AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Tudo sobre Formações Modulares Certificadas

Saiba como estão organizadas, que tipo de certificação conferem e quais as principais vantagens em frequentar uma Formação Modular Certificada.

Tudo sobre Formações Modulares Certificadas
O que são e para quem se destinam

Uma Formação Modular Certificada é um curso, geralmente de curta duração, organizado por pequenas unidades de formação. Estes cursos abrangem as mais diversas áreas, atividades e perfis profissionais. Destinam-se, na sua essência, a aperfeiçoar conhecimentos teóricos e práticos, diversificando assim a oferta de formação contínua à população adulta portuguesa, face a um mercado de trabalho dinâmico, competitivo e exigente.


Formação Modular Certificada: todas as respostas


Quem são os destinatários?

As Formações Modulares Certificadas estão disponíveis a qualquer adulto, com idade igual ou superior aos 18 anos. Os candidatos podem estar empregados ou desempregados.



Como está organizada esta modalidade de formação?

Cada percurso está organizado em Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD), com objetivos e conteúdos próprios, direcionados para um determinado perfil ou área profissional e orientados para o trabalho de competências específicas. Existem componentes de formação de base e componentes de formação tecnológica, a partir dos referenciais de formação do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ). Em regra, cada UFCD tem a duração de 25 ou 50 horas.



O que é o Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ)?

É um instrumento que permite regular a oferta formativa e gerir as qualificações nacionais que sejam de nível não superior.
 


Que tipo de certificação conferem as Formações Modulares?

Qualquer Formação Modular confere um certificado de qualificações. Esse certificado é atribuído quando os formandos concluem com aproveitamento uma UFCD, integrada num determinado percurso de formação, ou quando concluem um percurso de formação modular que permita finalizar um percurso de qualificação. Os candidatos podem frequentar habilitações inferiores ao 9º ano (nível 2 de qualificação) ou 9º ano (nível 4 de qualificação).



Quais são as principais vantagens?

Frequentar uma Formação Modular Certificada contribui, direta e indiretamente, para o desenvolvimento pessoal e social do formando, permite elevar as suas habilitações, bem como adquirir e aperfeiçoar competências gerais ou específicas da sua profissão. Pode ser igualmente útil em processos de reconversão profissional, na transição para o mercado de trabalho ou para uma nova realidade profissional.

Além disso, os candidatos podem frequentar e orientar as formações consoante as suas necessidades. É, simultaneamente, uma forma de enriquecer o currículo e uma oportunidade para explorar áreas de formação do interesse dos candidatos.



Quais são os conteúdos programáticos?

Os conteúdos programáticos variam consoante o perfil, a área profissional e os objetivos de cada uma das inúmeras Unidades de Formação de Curta Duração que integram os referenciais do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ). Uma informação mais detalhada está disponível aqui
 


Que outras modalidades de formação existem?

Para além das Formações Modulares Certificadas, existem outras modalidades de formação à disposição de todos os que pretendam valorizar as suas competências ou obter uma qualificação:
  • Cursos de Sistema de Aprendizagem;
  • Cursos de Educação e Formação de Jovens (CEF);
  • Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA);
  • Cursos de Especialização Tecnológicos (CET);
  • Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC);
  • Vida Ativa, entre outras.
Cada uma destas modalidades responde a necessidades de formação e modelos específicos, exige requisitos próprios e tem uma organização diferente.

Num mercado de trabalho ativo, rigoroso e em contínuo estado de atualização, a formação mantém-se uma ferramenta vital, propulsora e fortalecedora, tanto para a construção pessoal como profissional dos cidadãos.

Veja também: