK1.5, passou a contemplar as seguintes opções de carroçaria.

Ford Focus Mk1 Wagen

  • Hatch, o clássico de 5 portas;
  • Hatch de 3 portas;
  • Wagen, a carrinha.

Ao nível do motor, na Europa, havia algumas variantes possíveis.

Gasolina

  • 1.4 Zetec-S/SE, com 74 cavalos;
  • 1.6 Zetec-S/SE, desenvolvido em conjunto com a Yamaha, com 100 cavalos;
  • 1.8 Zetec-R, com 113 cavalos;
  • 2.0 Zetec-R, com 123 cavalos.

Gasóleo

  • 1.8 TDDi, com 89 ou 114 cavalos.

 

Ford Focus Mk1 RS

Ford Focus RS WRC

Apesar de ter criado vários outros modelos, dirigidos essencialmente para altas performances, o mais célebre foi o Focus RS, que teve a sua versão de competição WRC, a qual chegou a ser conduzida pelo icónico piloto Colin McRae (lembram-se do jogo?).

Na altura da sua criação, tinha 2000 cm3 de cilindrada e cerca de 212 cavalos, era capaz de atingir os 240 km/h e ir dos 0 aos 100 km/h em 6,4 segundos.

Ford Focus Mk1 ST

Também o ST foi dos mais populares dentro das versões topo de gama. Tinha 2000 cm3 de cilindrada e 167 cavalos, sendo ligeiramente inferior ao RS.

Ford Focus: segunda geração (2004-2010)

Lançado em agosto de 2004, durante o Paris Motor Show, o Ford Focus conheceu uma nova versão, o Ford Focus MK2. A suspensão permaneceu, bem como a maior parte da carroçaria.

Porém, as grandes diferenças foram ao nível do tamanho e das tecnologias, sendo maior e, entre outras coisas, incorporado com Bluetooth para chamadas e sistema de controlo de temperatura.

Algumas das versões também passaram a contar com uma caixa de velocidades de seis mudanças. Foi fabricado de 2004 a 2010, sendo que na América só chegou mais tarde, após uma “reestilização”. Foram feitos nas seguintes versões.

Ford Focus Mk2 Hatchback, de 5 portas

Ford Focus Mk2 Hatchback de 3 portas

Ford Focus Mk2 Estate

Ford Focus Mk2 Coupé-Cabriolet

  • Hatch, de três portas;
  • Hatch, de cinco portas;
  • Estate, de cinco portas (original até então);
  • Coupé cabriolet, de duas portas (este último foi uma novidade e é dos que tem um dos designs mais bonitos).

No que se refere aos motores, e mais uma vez no Velho Continente, foram feitos os seguintes.

Gasolina

  • 1.4L Duratec, com 79 cavalos;
  • 1.6L Duratec, com cinco mudanças manuais ou quatro automáticas e 99 cavalos;
  • 1.6L Ti-VCT Duratec, com 113 cavalos;
  • 1.8L Duratec HE, com 123 cavalos;
  • 2.0L Duratec HE, com cinco mudanças manuais ou quatro automáticas e 143 cavalos.

Gasóleo

  • 1.6L Duratorq TDCI, com 89, 99, 108 ou 113 cavalos;
  • 2.0L Duratorq TDCI, com seis mudanças, 109 ou 134 cavalos, sendo que a versão de 134 cavalos podia ser de transmissão automática também.

Mais uma vez, em 2008, houve um facelift que alterou pequenos aspetos. Apelidou-se de Ford Focus MK 2,5.

Ford Focus Mk2 ECOnetic

Já no Frankfurt Morot Show, em setembro de 2007, foi lançado outro dos mais esteticamente apreciáveis e já preparado para as exigências ambientais: o Ford Focus ECOnetic, com 1600cm3 de cilindrada, apenas 115g/km de emissões de gases, com filtro de partículas a diesel, com uma média de consumo estimada nos 4,3 litros por 100 quilómetros.

Ford Focus Mk2 RS 500

Também o RS voltou a ser lançado, desta vez com 301 cavalos e 2500 cm3. Houve, novamente, a versão WRC, bem como uma inovação: o Ford Focus RS 500, o mais rápido até então, capaz de atingir os 266km/h.

Ford Focus: terceira geração

A partir de 2010, desta vez apresentado nos Estados Unidos da América, a Ford lançou a terceira geração do modelo. Uma das novidades foi o motor 2.0 com injeção direta de quatro cilindros.

Porém, as versões Hatch e Sedã apresentaram problemas elétricos e de transmissão. Ainda assim, foi o modelo mais vendido no mundo, no ano de 2012. No ano de 2011, foi apresentado o primeiro Ford Focus Eletric. 

Ford Focus Eletric atualFonte: Ford

Para além do Hatch e o do Sedã, foi produzido o Estate de 5 portas.

Ford Focus Hatch atualFonte: Ford

Ford Focus Sedan atualFonte: Ford

Como aconteceu nas gerações anteriores, foram desenvolvidos motores diferentes. Na Europa, que é o que mais nos interessa, tinham a seguinte especificação:

Gasolina

  • 1.0L Ecoboost, com 100 ou 125 cavalos;
  • 1.6L Duratec Ti-VCT, com 85, 105 ou 125 cavalos, substituído pelo anterior, em 2012;
  • 1.6L Ecoboost, com seis mudanças manuais, 150 ou 182 cavalos, capaz de ir, em ambos os casos, dos 0 aos 100 km/h em menos de 7.5 segundos;
  • 1.6L Duratorq, desenvolvido para poluir menos e consumir menos combustível, podia ter 95 ou 120 cavalos. Se fosse ECOnetic, lançado já na geração anterior, tinha 120 cavalos;
  • 2.0L Duratorq, com a famosa transmissão Powershift que tantos problemas deu, tinha a versão de 150 e 185 cavalos.

Depois do facelift de 2014, passou a chamar-se MK 3,5 (o último a ser lançado) e tinha assistência de travagem de emergência, assistência de pré-colisão, reconhecimento de sinais de trânsito, entre outras inovações, mantendo a maior parte dos motores, com exceção do 1.6 Ecoboost, acrescentando os seguintes:

  • 1.5L Ecoboost, com a mesma potência do 1.6, mas mais económicos;
  • 2.0L Ecoboost, exclusivo para o Ford Focus ST, com seis mudanças manuais e 252 cavalos.

 

Ford Focus ST atualFonte: Ford

Já o Ford Focus RS, tinha, desta vez, 2300 cm3 de cilindrada, 320 ou 350 cavalos e era capaz de atingir os 100km/h em 4.7 segundos.

Ford Focus RS atualFonte: Ford

O historial da Ford coloca-a como uma das mais importantes empresas do setor automóvel. Não foi só o Ford Focus, mas a história do Fordismo, o Ford T, bem como outros projetos inovadores. O próximo objetivo até já está estabelecido. Lançar um carro sem condutor até 2021.

Veja também:

Afonso Aguiar Afonso Aguiar

A experiência no jornalismo de Afonso Aguiar percorre o desporto nacional. No E-Konomista, são os automóveis que conduzem a pena.

Também lhe pode interessar: